Author: NoPodio

Disputas estaduais de MMA e GP agitam edição explosiva do Rei da Selva

Em sua 12ª edição, já consolidado como um dos eventos de MMA de maior respeito do país, o Rei da Selva promove nove grandes lutas. O card do evento, repleto de estrelas da luta em ascensão, acontece no dia primeiro de setembro, no Manaus Plaza Shopping, a partir das 19h.

De baixo para cima, as atrações da noite de luta contarão com um desafio pesadíssimo que coloca frente a frente as potências do MMA amazonense e do Pará. Pela categoria dos pesos-galo (61 kg), Helithon Dávila (The Pride) enfrenta Antônio Escorpião Rei. No co-main event da noite, pelos moscas (até 57 kg), uma luta acirrada de dois grandes trocadores: um do Amazonas e um da Bahia. Luan Fernandes enfrenta Matheus Raposinha.

Outras lutas prometem encher os olhos dos amantes de MMA de emoção nessa noite. Com a organização do evento determinada em ditar o tom de uma linhagem de grandes duelos e bom equilíbrio no octógono, está 12ª edição oferece ainda a disputa de dois Grand Prix.

O primeiro GP, que é o que abre a noite, é de pesos leves (até 70 kg). Categoria em que o Amazonas tem certa predominância. Lutam Lucas Batista, João Batista, Diego Passos e Oberlan Silva.

No segundo GP da noite, está válido pelos pesos-moscas, Maurício Freire, Augusto César, Otaniran Matos e Gutt Galdiere.

Para completar a programação com chave de ouro, a diretoria do Rei da Selva selecionou um duelo pesadíssimo feminino. Pelo peso-palha (até 53 kg), Larissa Raywry enfrenta Dayane Souza num confronto que coloca frente a frente duas invictas no MMA. Só uma saí com a vitória.

Os ingressos já estão à venda em valores que variam de R$ 40 a R$ 250. As cadeiras simples irão se situar na plateia. A cadeira VIP custa R$ 70 e o valor máximo é referente à mesa para quatro pessoas. Para maiores informações: (92) ‭98175-9845‬.

 

*Com informações da assessoria

Fotos: Divulgação.

Com apoio da Sejel, Vila Olímpica de Manaus recebe Campeonato Amazonense de Atletismo

O Campeonato Amazonense Caixa de Atletismo sub-16 e Adulto, que abrange atletas a partir de 13 anos, será realizado nos próximos dias 17 e 18 de agosto, na pista de atletismo da Vila Olímpica de Manaus, localizada na avenida Pedro Teixeira, zona centro-oeste da capital. O evento é promovido pela Federação Desportiva de Atletismo do Estado do Amazonas (Fedaeam) e conta com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel). Lançamento de dardo, 100m e 200m rasos, corrida com barreiras e obstáculos são as provas da competição.

Conforme a organização do evento, será a oportunidade para os atletas da categoria sub-16 alcançar a classificação para o Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo da categoria, que ocorrerá em Fortaleza (CE). Os atletas da modalidade Adulto poderão obter os índices para o Troféu Brasil Caixa de Atletismo, a ser realizado em Bragança Paulista (SP), em setembro.

De acordo com o secretário da Sejel, Manoel Almeida, o campeonato é importante para o esporte amazonense porque traz possibilidades de revelar novos competidores. “Sempre que é realizada competição dessa forma, nós temos um retorno muito bom, com atletas se destacando e mostrando que o Amazonas possui talentos que vão da luta ao atletismo. Basta ver pela quantidade de medalhas que nossos atletas já conquistaram, que são mais de 150”, disse o titular da pasta.

Para Marleide Borges, presidente da Fedaeam, a competição revela muitos talentos. Segundo ela, as duas competições servem de seletivas para o Troféu Brasil, em que é preciso ter bom índice. Atletas amazonenses vêm se destacando, como Juarez Rosa na prova de 5.000 metros, Pedro Nunes, que é considerado o quinto melhor do mundo na prova de lançamento de dardo e líder no ranking brasileiro, além de Ana Beatriz, destaque nas provas de 1000m rasos feminino e líder do ranking.

“A grande importância desse evento é confirmar os resultados e descobrir novos talentos para a modalidade, pois teremos a participação de vários atletas que foram campeões nos Jogos Escolares do Amazonas (JEA´s). O objetivo é melhorarem seus resultados e adquirirem  experiência, para representarem bem o Estado nos Jogos da juventude, em novembro”, afirma Marleide.

Inscrições – Para se inscrever, é necessário apenas acessar o site da Fedaeam, informar o cadastro na Confederação Brasileira de Atletismo (para os atletas que desejam obter índice ou classificação), ou documento equivalente de identificação. Atletas da categoria sub-16 poderão participar de até duas provas individuais, mais o revezamento. Competidores da categoria Adulto poderão participar de até três provas individuais e mais os revezamentos.

18ª Edição da Copa Glória de Judô reuniu cerca de 400 atletas neste sábado

Aproximadamente 400 atletas participaram, neste sábado (11/08), da 18ª edição da Copa Glória de Judô, realizada pela Associação Glória de Artes Marciais, em parceria com o Instituto Caminho Suave de Artes Marciais e Lutas Esportivas, no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, localizado na Avenida Brasil, bairro Santo Antônio, zona oeste de Manaus.

Conforme o secretário da Sejel, Manoel Almeida, que esteve presente na cerimônia, esta é uma importante competição para a modalidade. “Já são 18 anos desta copa, que leva para a comunidade um esporte que vem crescendo, e isso pode ser percebido pela quantidade de atletas que aqui estão, um total de mais de quatrocentos. Estamos trabalhando para que todas as modalidades esportivas sejam tratadas com a mesma importância, sem distinção, porque quem ganha são esses competidores”, destacou o titular da pasta, ao dizer que ainda neste sábado terá o início do Campeonato Amazonense de Handebol.

A competição teve início com o Festival de Judô, ocasião em que há disputas interativas dos pré-mirins, que são crianças iniciantes. Nesta etapa, todos têm a oportunidade de lutar e de receber a medalha de ouro, como forma de incentivo à prática da modalidade. De acordo com o coordenador do evento, professor David Azevedo, é muito importante colocar os futuros atletas no tatame.

“Essas crianças que estão aqui são a nossa base. Hoje ninguém é perdedor ou vencedor, todos são judocas que estão aprendendo a se respeitar e a ter vontade de competir. A faixa etária varia de quatro a oito anos e não há caráter claro de competição, são atividades lúdicas da modalidade”, destacou.
Uma das disputas mais tradicionais do Amazonas, a Copa Glória de Judô, ao longo dos anos, gerou credibilidade e confiança ao público judoca, prova disso foi a participação de atletas vindos do Interior do Amazonas e do Estado de Roraima.

O professor David disse ainda que a competição foi um sucesso, tendo em vista a quantidade de atletas e clubes participantes. “Nós começamos esse evento em 1993. Infelizmente não pudemos executar a competição em alguns anos, mas em todas as edições realizadas, a quantidade de atletas foi superada. Nosso evento foi um sucesso e isso é aparente quando vemos a credibilidade que a Copa tem, a partir do número de inscritos e de parceiros, como as escolas e clubes, que nos apoiaram”, afirmou.

O evento contou com o apoio Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Fotos: Divulgação.

Combates acirrados prometem agitar segunda edição do Octagon Fight Combat

Marcada para o dia 11 de agosto, a partir das 18h, na Octagon Fight Centro de Lutas Luis Neto, localizada na Rua Rio Purus, 1100, Vieiralves, Zona Centro Sul de Manaus, a segunda edição do Octagon Fight Combat, promete grandes emoções com um card recheado de feras. No total 24 lutadores dispostos a carimbar o nome entre os melhores do evento.

De acordo com o organizador, Carlos Henrique, o evento vai reunir atletas da capital e municípios do Amazonas. “A expectativa é grande, teremos a participação de lutadores que se destacaram no terceiro e quarto MMA Amador, e ainda atletas do interior do Estado, já que estamos com parceria com dois grandes eventos, o SFC de Coari e MFC de Manaquiri. O público que comparecer no dia 11, poderá conferir um espetáculo de lutas e o preço do ingresso está bem acessível, apenas 15 reais”, explicou.

Chancelada pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), Octagon Fight Combat terá as lutas registradas no Sherdog.

A primeira edição realizada em março revelou grandes nomes do MMA, como o atleta Cristian Entony “Toquinho” (Bad Boy) que venceu Jardson Jeronimo (Eulen Viana) em um dos combates mais emocionante da noite. Dessa Vez Cristian enfrentará João “Gladiador” Gabriel (Nonato Muay Thai).

Ingressos

Cadeira Vip: R$50

Cadeira: R$ 15

Confira o card

56.7kg

– Rodrigo “Lek Lou” Rodrigues (Paixão Farias) VS Jhonatan Frazao ( Bronx SV System)

70.1 kg

– Lucas Batista (Cosme Junior Team) VS Diego “Boquinha” Walter (OF MMA)

56.1kg

– Marcos “Markinho” Antonio (Ct Bad Boy) VS Jesser “Strike” Gomes (Bruce Fight Team)

65.8

– Paulo Augusto “Kimura” Josue (Detona Ralph” Souza (Bruce Fight Team)

65.8kg

– Ofir “Golg Boy” Vasques (Vasques Brazilian JJ) VS Andrey Gomes (Nova União FM)

59 kg combinado

– Leonardo “Feitosa” Luis (Kimura) VS Rayclei Muniz (Nonato Muay Thai)

56.7kg

– Antony Yuri Boyca” Silva (Bruce Fight team) VS Edimar(Juquinha) Luiz (Ct Bad Boy)

120 kg Combinado

– Francisco Joel (Guimarães Balby Team) VS Ítalo Marques (OF Mma)

– Henrique “Barrozinho” Santos (Evolução Team Gorila KTT) VS Lucas Gomes (Cosme Junior Team)

70.1

– Guilherme Vasques (Vasques Brazilian JJ) VS Robson “Mocoto” (Nonato Muay Thai)

52 kg

– Cristian “Toqinho” Entony (Ct Bad Boy) VS João “Gladiador” Gabriel (Nonato Muay Thai)

56.7 kg

– Heglerson “Mata-Boi” Cordeiro (OF MMA) VS Gersonias Arruda (Guimarães Balby Team)

 

Maik “Sombra” enfrenta o estreante Ronaldo “Açougueiro” na quarta edição do SFC, em Coari

Com duelo marcado para o dia 1º de setembro, Maik “Sombra” e Ronaldo “Açougueiro” já estão na preparação para a quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), que promete agitar a cidade de Coari, distante 363 quilômetros de Manaus. O evento é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM) e terá nove super combates, dentre eles, quatro disputas de cinturão.

Em uma das disputas da noite, na categoria Peso-Pena, Marildo de Souza, conhecido como “Maik Sombra”, enfrenta o estreante Ronaldo “Açougueiro” e promete um super combate. Aos 19 anos, “Sombra”, que treina na DGT Luta Livre, disse estar preparado. “Espero por essa luta há quatro anos e venho me preparando bastante. Vou dar o meu melhor e estarei pronto para o que der e vier”, disse.

Atleta da The House Fight (THF), Ronaldo “Açougueiro” está recebendo a preparação dos mestres Alan dos Santos e Kankao. Estreando no octógono, o atleta de 22 anos está determinado a vencer o oponente. “Vai ser a minha primeira luta e estou treinando dia e noite, tanto a parte de chão quanto a trocação (em cima). Dentro do octógono vai ser guerra e eu tô preparado. A vitória já é minha”, afirmou.

Ao todo, o SFC contará com nove combates de tirar o fôlego, com a participação de atletas dos municípios de Coari, Manaus, Tefé e Manaquiri, sendo quatro disputas de cinturão. A quarta edição do evento ocorre no dia 1º de setembro, a partir das 20h, no ginásio GM3, em Coari.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Izaias Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson Ramos o Monstrinho – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Anny Viriato – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Maik Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

 

Professor e atletas conquistam três ouros e uma de prata no Open Roraima de Taekwondo

Três medalhas de ouro e uma de prata. Esse foi o saldo trazido pelo professor e pelos atletas de taekwondo do Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, localizado no bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus, que participaram do Open Roraima no último domingo (12/08), na cidade de Boa Vista. A competição serviu de seletiva para o Campeonato Brasileiro da modalidade que acontecerá em São Paulo, nos dias 7, 8 e 9 de setembro deste ano.
Entre os atletas medalhistas da categoria Juvenil (até 17 anos) estão Gil Victor, faixa amarela, que conquistou o primeiro lugar no peso Leve (até 58kg), e Geandro Beltrão, faixa amarela, campeão do peso Médio (até 73kg). Já na categoria Adulto, o atleta faixa verde, Daniel Silva, alcançou a segunda colocação no peso Pesado (acima de 80kg), enquanto o professor e também atleta Matheus Aragão, faixa preta primeiro dan, foi o campeão do peso Médio (até 73kg).
Aos 22 anos, Matheus Aragão, que é atleta filiado na Federação Amazonense de Taekwondo Interestilos (Fati), teve seu primeiro contato com o esporte em 2010, no Centro de Convivência Padre Pedro Vignola. “Sempre fui fã de artes marciais quando pequeno e, depois que vi essa luta no Centro de Convivência, me encantei, mas só quando comecei a praticar a modalidade que realmente criei amor pelo taekwondo. Atualmente, treino e dou aula no CAF da Cidade Nova, movimentando uma turma com mais 50 alunos. Inclusive, já tivemos algumas conquistas por equipe e individuais neste ano e vamos em busca de mais”, afirmou.
O professor disse ainda que além da vitória pessoal, as medalhas trazidas foram uma conquista coletiva. “Eu garanti um dos “ouros” para o Amazonas e fiz minha preparação junto aos meus alunos. Não foi nada fácil, até porque eu treinava de segunda a segunda e ainda enfrentei uma viagem desgastante, mas mesmo assim alcancei meu objetivo. Da mesma forma, meus alunos tiveram a oportunidade de competir pela primeira vez fora do Estado e fizeram bonito, mostrando que todo o esforço vale à pena. Conquistar o primeiro lugar foi maravilhoso, mas mais gratificante foi poder compartilhar esse momento com meus alunos e saber que nossos resultados foram reflexo de muita preparação e dedicação”, destacou.
Foto: Divulgação

18ª Edição da Copa Glória de Judô acontece neste sábado

A Associação Glória de Artes Marciais, em parceria com o Instituto Caminho Suave de Artes Marciais e Lutas Esportivas, realiza neste sábado (11/08), a partir das 9h, no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, localizado na Avenida Brasil, bairro Santo Antônio, zona oeste, a 18ª edição da Copa Glória de Judô. A competição espera reunir, aproximadamente, 400 atletas que, além da capital, contará com competidores do município de Manacapuru e do Estado de Roraima.

 A Copa Glória de Judô é uma das competições mais tradicionais da cidade e da região Norte, por este motivo, cerca de 40 atletas de Roraima estarão participando, além de mais de 30 entidades esportivas da modalidade.

 Os duelos terão início a partir das 9h e se estenderão por todo o dia. Como premiação, serão dadas medalhas de ouro, prata e bronze, do primeiro ao terceiro lugar de cada categoria, além de troféus para as academias que ficarem da primeira a quinta colocação. As inscrições, no valor de R$ 40, seguem até esta quinta-feira (08/08), durante o congresso técnico a ser realizado a partir das 20h30, no residencial Sargento Pantoja, nº 77, bairro Compensa, zona oeste de Manaus.

 De acordo com o professor David Azevedo, coordenador do evento, esta competição é a mais antiga do Amazonas e o número de participantes mostra a credibilidade da Copa. “Como de praxe, esperamos uma competição de excelência. Há 18 anos este evento vem sendo realizado e tem conquistado a confiança e o respeito de todos. O número de participantes, os clubes apoiadores e os atletas vindos de outro Estado configuram toda essa credibilidade. Temos certeza que será um sucesso de público e uma exibição de grandes atletas”, destacou.

Informações: David Azevedo 99115-1413

Fotos: Divulgação.

Na Colina, Fast é o campeão do Amazonense de Futebol Sub-19  

Com vitória por 2 a 0 sobre o Holanda, o Fast conquistou mais um título na história do clube e é o grande vencedor do Campeonato Amazonense Sub-19 deste ano. A partida aconteceu na noite desta quarta-feira (15/08), no Estádio da Colina, localizado no bairro São Raimundo, zona oeste de Manaus. Além de vencer a competição, o Rolo Compressor garantiu vaga para representar o Amazonas na Copa São Paulo de Futebol Júnior, que acontece em janeiro de 2019. O evento contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
A partida começou com o Fast e Holanda jogando por igual, sem muitas chances para ambos os lados. A decisão mesmo foi no segundo tempo. Vencedor da primeira partida, que aconteceu no último domingo (12/08), por 1×0, o Fast sofreu pouca pressão do adversário, que segurou o placar até os 16 minutos do segundo tempo.
Na jogada, Lucas avançou pela direita, chutou para o gol e no bate-rebate, a bola sobrou para Klisney, o Manicoré, que não perdeu a oportunidade e abriu o placar. Com assistência indireta para o primeiro gol, Lucas também quis deixar sua marca e, nove minutos depois, aumentou o placar e sacramentou a vitória do Rolo Compressor em 2 a 0, somando, nos dois jogos, 3 a 0 para o Fast.
Para o técnico do time, Darlan Barroso, a equipe começou errando muitos passes, mas consertou as jogadas e mereceu o título. “Foi um jogo difícil. Nosso time estava muito nervoso, errando passes, então esperamos o intervalo, corrigimos os erros e entramos no segundo tempo trabalhando mais o toque de bola. Tivemos mais posse e fizemos esses dois, mas merecíamos fazer mais. Temos um time muito bom e preparado, estão todos de parabéns”, afirmou.
Gratidão – Para Klisney, recém-chegado no elenco, gratidão é o sentimento que o define, por toda a credibilidade que a equipe lhe deu. “Eu viajei mais de 48 horas, de Manicoré a Manaus, em busca do meu sonho. Chegar aqui e, pela primeira vez, já me sagrar campeão, é algo que eu só tenho a agradecer. Primeiramente a Deus, ao meu professor, que acreditou em mim afinal, eu estava lesionado e não joguei as semifinais e nem o primeiro jogo da final, mas ele me deu essa força e eu fiz o que pude. Estou muito feliz de poder ajudar a minha equipe nesta conquista”, destacou.
Destaque – Autor do gol no jogo de ida da final da competição e do segundo gol no jogo de volta, Lucas acredita que está sendo abençoado e espera ser o craque do campeonato. ”Essa foi uma partida muito especial, estou feliz de poder ajudar a minha equipe com um gol e uma assistência. Fiz o gol da partida de domingo (12/08) e graças a Deus, estou sendo iluminado neste campeonato. Espero ser o craque da competição. Agora, eu entrego tudo nas mãos de Deus, vou voltar aos treinos e focar nas próximas competições”, disse.
Fotos: Divulgação

Clínica de natação chega ao fim neste sábado, em Manaus

Após dois dias intensos de teoria e prática de técnicas de natação, chegou ao fim a Clínica de Capacitação de Treinadores de Base, na tarde deste sábado (11/08). O curso aconteceu no colégio La Salle desde a tarde de ontem, com a presença de Ricardo Prado, coordenador geral da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA), medalhista nos Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984.

Com mais de 100 pessoas inscritas, o objetivo do curso foi mostrar novidades nas técnicas da natação e também fazer uma reciclagem dos profissionais que já atuam na área. Alunos também puderam participar das atividades e tiraram suas dúvidas ao longo dos dias de aprendizado, conforme explica Vitor Hugo Façanha, o Botinho, presidente da Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada).

“Foram horas de muito aprendizado, e tive a oportunidade de conversar com alguns alunos e professores e eles acharam a clínica maravilhosa, pois é um incentivo a mais para eles. Acredito que, com a abertura da piscina da Vila Olímpica de Manaus, prevista para ser entregue em novembro deste ano, já vão se iniciar novas turmas com pessoas recicladas para ministrar as aulas”, disse Façanha.

Conforme o secretário da Sejel, Manoel Almeida, a clínica ajudou muito no aprendizado dos profissionais da educação física e também de estudantes que se interessam pela área. “A experiência do palestrante contou bastante nesse período de curso, que terminou com a prática na tarde de hoje. Essa iniciativa tem rodado o Brasil todo e é muito boa, principalmente para nós, que em breve teremos uma piscina olímpica que está em fase de montagem. Tenho certeza que essa capacitação vai trazer bons frutos”, disse o titular da pasta.

Aprendizado – Formando do curso de Educação Física, o estudante Moisés Bastos ficou sabendo do curso e quis fazer parte, influenciado pelo peso olímpico do palestrante. “Além de saber que ele é campeão olímpico, vim para aprender mais sobre a natação, com as novas tendências do esporte. Legal foi o filme que contou a história do professor, muito interessante e bonito de se ver, me senti muito estimulado em colaborar com o esporte amazonense. O curso foi nota 10”, finalizou.

O evento teve o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Fotos: Divulgação.

Paratleta de Jiu-Jitsu amazonense conquista ouro em BJJ Internacional PRO, em Roraima

Exemplo de força e superação, mais uma vez o paratleta de jiu-jitsu, Ender Rodrigo Santos Oliveira, que faz parte do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia (Ctara), surpreende e conquista mais uma medalha de ouro para seu vasto currículo. A conquista aconteceu no último final de semana, quando ele disputou o BJJ Internacional Pro, ocorrido em Boa Vista, Roraima.

Praticante da arte suave há mais de 12 anos, Ender é faixa preta e conquistou o mais alto lugar no pódio na categoria parajiu-jitsu absoluto. O parajiu-jitsu é uma modalidade adaptada do jiu-jitsu para pessoas com deficiência física, que é o caso de Ender, que tem limitações em uma das pernas por conta de um acidente de trânsito que ele sofreu.

O paratleta lembra que, após sofrer o acidente, montou um projeto social para ensinar a modalidade para crianças e recebeu muito incentivo dos alunos para voltar a competir. “Eu fiz 12 cirurgias para reconstruir a minha perna, e quando me senti melhor, voltei aos treinos e comecei a dar aulas para crianças. Eu não competia mais, porém, eles perguntavam o porquê de eu não competir. Então, eles foram me pedindo, me incentivando. Voltei a treinar e, graças a Deus, tenho tido êxito”, comentou Ender.

O atleta comentou o sentimento da vitória e sobre o formato do parajiu-jitsu, que está em expansão. “Estou muito feliz. É mais um evento internacional que eu tenho a possibilidade de fazer parte e deixar minha contribuição. Essa modalidade de jiu-jitsu está crescendo aqui no Estado, no Brasil e em todo o mundo. Uma das melhores ferramentas de inclusão social, de reabilitação, é o parajiu-jitsu. Há muitos estudos e trabalhos desenvolvidos que confirmam isso. Portanto, me sinto feliz de ter escolhido este esporte como favorito”, finalizou.

Fotos: Divulgação.