Notícias

Jogando em casa, Iranduba busca vitória contra o Rio Preto – SP

A Arena da Amazônia será palco, mais uma vez, de uma grande partida para o futebol amazonense feminino. Dessa vez, a equipe do Iranduba enfrenta o Rio Preto – SP, pelo jogo de volta das quartas de final da elite do Campeonato Brasileiro Feminino, que acontece nesta quinta-feira (20/09), às 20h. No primeiro duelo entre os times, a equipe paulista levou a melhor e venceu por 1 a 0, por conta disso, o Hulk precisa vencer por dois gols de diferença, se quiser assegurar seu lugar na semifinal. Se vencer por 1 a 0,  a decisão vai para os pênaltis.

A equipe amazonense, que tem alcançado resultados bastante expressivos, está invicta desde o início da competição, no que tange aos jogos em que o time possui o mando de campo. O técnico do Iranduba, Adilson Galdino, ressalta que a equipe está focada e que a presença da torcida, neste duelo dentro de casa, é fundamental.

“Nós estamos encarando essa semana como a mais importante, afinal, é um momento especial. O grupo está determinado, estamos treinando e nos preparando cada vez mais para esta partida. É um jogo de superação, onde precisamos chegar em um placar de dois gols de diferença e é o que vamos buscar a todo momento, diante do nosso torcedor, na nossa casa e, claro, respeitando o Rio Preto, porém mostrando a nossa força. Portanto, esperamos a torcida amazonense para levar toda essa energia para o campo. Essa vitória será de todos nós”, destacou.

Determinação – Confirmada no elenco desta partida, a volante e capitã da equipe, Djeni, garante que vai estar muito bem para o duelo decisivo e que o Hulk vai entrar em campo para vencer, sem pensar em pênaltis.

“Depois das adversidades ocorridas em São Paulo, já estou 100% e estarei 200% na hora da partida. O acontecido influenciou no resultado do jogo e em nosso desempenho em campo, mas amanhã é um novo dia. Não vamos desrespeitar nossas adversárias, mas não podemos deixar de mostrar a qualidade da nossa equipe, porque nós temos muito mais para dar e vamos colocar tudo isso no campo. Em uma partida ofensiva, vamos procurar essa classificação durante todos os 90 minutos, sem pensar em pênaltis. Queremos a vitória e é o que vamos buscar nesse jogo”, garantiu.

Ingressos – Os torcedores poderão adquirir seus ingressos em 17 pontos de venda distribuídos em toda a cidade, no valores de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Entre os pontos estão: Loja Technos (Rua Mogno, 600, Distrito Industrial), Quiosque “Os Barés” (Shopping Manaura – Av. Umberto Calderaro, Adrianópolis), Hyper Sport (DB Ponta Negra – Av. Cel. Teixeira, 7687 – Loja 30 – Nova Esperança), entre outros.

Informações: Cíntia Valadares – (92) 98841-5996

Fotos: Mauro Neto

Copa Rei Pelé começa nesta quarta (5), em Manaus

Oito jogos vão movimentar a primeira rodada da edição inaugural da Copa Rei Pelé de Futebol de Base, em Manaus. Os confrontos nas categorias Sub-9, Sub-11, Sub-13 e Sub-15 acontecem nesta quarta-feira, 5 de agosto, a partir das 8h, na Arena APCEF Amazonas – na avenida Efigênio Sales, 1005, Parque 10, ao lado do Tribunal de Contas do Estado.

Idealizada pela Escola de Futebol Oficial do Santos FC em Manaus, a competição vai até o próximo sábado, 8 de setembro, reunindo 16 clubes em quatro categorias distintas. De acordo com o organizador, professor David Filho, o diferencial da 1ª Copa Rei Pelé é a vitrine que será aberta para os craques do futuro: os atletas dos 16 clubes inscritos serão observados pelo professor Paulo Robson, ex-jogador profissional do Santos e avaliador das categorias de base do time da Vila Belmiro.

“Em relação à Copa Rei Pelé, a gente conseguiu com que o coordenador das categorias de base do Santos venha participar. Isso significa que a competição também vai servir como uma avaliação para todos os atletas que vão participar, inclusive as equipes convidadas e não só da Escola Oficial do Santos FC em Manaus”,  explicou David Filho.

Equipes confirmadas:

 Sub-9 (2009/2010):

1 – Santos FC Manaus

2 – Escola de Futebol Sete FC

3 – Jovens de Cristo/Clube da Bola

4 – Fast Clube/Baixada Tricolor

 

Sub-11 (2007/2008):

1 – Santos FC/Manaus

2 – Show de Bola FC/Parintins

3 – Jovens de Cristo/Clube da Bola

4 – Meninos da Vila/Manaus

Sub-13 (2005/2006):

1 – Santos FC/Manaus

2 – Show de Bola FC/Parintins

3 – Meninos da Vila/Manaus

4 – Estrela do Futuro/Rio Preto da Eva

 

Sub-15 (2003/2004):

1 – Santos FC/Manaus

2 – Meninos da Vila/Manaus

3 – Estrela do Futuro/Rio Preto da Eva

4 – Clube Atlético Figueiredense/Presidente Figueiredo

 

1ª rodada – 5 set 2018

8h – Escola do Santos FC Manaus x Escola de Futebol Sete FC (Sub-9)

8h50 – Jovens de Cristo/Clube da Bola x Fast Clube/Baixada Tricolor (Sub-9)

9h40 – Jovens de Cristo/Clube da Bola x Meninos da Vila Manaus (Sub-11)

10h30 – Escola do Santos FC Manaus x Meninos da Vila Manaus (Sub-15)

14h – Estrela do Futuro RPE x Atlético Figueiredense (Sub-15)

15h – Meninos da Vila Manaus x Estrela do Futuro RPE (Sub-13)

16h – Escola do Santos FC Manaus x Show de Bola FC Parintins (Sub-13)

17h – Escola do Santos FC Manaus x Show de Bola FC Parintins (Sub-11)

Informações sobre a 1ª Copa Rei Pelé: (92) 98223.6633 ou 99449.0169

 

Texto e fotos: Emanuel Mendes

Bartolomeu Cruz e Paulo Vieira duelam no SFC 4

Em mais uma edição do Suar Fight Championship (SFC), Bartolomeu Cruz e Paulo Vieira se enfrentam em um duelo de tirar o fôlego. O evento, que acontece neste sábado (1º/09), a partir das 20h, no ginásio GM3, em Coari, município distante 363 quilômetros de Manaus, é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM) e contará com nove combates eletrizantes, sendo quatro disputas de cinturões de diferentes categorias e cinco super lutas.

Natural de Tabatinga, Bartolomeu Cruz, de 25 anos, coleciona seis vitórias diante das oito lutas de seu cartel. Atleta da Academia Nova União, ele afirma estar preparado para a vitória. “Na minha cidade, sou o dono do cinturão na categoria 66kg. Já aqui em Coari, lutei um evento em 2016 e não tive êxito, mas me preparei bastante para essa luta e acredito que sairei vencedor. Estou pronto para mostrar meu trabalho e ir em busca de minha sétima vitória”, destacou.

Com 100 % de aproveitamento em suas lutas, o atleta da DGT Luta Livre, Paulo Vieira “Mão de Pedra”, de 24 anos, disse que vai em busca de mais uma vitória para aumentar seu cartel. “Nasci em Coari e é aqui que vou vencer mais uma luta em minha carreira. Estou treinando muito e me preparando a cada dia para mostrar o meu trabalho e representar a força da minha cidade. Minha expectativa é de nocaute ou finalização no primeiro round e estou me preparando para que isso vire realidade”, afirmou.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Isaías Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Cláudio Pit Bull – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

Após lesão de Anne Viriato, Fábio Lima enfrenta Cláudio Pit Bull no SFC 4

Após sofrer uma lesão no ombro, a atleta Anne Viriato está fora da quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), que acontece neste sábado (1º/09), a partir das 20h, no Ginásio GM3, em Coari, município distante 363 quilômetros de Manaus. Agora, Fábio Lima tem um novo desafio e vai enfrentar Cláudio Pit Bull, na categoria peso Palha.

Com 21 anos e cinco lutas na carreira, sendo três vitórias e duas derrotas, o atleta coariense da academia DGT Luta Livre, Fábio Lima, agora tem um novo desafio. Ele enfrenta Carlos Pit Bull, após sua oponente, a transexual Anne Viriato, lesionar o ombro. “Gostaria muito de lutar com a Anne, mas entendo que lesões acontecem. Vida que segue e foco neste novo desafio. Estou treinando pesado, duas vezes ao dia, e vou dar meu máximo dentro do octógono. Quero essa vitória e farei o que estiver ao meu alcance para superar meu oponente e ganhar essa luta”, destacou.

Natural de Tefé, o lutador Cláudio Pit Bull, de 22 anos, coleciona em seu cartel 10 vitórias, das 11 lutas de sua carreira. Aterrissando de paraquedas no SFC 4 e dono do cinturão no evento Dantas Fight, o atleta do CT Fábio Araújo/Projeto Social Manoel Rocha acredita que poderá vencer seu oponente. “Aceitei esse desafio e agradeço a parceria de todos os amigos de Coari. Campeão que é campeão nunca desiste de ser um grande lutador, mesmo nas piores batalhas e eu estou pronto para mostrar o meu trabalho. Não vai ser fácil, mas vou em busca da vitória”, afirmou.

O evento, que é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), contará com nove lutas de tirar o fôlego. Serão quatro disputas de cinturões de diferentes categorias e cinco super combates, que farão o município de Coari pegar fogo.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Izaias Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Cláudio Pitbull – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

Inscrições abertas para a II Copa Manaus de Jiu-jítsu Sem Kimono

Estão abertas as inscrições para a 2ª edição da Copa Manaus de Jiu-jítsu Sem Kimono (No-Gi). A competição, que acontece no dia 23 de setembro (domingo), a partir das 9h, no Centro de Convivência da Família 31 de Março, localizado no bairro Japiim, zona Sul de Manaus, conta com o apoio da Federação Amazonense de Jiu-jítsu Profissional (FAJJPRO) e terá competições em diversas categorias.

Os interessados em participar do evento poderão realizar sua inscrição até o dia 21 de setembro, no valor de R$ 20, na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul da capital. A categoria Absoluto também está com inscrições abertas no valor de R$ 20.

De acordo com o presidente da FAJJPRO, Bosco Júnior, qualquer atleta poderá participar do evento. “Queremos que todos os praticantes da modalidade se sintam acolhidos e possam participar da competição, então não será obrigatória a filiação. Além disso, qualquer atleta poderá participar do Absoluto, basta efetuar o pagamento no valor de R$ 20 na sede da FAJJPRO e estar inscrito em sua categoria normal de peso, até porque faremos o pagamento da premiação dos absolutos, independente da quantidade de lutadores inscritos”, afirmou.

Os atletas das categorias Master 1, 2, 3, 4 e 5, com graduações azul, roxa ou marrom, poderão participar do Absoluto adulto nas suas respectivas faixas. Vale ressaltar ainda que se o lutador for desclassificado na balança, tiver cometido falta grave ou receber W.O., ele ficará impedido de participar do Absoluto. Já em caso de desclassificação por falta técnica, não haverá impedimento.

Premiação – A competição irá contar com premiações em toda a categoria Absoluto, sendo R$ 100 para as categorias 12/13 masculino graduado, 14/15 masculino graduado, 14/15 feminino graduado, juvenil feminino graduado e juvenil masculino graduado.

A categoria adulto feminino (azul/roxa) terá a premiação de R$ 200. Já as categorias adulto masculino (azul/roxa), adulto feminino (marrom/preta), adulto masculino (marrom/preta) e master masculino preta serão premiadas com um valor de R$ 300, cada.

As academias também farão parte da premiação, sendo entregue ao primeiro lugar geral o valor de R$ 500, ao segundo lugar, o valor de R$ 300, e para a academia que estiver em terceiro lugar, R$ 200. No mais, os três primeiros colocados de cada categoria receberão medalhas de ouro, prata e bronze, respectivamente.

Maiores informações: 99461-3213 (Cleudo Caldas)

Com incentivo do Iranduba da Amazônia, atletas concluem o ensino superior e se preparam para o mercado de trabalho

Resultado de uma parceria com a Faculdade Maurício de Nassau, duas representantes do Esporte Clube Iranduba da Amazônia acabam de concluir a graduação de ensino superior. A goleira do elenco 2018, Rubi, se formou em Administração, já a ex-goleira Wilce, que defendeu por muitos anos a camisa do clube, se formou em Logística.

A arqueira Rubi conta que o sonho de criança era ser veterinária, isso porque a atleta ama cachorros. Mas um problema foi crucial para fazer a goleira desistir do grande sonho, Rubi passa mal toda vez que vê sangue.

“Como tu quer ser veterinária se não consegue ver sangue, disse a mãe. A partir desse momento comecei a mudar de ideia, e acabei indo para o lado de exatas, porque educação física e fisioterapia que está mais ligada ao esporte, tem matéria que eu não conseguiria fazer e passar nunca, no caso anatomia (risos). E eu sempre gostei de cálculos. Por isso, minha escolha por contábeis e administração”, contou Rubi.

Já a ex-goleira Wilce Goes sempre sonhou em estudar logística, ela até se tornou microempreendedora, e lutou bastante para conquistar o seu objetivo. “Eu tenho orgulho de dizer pra todo mundo que eu faço parte dessa história, e isso eu vou levar pra sempre! Eu sempre gostei de treinar, sempre gostei de estudar. É cansativo sim! É difícil sim! Mas quando se tem um sonho e uma oportunidade não podemos deixar pra trás. Ouvi muitas coisas, recebi muitas críticas de amigas, mas tudo valeu muito a pena”, comentou Wilce que completou dizendo que “tudo isso, só foi possível graças ao Iranduba e a seu presidente o senhor Amarildo Dutra”.

E muitas foram as dificuldades enfrentadas também pela goleira Rubi, isso porque, conciliar viagens, mudanças de time, de estado e de faculdade, não foi muito fácil. “Muitas vezes deu vontade de desistir. Foi bem difícil eu mudei de três faculdades pra conseguir me formar, então as vezes a grade das matérias eram diferentes, então eu sempre tinha que pagar uma matéria ou outra a mais. Às vezes, em viagem, levar livro e caderno pra estudar. O que facilitou a vida da atleta foi a compreensão dos professores, eles estavam sempre à disposição quando precisei, e isso também me ajudou bastante, e no final, por mais difícil que tenha sido, tudo valeu a pena”.

Valeu tanto que Rubi já pensa em se especializar. “Eu estou pensando em fazer pós, porque gosto de estudar e tenho que aproveitar o tempo livre, e também me especializar em alguma área porque o futebol não é pra sempre”.

No dia 14 deste mês, Wilce participa da cerimônia de colação de grau, no dia 21 é a vez de Rubi receber enfim, a outorga pela formação superior.

Parceria de sucesso

Desde de 2016, o Iranduba investe na qualificação profissional do grupo de jogadores e comissão técnica. E a parceria consolidada com a Faculdade Maurício de Nassau proporciona esse desenvolvimento com a concessão de bolsas de estudos. Em troca, as meninas representam a instituição nas competições universitárias.

Para o presidente Amarildo Dutra, a educação é uma chave que abre muitas portas, ajuda a concretizar muitos sonhos e desejos, a relação faculdade x futebol feminino, requer um estudo minucioso, pois, tudo é mais difícil, as mulheres sempre necessitam provar o poder de superação, requer muita dedicação, força de vontade, exige sacrifícios extras, esforço muito grande e renúncias.

“Esse investimento do Iranduba, só é possível acontecer graças à parceria que o clube tem com a Faculdade Uninassau, continuamos em conjunto colhendo frutos, confesso que estou muito feliz, em especial pela admiração que tenho pelas atletas Rubiana e Wilce, saber que o Clube têm a sua parcela de contribuição na concretização de um dos sonhos dessas atletas, isso é gratificante, conceituo como uma forma de retribuição pelas gotas de suor e dedicação pelo time. E que a formação acadêmica no futuro será uma fonte para se sustentarem, e que sejam referências para as demais atletas”, declarou o presidente, que finalizou parabenizando as jogadoras pela conquista.

Texto: Cíntia Valadares

Fotos: Divulgação

Jhonatan Capote “Bin Laden” e Samuel Rocha duelam pelo cinturão da categoria Pena neste sábado (1º)

Em uma das disputas de cinturão mais acirradas, Jhonatan “Bin Laden” e Samuel Rocha se enfrentam pela categoria peso Pena na quarta edição do Suar Fight Championship, que acontece neste sábado (1º/09), no Ginásio GM3, a partir das 20h, no município de Coari, a 363 quilômetros de Manaus. O evento é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM) e terá, ao todo, nove lutas.

Atleta da academia Squad/Balby Team, Samuel Rocha, de 25 anos, afirma já estar aguardando pelo oponente. “Como preparação para este combate, estou treinando três vezes ao dia e tenho evoluído bastante tanto na parte física quanto no jiu-jítsu e MMA. Acredito que esse vai ser um bom duelo e estou preparado para a luta em pé ou no chão. Sou vencedor do evento RN Combat, em Manaus, e agora, vou levar o cinturão do Interior para a minha coleção. A vitória já é minha”, disse o atleta, que já tem quatro vitórias e três derrotas em seu cartel.

Quatro disputas de cinturões de diferentes categorias e cinco super combates serão o saldo da noite, que será abrilhantada pelo melhor anouncer do Brasil, Marcos Sabadin, vencedor do prêmio Osvaldo Paquetá, em 2017.

Ingressos – Os ingressos para o SFC 4 já estão disponíveis na Academia Suar Fit, Mendes Clube e Conveniências Kelly, em Coari. As primeiras 500 entradas para a arquibancada serão vendidas no valor de R$ 10, depois o preço fixo do ingresso será de R$ 15. As cadeiras custam R$ 30. Para esta edição, será montada a Área Imperial, que sairá pelo valor de R$ 100, onde o público poderá contar com a comodidade de assistir ao evento em uma poltrona, além de serem servidos quitutes, refrigerantes e água mineral à vontade.

Os interessados terão até às 12h do dia do evento para adquirir seus ingressos de cadeira e arquibancada em qualquer um dos pontos físicos disponibilizados para a venda. Após esse horário, somente na bilheteria do SFC 4. Os passaportes para a Área Imperial poderão ser adquiridos apenas com o responsável pelo evento, através do telefone (97) 98120-4882.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Isaías Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Cláudio Pitbull – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

Com nove super combates, SFC reúne cerca de duas mil pessoas em Coari e garante o sucesso de mais uma edição

Com lutas eletrizantes do início ao fim, foi realizada na noite do dia 1º de setembro (sábado), às 20h, no Ginásio GM3, em Coari, município distante 363 quilômetros de Manaus, a quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), sob os olhares atentos de aproximadamente duas mil pessoas. Conhecida nacionalmente por exportar grandes talentos e realizar grandes eventos, Coari fez jus à fama e garantiu mais uma edição de sucesso de uma das maiores competições do Norte do país, o SFC. Ao todo, o card contou com quatro disputas de cinturão e mais cinco super combates, totalizando nove lutas de tirar o fôlego, todas elas anunciadas por Marcos Sabadin, eleito pelo Prêmio Osvaldo Paquetá, o melhor anouncer do Brasil.

Chancelado novamente pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), cuja equipe foi composta pelo seu presidente, Wallace Alves, juntamente com o professor Luís Neto, Jamys Rodrigues, Victor Neves e Alexandre “Lek Lek” Ribeiro, os resultados tiveram a credibilidade de uma arbitragem preparada e satisfatória, como em todas as outras edições. Além disso, as lutas foram cuidadosamente selecionadas para o público, que vibrava a cada round iniciado e pôde torcer e se emocionar a cada vitória alcançada. Foi uma grande noite, com combates que entraram para a história do MMA coariense.

Marcada inicialmente para ser a primeira disputa de cinturão do evento, a luta entre os atletas Izaias Pará e Max Açaí tomou grande força, principalmente por conta das provocações de ambos os lados nas redes sociais que, inclusive, fizeram referências e comparações a grandes nomes do Ultimate Fight Championship (UFC), como o atleta irlandês Conor McGregor. Dessa forma, o combate assumiu o protagonismo do SFC 4, seguido da luta entre Everton Vasconcelos e Zairo Garcia, que passou a ser o co-main event da noite.

Com um show de técnica, profissionalismo e vontade de vencer, um a um os atletas lutavam e faziam a alegria do público, que lotou o Ginásio GM3 e permaneceu presente até o último combate, entre Izaias Pará e Max Açaí, que fizeram cinco rounds intensos. Após 25 minutos, restou à equipe de arbitragem decidir o vencedor do duelo que teve parciais de 10×10, 10×9, 10×9, 10×9 e 10×10. Por 50 a 47, o campeão foi o atleta manauara Max Açaí, que garantiu o cinturão da categoria e mais uma vitória para o seu cartel.

De acordo com o organizador do evento, Bruno Guimarães, a próxima edição será realizada em Manaus e já está sendo preparada. “Depois de quatro edições, sendo uma em Tefé, estamos prontos para encarar a capital e competir com aqueles que se dizem grandes. Temos no currículo atletas de ponta, estrutura de nível e muita força de vontade para trabalharmos duro e fazermos mais um grande espetáculo”, afirmou.

Inovação – O evento contou ainda com uma superestrutura e, pela primeira vez, uma área VIP, denominada Imperial, totalmente equipada para o conforto e comodidade dos espectadores, com poltronas confortáveis e buffet de salgados e bebidas à vontade. Além disso, o público presente lotou as cadeiras e arquibancadas para prestigiar o SFC 4.

Novidade – Após quatro edições de sucesso, o SFC passa a contar com mais um integrante escolhido a dedo pelo presidente do SFC, Bruno Guimarães. A partir de agora, o evento terá um vice-presidente e o eleito para esta missão foi o proprietário da loja “Chora para Vender Fiado” e um dos patrocinadores oficiais do evento, Moyses Oliveira. “Fiquei muito feliz com o convite e farei o que estiver ao meu alcance para que o SFC cresça cada vez mais. Acredito no esporte e nos lutadores de nossa terra, então nada melhor do que fazer parte deste evento que tanto representa o povo coariense e o Norte do país. Como vice-presidente do SFC, buscarei incentivar sempre essa prática esportiva, assim como competições que engrandeçam nossa cidade e o nosso Estado”, destacou.

Fábrica de campeões – Com oito atletas participando da competição, a De Assis Gold Team (DGT) conseguiu um número surpreendente de vitórias no SFC 4. Foram cinco campeões e, dentre eles, dois lutadores garantiram o cinturão. Além disso, todos eles tiveram um corner especial para auxiliá-los nos combates. “Tivemos dois cinturões, conquistados pelos atletas Jhonata Bin Laden e Bruninho Souza, que foram verdadeiros guerreiros dentro do octógono e mostraram muita determinação em performances incríveis. No mais, estou muito satisfeito com cada lutador da DGT, independente de ter sido o vencedor da luta ou não, porque mostraram a força da nossa academia e, dessa forma, vamos conquistando nosso espaço aqui e diante do mundo”, afirmou.

CONFIRA O RESULTADO OFICIAL:

Main Event: (9ª luta) Categoria: 57,500kg Cinturão

 IZAÍAS PARÁ (Defesa) x MAX AÇAÍ – Vencedor: Max Açaí, por pontos. 5 rounds; 50 a 47;

Co-Main Event: (8ª luta) Categoria: 70,500kg Cinturão

ZAIRO GARCIA (Defesa) x EVERTON  VASCONCELOS – Vencedor: Everton  Vasconcelos. K.O no 2º round; Tempo: 1’1”;

(7ª Luta) Categoria:  66,500kg Cinturão

SAMUEL ROCHA x JHONATAN BIN LADEN (Defesa) – Vencedor: Jonatan Bin Laden.  5 rounds; 48 a 47;

(6ª Luta) Categoria: 52,500kg Cinturão

 BRUNO SOUZA (Defesa) X ELSON RAMOS – Vencedor: Bruno Souza. K.O, no 2º round; Tempo: 3’36”;

 (5ª Luta) Categoria: Até 78Kg / Combinado 

 ADRIANO CASTRO x MARCELO PONTES – Vencedor: Adriano Castro. Armlock aos 47” do 2º round;

 (4ª Luta) Categoria:  Até 59kg / Combinado

FÁBIO LIMA “BINHO” x CLÁUDIO PITBULL – Vencedor: Cláudio Pitbull. Americana no 1º round, aos 4’33”;

(3ª Luta) Categoria: 70Kg

PAULO VIEIRA x BARTOLOMEU FERREIRA – Vencedor: Paulo Vieira. 3º round, por pontos; 30 a 27;

(2ª Luta) Categoria: 61,500KG

MAURÍCIO SHOGUM X ARNEILSON FÚRIA – Vencedor: Maurício Shogum. 3º round, por pontos; 30 a 29;

(1ª Luta) Categoria: 66,500KG

MARILDO SOMBRA X RONALDO AÇOUGUEIRO – Vencedor: Ronaldo Açougueiro. K.O no 2º round aos 3’36”.

Texto e fotos: Lorena Furtado

3º Circuito de Aspirantes e Master reúne mais de 320 atletas em Manaus

A Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada) reuniu mais de 320 atletas inscritos no 3º Circuito de Aspirantes e Master– Hudson Rodrigues. A competição ocorreu neste sábado (01/09), no Parque Aquático do Clube do Trabalhador/ SESI, localizado na avenida Cosme e Ferreira, bairro Coroado, zona Leste. O evento contou com a participação de 12 clubes.

A competição foi composta por provas de peito, clássico, costa, além de crawl e borboleta. As categorias disputadas foram Mini A e B, Mirin, Petiz, infantil, juvenil, Júnior Sênior e master. Um dos destaques da competição, o atleta Joel Costa, de 23 anos, foi campeão dos 50 metros de costa e 100 medley. Joel destaca que a vitória foi uma superação, afinal, ele estava com uma lesão, mas superou.

“É claro que vencer duas provas, após você ter ficado lesionado, é muito bom. Meus treinos foram bastante forçados e estou satisfeito porque o meu tempo está diminuindo de 2 a 3 segundos, isso mostra que os treinos estão mostrando resultado. É muita satisfação poder conquistar essas medalhas e entrar nessa piscina sem dores. Estou muito feliz”, disse.

Uma das personalidades que também participou do evento foi Maria de Nazaré Pinheiro, de 64 anos. Ela é uma das mais antigas nadadoras amazonenses e, neste circuito, foi campeã na categoria Master. Naza, como é conhecida, estava muito feliz com o título e lembra que já conquistou tantos outros e que um dia irá para os Jogos Olímpicos Master.

“Comecei na natação muito nova ainda, na Ilha de Marapatá. Tive inúmeras competições, constituí família e parei por alguns anos, mas depois dos filhos criados, eles mesmos me motivaram e influenciaram a voltar. Hoje sou uma das mais antigas nadadoras amazonenses, onde, desde 2001, não paro de competir. Já competi regionais, estaduais, travessias de rio, Almirante Tamandaré, Sul-Americano, Pan-Americano, mas ainda me falta o Mundial e os Jogos Olímpicos Master que, se Deus quiser, ainda participarei. Mas cada conquista, como essa, me deixa muito feliz”, comentou Naza.

O presidente da FADA, Vitor Hugo, lembra que este é o penúltimo circuito e que o crescimento de atletas chegou a 20% nesta etapa. “Hoje, temos aqui, 12 clubes federados participando da competição. Estamos com 20% a mais de inscritos, o que mostra a preocupação dos pais em colocar os filhos para competir, bem como o trabalho que a federação executa frente à base da natação amazonense. Nossa homenagem, desta vez, é para o Hudson Rodrigues que foi campeão brasileiro estudantil pelo Amazonas, e nós acreditamos ser necessário lembrar”, frisou o presidente.

Fotos: Mauro Neto

Pesagem e encarada oficial do SFC4 reúne cerca de 200 pessoas em Coari

Aproximadamente 200 pessoas marcaram a pesagem e encarada oficial da quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), realizada na noite desta quinta-feira (30/08), no Mandy’s Club, em Coari, município a 363 quilômetros de Manaus. Rivalidade, emoção e provocações deram tom ao evento, que contou com a participação de atletas, técnicos, patrocinadores e do público em geral.

Para o presidente do SFC 4, Bruno Guimarães, o evento terá grandes confrontos e valerá à pena cada minuto. “A pesagem e encarada oficial foi um sucesso. Hoje pudemos sentir um pouco de como será a quarta edição do SFC, que vem trazendo um card com lutadores de vários municípios do Amazonas. O evento vem crescendo a cada ano e o apoio dos patrocinadores é fundamental para que possamos realizar uma edição com qualidade e credibilidade, portanto agradeço a todos que estão contribuindo para que o SFC seja um dos melhores do Norte do país”, disse.

Acreditando no esporte, o proprietário da loja “Chora para Vender Fiado” e um dos patrocinadores oficiais do evento, Moyses Oliveira, disse que o SFC é uma grande competição. “Aqui grandes lutadores se reúnem e dão um show de técnica e habilidades dentro das artes marciais e eu, como amante do esporte, não poderia deixar de apoiar e prestigiar este evento. Faço questão de patrocinar competições como esta que incentivam e engrandecem nosso município”, destacou.

Destaque – Para abrilhantar a noite, a pesagem e encarada oficial contou ainda com a presença do renomado atleta coariense De Assis. Colecionando títulos por onde passou, o lutador voltou à cidade natal para prestigiar o evento. “Estou em casa e nada melhor do que participar de uma competição que une qualidade e profissionalismo. Tanto a organização do evento quanto a arbitragem, equipe médica e assessoria de imprensa estão de parabéns. Coari é um celeiro de campeões, então podemos esperar um espetáculo neste sábado (1º)”, destacou.

Ingressos – Os ingressos para o SFC 4 já estão disponíveis na Academia Suar Fit, Mandy’s Clube e Conveniências Kelly, em Coari. As primeiras 500 entradas para a arquibancada serão vendidas no valor de R$ 10, depois o preço fixo do ingresso será de R$ 15. As cadeiras custam R$ 30. Para esta edição, será montada a Área Imperial, que sairá pelo valor de R$ 100, onde o público poderá contar com a comodidade de assistir ao evento em uma poltrona, além de serem servidos quitutes, refrigerantes e água mineral à vontade.

Os interessados terão até às 12h do dia do evento para adquirir seus ingressos de cadeira e arquibancada em qualquer um dos pontos físicos disponibilizados para a venda. Após esse horário, somente na bilheteria do SFC 4. Os passaportes para a Área Imperial poderão ser adquiridos apenas com o responsável pelo evento, através do telefone (97) 98120-4882.

SFC 4 – O evento, que é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), contará com nove lutas de tirar o fôlego. Serão quatro disputas de cinturões de diferentes categorias e cinco super combates.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Isaías Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Cláudio Pit Bull – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.