Notícias

“Vou fazer de tudo para vencer”, declara Hélio Rezende sobre luta contra Waldenes Massulo, no Jungle Classic Jiu-Jítsu

Na reta final para participarem do Jungle Classic Jiu-Jítsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, os 28 atletas escalados para o card, estão com o treinamento cada vez mais intenso. O evento acontecerá no dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul da cidade.

Em um dos combates mais aguardados desta edição, Hélio Rezende se prepara para enfrentar Waldenes Massulo. “Vou fazer de tudo para vencer a luta. Estou treinando duro a parte técnica de jiu-jítsu, fazendo a preparação física com os coachs, Jorge Cruz e Fernando Ayres. Então, tenho tudo para proporcionar ao público um grande espetáculo e conquistar a vitória”, revelou.

Com o incentivo do avô, Manuel Pedro, Hélio começou a treinar jiu-jítsu em 1989 e nunca mais parou. Colecionador de medalhas e títulos, o lutador da equipe Checkmat-RJ construiu uma carreira de sucesso, tornando-se uma das figuras mais expressivas da ‘arte suave’ amazonense e montando, inclusive, o Studio HR, localizada bairro Cachoeirinha, Zona Sul da cidade.

“O jiu-jítsu representa tudo para mim. É uma vida de lutas. Desde que comecei a treinar, nunca parei e, com toda a dedicação, consegui conquistar todos os títulos nacionais. Hoje, procuro repassar meu aprendizado aos meus alunos e através do Studio HR, tenho revelado talentos, atletas que estão se sagrando campeões”, declarou.

No que depender de Massulo, no entanto, Rezende não terá chance de sair com a mão levantada. O faixa preta da equipe Monteiro está com fome de vitória, e garantiu que vai ser superior ao seu oponente. “Eu sei que este combate está sendo muito esperado pelo público, será uma luta bem dinâmica. Intensifiquei meus treinos, já que recebi o convite faltando 20 dias para o evento. Estou bem preparado e confiante na vitória. Quando chegar na hora, é fazer o que sei e tudo dará certo”, explicou.

O primeiro contato com o esporte foi através da luta livre, aos 12 anos de idade, sob o comando do mestre Welinton Bonates, modalidade esta em que chegou a ser graduado a faixa amarela. Posteriormente, Massulo iniciou os treinos de jiu-jítsu com o mestre Roberval Mascarenhas (Ajuricaba), no Clube da Caixa, onde chegou à faixa azul. “Em todos os campeonatos eu ia para a final com o Francisco Nonato ‘Nonatão’, e eu sempre perdia. Inclusive, teve uma final de Amazonense, que ele rasgou dois quimonos meus. Como a equipe Monteiro ficava ao lado da minha casa, decidi unir o útil ao agradável, passei a treinar lá, onde estou até hoje”, relatou.

De acordo com Massulo, a vida esportiva lhe proporcionou momentos inesquecíveis. “Tem um campeonato Amazonense que guardo bem na memória. Eu tinha acabado de ser graduado à faixa marrom e a premiação era uma passagem para o Mundial. Os duelos foram muitos acirrados e a final da competição aconteceu às 1h30. São lembranças super especiais que o jiu-jítsu me proporcionou”, revelou.

O lutador garante que na Associação Monteiro, encontrou mais do que técnicas de jiu-jítsu, construiu uma família. “A ‘arte suave’ me proporcionou grandes companheiros, amigos que fiz e faço até hoje, como os mestres Adriano Monteiro, Fábio Monteiro, Yano Monteiro e Lúcio Monteiro, que considero como meus irmãos. Eu me orgulho de ver meus filhos, Roger e Pedro Massulo treinando na academia que me trouxe e traz tantas alegrias”, finalizou.

Ingressos – Os bilhetes ao preço de R$ 100 (Cadeira Vip) e R$ 1.000 (Mesa com oito lugares), podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – PAULO SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – EMERSON CARVALHO (ORLEY LOBATO) x TONY FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

Jungle Classic Jiu-Jítsu: Em ritmo de competição, Abraham Litaiff quer conquistar vitória sobre o casca grossa, Fernando Soares

Após conquistar vários títulos em 2018, Abraham Litaiff tem confronto marcado contra o duríssimo Fernando Soares, no Jungle Classic Jiu-Jítsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, marcado para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Abraham, que sagrou-se campeão em competições realizadas em Manaus, quer encerrar o ano em grande estilo, vencendo Fernando. “Eu nunca lutei com o meu adversário, mas admiro seu estilo de luta. Já vi vários combates dele e ele realmente é um cara muito bom, mas eu tenho treinando muito, meus amigos de treino da equipe 7 Mascarenhas tem me ajudado bastante. Tenho certeza que o resultado será positivo”, relatou.

Foram muitos títulos conquistados até chegar à tão sonhada faixa preta. A trajetória na luta, inclui passagens por duas academias, até conhecer a equipe 7, liderada pelo saudoso mestre Ajuricaba. “Comecei a treinar em 1993, em uma academia de familiares. Em 1994, passei pelo renomado mestre Cássio Façanha e, no mesmo ano, migrei para o clube da Caixa, onde tive a honra de conhecer meu eterno mestre Ajuricaba Mascarenhas. Até hoje faço parte de um legado dele, levando o nome dele e da minha equipe 7”, declarou Litaiff.

Apaixonado pela arte suave, o lutador vem conciliando a vida profissional e esportiva. “Sou grato ao jiu-jítsu por tudo o que ele me proporcionou, como disciplina e qualidade de vida. Através dele conheci pessoas especiais e amizades que vou levar por toda minha vida. Infelizmente, não consegui viver da luta, mas carrego a ‘arte suave’ no meu sangue. Enfim, o jiu-jítsu é uma filosofia da vida para mim”, revelou.

Famoso por ser um lutador muito técnico, Fernando Soares vem intensificando os treinos e garante que fará de tudo para que a cobiçada medalha de campeão do Jungle Classic vá para o ‘Bronks’, como é conhecido o Japiim, bairro que reúne grandes estrelas da luta.

Discípulo de Orley Lobato, ele revela que o momento mais gratificante da carreira de lutador foi ser campeão na faixa preta. “Fui Campeão Amazonense na faixa preta, fazendo cinco lutas. Isso, sem dúvidas, foi uma de minhas maiores conquistas como atleta”, relatou.

Embora Soares desenvolva uma atividade profissional paralela à luta, ele revela que sempre arruma um jeito de colocar o treinamento em dia. “O jiu-jítsu faz parte do meu cotidiano, é uma modalidade onde eu aprendi valores como o respeito, a amizade e o companheirismo, por isso não largo esse esporte por nada”, finalizou.

Ingressos – Os bilhetes ao preço de R$ 100 (Cadeira Vip) e R$ 1.000 (Mesa com oito lugares), podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – PAULO SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – EMERSON CARVALHO (ORLEY LOBATO) x TONY FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

Fasub encerra calendário de competições anual com a participação de mais de 840 atletas

Com uma premiação total de R$ 10 mil, em dinheiro, às academias campeãs e a participação de mais de 840 atletas, a Federação Amazonense de Submission e Luta Livre Esportiva (Fasub) encerrou suas atividades anuais com a realização do 14º Campeonato Amazonense das modalidades. O evento aconteceu durante todo o domingo (04/11), na Arena Poliesportiva do Amazonas (Amadeu Teixeira), localizada no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus.

Maioria na quantidade de atletas inscritos, as crianças dominaram os tatames, disputando o título de campeão amazonense nas mais diversas categorias. À tarde foi a vez dos adultos competirem e lutar pelo mais alto lugar do pódio. Para o presidente da Fasub, Antônio Aleixo, o campeonato foi planejado com muito carinho e dedicação, para que todos os atletas e professores pudessem lembrar da importância de uma conquista estadual. “O Campeonato Amazonense é uma competição muito importante, pois aqui, o atleta luta para ser o melhor do seu Estado, junto a tantos outros que treinam todos os dias para serem cada dia mais bem sucedidos em sua modalidade. Buscamos ainda oferecer uma estrutura de ponta, para que todos possam se sentir prestigiados e valorizados. Nossas áreas de luta tem dimensões oficiais e, para o competidor, poder lutar em um ambiente assim é algo estimulante. Além disso, a luta livre é o esporte que mais cresce no Amazonas e hoje, somos o maior polo do do mundo na modalidade”, disse o presidente da Fasub.

Com apenas nove anos de idade, Johara Lima, da academia Sonic 3, conquistou o título amazonense em sua categoria. A atleta teve o primeiro contato com a modalidade submission em agosto deste ano e de lá não parou mais. “Eu sempre fiz jiu-jítsu e uma vez, um colega da minha academia me chamou para treinar submission e eu fui. Fomos treinando e visitando outros centros e meu irmão veio lutar também. Esse é meu segundo campeonato e estou gostando muito. Hoje fiz uma luta e no começo foi muito difícil, ela (adversária) me pegou pelo pescoço e eu achei que não ia dar mais para vencer, só que eu lembrei de uma forma de passar a guarda e consegui a vitória”.

Para o tio de Johara, Dirceu Loureiro, de 39 anos, o esporte tem contribuído muito no crescimento da atleta como pessoa. “É muito bom poder vê-la praticar um esporte que, além de melhorar sua saúde, faz com que ela aprenda valores importantes. Estava na torcida e a emoção é muito grande. Ela é muito perfeccionista, se não começar tudo certinho, às vezes ela trava, mas graças a Deus ela mostrou seu poder de superação e conseguiu ganhar a luta. Mesmo com a pouca idade, acredito que seu potencial vai muito longe. Seu pai e sua mãe não puderam estar presentes hoje, mas ela pode sempre contar comigo e, no que depender de mim, não vai faltar incentivo”, garantiu.

Borracheiro foi destaque do Sênior Leve

Há 18 anos praticando luta livre esportiva, o borracheiro Marcelino Cavalcante, de 36 nos, do CT Brunocilla, é um dos grandes nomes da modalidade na categoria Sênior Leve. Faixa preta do esporte, ele perdeu a invencibilidade de 12 anos em 2017, e para este ano, decidiu resgatar o título amazonense. “Participei de todas as competições em 2018 pela FASUB, e venci todas, graças a Deus. Neste último campeonato do ano, fiz duas lutas e conquistei o primeiro lugar em minha categoria. Procuro me esforçar ao máximo para ter bons resultados, até porque tento fazer o que gosto, então também luto MMA e tenho uns poucos amigos que me dão uma pequena ajuda de custo, então preciso fazer jus à confiança que depositam em mim e também é uma forma de buscar melhorias em minha carreira”, disse.

Premiação – A competição teve vários atletas e academias premiados. Para as categorias de peso, foram dadas medalhas aos três primeiros colocados. Já os atletas que ganharam a categoria Absoluto, receberam, além de medalha, um cinturão do evento. Para as academias que conquistaram a primeira, segunda e terceira colocação geral, foram distribuídos prêmios em dinheiro, nos valores de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, respectivamente, bem como cinturões.

FOTOS: MAURO NETO / SEJEL

Há 15 anos morando no Ceará, Ary Lobo retorna a Manaus para enfrentar Fábio Pinheiro no Jungle Classic Jiu-Jitsu

Morando há 15 anos em Fortaleza, onde comanda a Federação Cearense Esportivo (FCE), o faixa preta de jiu-jitsu Ary Lobo, retorna a Manaus neste mês para enfrentar o duríssimo Fábio Pinheiro, em um duelo acirrado no Jungle Classic Jiu-Jitsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, marcado para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, nº 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Ary é um dos atletas veteranos do jiu-jitsu amazonense. Começou a treinar em 1985, a convite do amigo, Daniel Lapa. A partir daí vieram muitos títulos a nível nacional e internacional. Em 2016, Lobo ficou com a medalha de bronze no Mundial da CBJJE. “Minha expetativa é fazer uma grande luta. Meu treinamento está intenso para alcançar um resultado positivo. É muito gratificante poder voltar à minha cidade natal e enfrentar um adversário de alto nível, como o Fábio”, declarou Ary.

Apaixonado pela arte suave, o faixa preta revela que um dos momentos mais importantes em sua vida foi a conquista em um conceituado campeonato local, realizado em 1999. Na ocasião, além de faturar a medalha de ouro, o lutador foi graduado à faixa preta e homenageado por 22 outros faixas preta. “O jiu-jitsu representa tudo na minha vida. Acredito que a prática de esporte ajuda a moldar nosso caráter. Aprendi muito com a luta e tenho o privilégio de repassar o que aprendi com meus mestres”, relatou.

O adversário, Fábio Pinheiro, também vem intensificando o treinamento. “É gratificante lutar este evento, pois faz mais de dois anos que não participo de uma competição. Estou bem confiante, apesar do tempo curto para me preparar. Tenho que conciliar os treinos e a vida profissional, mas está tudo tranquilo e tenho certeza que vai dar tudo certo”, explicou.

Fábio começou a treinar em 1989, no clube Agenor Alves. Atualmente compõe a equipe Pina, famosa por revelar grandes campeões. A trajetória de sucesso na luta, inclui conquistas a nível nacional e internacional. “O jiu-jitsu é muito importante para mim. Foi através da luta que as portas se abriram para a profissão que tenho hoje”, explicou o personal trainer.

Ingressos – Os ingressos ao preço de R$ 100 cadeira vip e R$ 1.000 mesa com oito lugares, podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – MARCOS PACHECO (EQUIPE 7 / MANFIGHT) x TONU FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

Com duelo marcado para o Jungle Classic Jiu-Jítsu, Emerson Benchimol e Dawglish Souza falam da rotina intensa de treinos

Marcado para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, o Jungle Classic Jiu-Jítsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, vem agitando o cenário da luta em Manaus. O card contará com 14 super combates, protagonizados por astros que fazem parte da história da ‘arte suave’ amazonense. Nesta edição, Emerson Benchimol vai encarar Dawglish Souza, em duelo que promete estremecer o Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul da cidade.

Dedicação e confiança não estão faltando na preparação de Emerson, que inclui treino diário de jiu-jítsu com os alunos e professores da equipe, além da preparação física com o Coach, Henrique Gilona. “Estou me empenhando ao máximo, aprimorando a parte técnica e a parte física. Espero fazer uma ótima apresentação com este grande lutador, que é o Dawglish e, independente de quem vença, acredito que os dois darão o seu melhor dentro do tatame”, declarou.

Desde 1993, o jiu-jítsu faz parte da rotina diária do faixa preta que, junto com o irmão Anderson e o amigo Almério Augusto, comandam duas academias da modalidade, a All Brothers e a Manfight. “Comecei a treinar na Associação Monteiro, com os Mestres Binho, Guto, Yano e Lucinho. Fiquei um tempo sem treinar devido à faculdade e o trabalho, mas acabei sendo resgatado pelo Mestre Almério Augusto, que foi meu companheiro de equipe na Monteiro. Hoje somos sócios na All Brothers”, explicou.

Detentor de importantes títulos na década de 90, Benchimol revela que a luta é uma importante ferramenta social para a vida cotidiano. “O jiu-jítsu para mim é terapia, um estilo de vida. É o meu trabalho e minha paixão”, destacou.

Bastante conhecido no cenário da luta, Dawglish Souza vem aprimorando as técnicas de jiu-jítsu com os treinos diários na equipe Pina. “Estou treinando duro para fazer uma grande luta, pois reconheço todo o conhecimento do grande lutador, que é o meu oponente. Respeito muito meu adversário, mas jamais tiro o foco da minha vitória”, revelou.

 

Souza treina desde os oito anos de idade. Começou a praticar artes marciais no Clube Terraço, com o professor Lúcio M. (Pixote), onde ficou até os 12 anos. Após o falecimento do mestre, o lutador passou a integrar a equipe Agenor Alves, famosa por reunir estrelas do jiu-jitsu na década de 90. Com o fechamento da equipe liderada por Ulisses Paixão, Dawglish e os companheiros de treino passaram a treinar no Clube Pina de jiu-jitsu.

O lutador revela que através da luta, viveu momentos de alegria, emoção e conquistas, que fizeram dele um dos astros do jiu-jítsu amazonense. “Modéstia à parte, já conquistei todos os torneios e campeonatos realizados no Amazonas e sou vice campeão Mundial e Brasileiro”, comemorou.

 

Ignorando a falta de apoio em um esporte de alto rendimento, o atleta revela a satisfação de fazer aquilo que mais gosta. “O jiu-jítsu é, para mim, como o futebol para o Neymar e para o Pelé. Infelizmente só não ganho dinheiro como eles, mas me dá a mesma satisfação, alegria e amor”, finalizou.

Ingressos – Os bilhetes ao preço de R$ 100 (Cadeira Vip) e R$ 1.000 (Mesa com oito lugares), podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – PAULO SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – EMERSON CARVALHO (ORLEY LOBATO) x TONY FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

Júnior Gusmão escalado para enfrentar Bruno Cunha no Jungle Classic Jiu-Jítsu

Famosos pelas brilhantes atuações nas competições de jiu-jítsu na década de 90, os faixas preta, Júnior Gusmão e Bruno Cunha tem um confronto marcado no Jungle Classic Jiu-Jítsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, marcado para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Fora dos tatames os atletas são amigos, mas dentro da área de luta, prevalece a rivalidade e o desejo de conquistar a vitória. “Quem me conhece sabe que sempre lutei para frente. Meu oponente também sempre foi um lutador aguerrido, portanto, tenho certeza que vai ser um bom duelo. Estou bem focado, treinando tanto minha parte técnica como a física para fazer uma luta bem movimentada e promover um grande espetáculo para o público presente”, declarou Gusmão.

Atleta do Clube Pina, local considerado “celeiro de campeões”, Júnior iniciou os treinos na extinta Agenor Alves, sob o comando do mestre Ulisses Paixão. A trajetória na luta rendeu medalhas e títulos cobiçados entre os atletas da época.

“Treinei efetivamente de 1993 a 2000. Depois me dediquei aos meus estudos e trabalho. Retornei em 2010, quando conquistei medalhas em competições nacionais e internacionais. Hoje os meus treinos são voltados para manter a saúde e a forma física”, revelou.

Para o lutador, a ‘arte suave’ ensina mais que técnicas de lutas, ensina o atleta a ter disciplina. “Costumo dizer que o BJJ é mais que uma arte, é um estilo de vida, onde você, durante os treinos, fortalece não só o corpo, mas a mente. Além disso, seu psicológico permanece preparado para encarar as batalhas e desafios da vida”, explicou.

O adversário de Gusmão, Bruno Cunha, comanda o projeto social ‘Mulecada’, filiada à Carlson Gracie e que conta com 40 crianças. Em meio às aulas destinadas a crianças e adolescentes, Cunha tem intensificado os treinos, de olho no título. “O Júnior Gusmão é meu irmão do jiu-jítsu. Nunca lutamos e acho que muita gente quer assistir essa luta, pois vai ser um grande combate. Eu tenho me dedicado aos treinos, estou fazendo musculação de manhã e treinando o jiu-jítsu à noite”, relatou.

Mostrando que talento é coisa de família, Bruno começou a treinar em 1988, aos oito anos idade, por influência do irmão Ney Cunha, famoso por conquistar grandes títulos na modalidade. O caçula da família Cunha, logo se despontou na arte suave, com grandes conquistas, sendo eleito, inclusive, o melhor atleta de sua categoria, em 1999. O título mais recente, foi em 2016, em um importante campeonato internacional, realizado no Ceará.

Participar do Jungle Classic, faz Bruno relembrar momentos marcantes, como o Campeonato Amazonense de 1998, quando o atleta era patrocinado pela empresa Arisco e, após a vitória, distribuiu bonés no ginásio do Colégio Militar, levando a torcida à loucura. “O jiu-jítsu representa muito para mim. É incrível ver minha família sempre unida nas competições. A luta sempre me proporcionou momentos importantes, como as disputas nos campeonatos e as amizades adquiridas ao longo dos tempos”, finalizou.

Ingressos – Os bilhetes ao preço de R$ 100 (Cadeira Vip) e R$ 1.000 (Mesa com oito lugares), podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – PAULO SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – EMERSON CARVALHO (ORLEY LOBATO) x TONY FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

 

Magdalena Arce Daou terá três competições de artes marciais nesse sábado (03/11)

As artes marciais irão dominar o Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou (bairro Santo Antônio, zona oeste), neste sábado (03/11), a partir das 8h, com a realização de três eventos na área de lutas, que são o 17° Eco Open de Taekwondo, o 6° Campeonato Amazonense de Poomsae e o 3° Festival Curumim de Taekwondo.

Com a participação de aproximadamente 120 atletas nos três eventos, a maioria está inscrita para o 17º Eco Open de Taekwondo, que terá esportistas de todas as faixas, além de servir de seletiva para a Copa do Brasil da modalidade, na categoria faixa preta. Em seguida está o 3º Festival Curumim, que contará com lutas simuladas, para crianças de até 11 anos. O 6º Amazonense de Poomsae, teve o menor número de inscritos.

Calendário – Para o professor Raimundo Gomes, que esteve 20 anos à frente da Federação, estas competições são importantes para o crescimento e divulgação do esporte.

“Os eventos fazem cumprir o calendário da Federação com relação às seletivas e são importantes para que o público crie familiaridade com o esporte e assim novos adeptos surjam, levando o esporte à outros patamares, apesar das dificuldades”, conta.

Premiação – Todos os eventos irão premiar com medalhas os seus participantes, do primeiro ao quarto lugar de cada categoria individual. Nas competições coletivas, serão premiadas com troféus as equipes da primeira à quinta colocação.

Poomsae – O Poomsae é uma modalidade que necessita de um alto domínio do praticante sobre si mesmo. Sua tradução significa “fórmulas ou “formas”, e é praticado tradicionalmente nas artes marciais coreanas. Sua prática consiste em uma luta imaginária, com movimentos de ataque e defesa, caracterizada pelo equilíbrio entre o corpo e a mente, como o Kata, do karatê.

FOTOS: MAURO NETO/SEJEL

Inscrições para o Grand Slam de Jiu-Jitsu Esportivo encerram no dia 20 de novembro

Os atletas interessados em participar do Grand Slam Jiu-Jitsu Esportivo, precisam ficar atentos ao prazo de inscrição do evento, que encerra no dia 20 de novembro. A competição organizada pela Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Esportivo (FAJJE), acontecerá no dia 24 de novembro, a partir das 9h, no Ginásio Ninimberg Guerra, localizado no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus.

Segundo o presidente da federação, Luis Neto, por ser a última competição do calendário da FAJJE, os atletas não precisarão apresentar apenas a carteira da FAJJE, a inscrição é aberta para lutadores filiados a qualquer federação ou confederação de jiu-jitsu. “Para o atleta participar do Grand Slam, o atleta não precisa estar federado apenas a FAJJE, os lutadores podem apresentar carteira de filiação de qualquer outra federação estadual, nacional ou internacional”, explicou.

A competição contará com todas as categorias, do Pré-Mirim ao Sênior, da faixa branca à faixa preta, no masculino e feminino. A disputa vale pontos no ranking da FAJJE, além de premiar em dinheiro as equipes campeãs e os campeões Absolutos.

As inscrições no valor de R$ 50 para um evento e R$ 80 para os dois eventos (GI e NoGi), podem ser feitas na sede da federação. Mais informações sobre o evento através dos telefones (92) 99117-5444/3088-7710 ou no endereço eletrônico www.fajje.com.br

Josafá Junior ou Ângelo Carioca? Façam suas apostas para o Jungle Classic Jiu-Jítsu

Considerados ícones do jiu-jítsu amazonense, Josafá Júnior e Ângelo Carioca tem confronto marcado na segunda edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu – O Despertar dos Grandes Guerreiros, marcado para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Josafá começou a treinar em 1997, com o mestre Júnior Cardoso, onde foi graduado da faixa branca à preta. A trajetória na luta inclui conquistas, regionais, nacionais e internacionais. “O jiu-jitsu marcou minha vida, me agraciou com amizades verdadeiras, como a do meu mestre, Júnior Cardoso, que é um irmão para mim, um exemplo de atleta e pessoa a seguir. Através da luta, também tive a oportunidade de conhecer muitos lugares, principalmente por conta das viagens para competir o Mundial. Eu sempre falo que as melhores coisas vão desde um bom treino até grandes competições. Foram os melhores momentos da minha vida. Hoje tenho amigos/irmãos que estarei ao lado por toda vida”, relatou.

Passada de pai para filho, a paixão pela luta pode ser reconhecida em Leonardo Aranha que, com apenas oito anos de idade, já dá os primeiros passos na modalidade ao lado de Josafá. “O jiu-jítsu entrou na minha vida e nunca mais saiu, ele faz parte de mim. Jamais deixarei de vestir meu kimono. Sempre sonhei ter um filho e estar no mesmo dojo que ele, e esse sonho está sendo realizado”, afirmou.

Conhecido entre os amigos como “Choquinho”, Josafá vem de vitórias recentes em competições internacionais realizadas nos Estados Unidos, onde passou uma temporada. “Estou contando os dias para entrar no dojo e fazer o meu melhor. Estou treinando muito e a minha família “Team Cardoso” está me dando todo o apoio, principalmente o meu amigo Alex Sales, que está se dedicando inteiramente ao meu treinamento. Com certeza farei uma grande luta”, declarou.

Embora sejam figuras veteranas da arte suave amazonense, é a primeira vez que Josafá Júnior e Ângelo Carioca se enfrentarão. “Será a primeira vez que enfrentarei o “Choquinho”. É uma grande honra lutar com ele que, inclusive, é meu amigo pessoal, mas lá dentro do tatame a coisa muda de figura. Venho treinando arduamente para esta luta, superando minhas dores e lesões. Estou ansioso para participar deste grande evento”, revelou Ângelo Carioca.

O líder da equipe Carioca Team é famoso por revelar campeões. “Já formei 22 campeões Mundiais, dentre eles Adriano Martins, Andreza Façanha, Ivaniel Oliveira, Irmerson Oliveira, Fernando Vieira, Ricardo Cavalcante, Rhadames Gerber, Davina Maciel, Edilberto Júnior, Leonardo Ramos, Ayres Neto, entre outros”, explicou.

Ângelo, que é faixa preta 4º grau de jiu-jítsu, tem uma vasta experiência nas competições da modalidade e também atua como diretor de arbitragem da Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas (FJJAM), além de ser árbitro da Confederação Brasileira de Jiu-Jítsu (CBJJ). “Este esporte é minha vida, onde eu respiro e o respeito a ponto de eu seguir como profissão, onde levo o sustento de meus filhos e me proporciona uma grande qualidade de vida”, relatou.

Apesar da grande paixão pela arte suave, Carioca revela que já passou momentos difíceis, onde pensou em desistir. “Um dos momentos mais marcantes foi quando eu perdi meu pai, Francisco de Assis, que faleceu com leucemia. Eu não tinha cabeça para treinar e nem dar aulas. Foi quando surgiu um convite para uma importante competição. Eu lutei e fui campeão, dediquei minha vitória ao meu pai, com muito carinho e orgulho. Posso dizer que ganhei por permissão de Deus e para meu herói. Eu sei que estava sem condições psicológicas para lutar, mas Deus me honrou e eu honrei meu pai”, finalizou.

Ingressos – Os bilhetes ao preço de R$ 100 (Cadeira Vip) e R$ 1.000 (Mesa com oito lugares), podem ser adquiridos na sede da FAJJPRO, localizada na Rua C – 10 , nº 1.490, bairro Japiim 2, zona Sul de Manaus, ou no Fast Temaki, localizado na Avenida Mário Ypiranga, nº 1.300, Parque Dez de Novembro. Maiores informações pelo telefone (92) 988234840.

Encarada oficial e coletiva de imprensa – A coletiva de imprensa e encarada oficial dos lutadores está marcada para este sábado (10/11), às 10h, no Fast Temaki, localizado na Avenida Mario Ipiranga, n. 1.300, bairro Parque Dez, zona Centro-Sul da cidade.

Confira o Card

1 – FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

2 – ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS PAULO CHRISTIAN (EQUIPE SHOK)

3 – BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

4 – SERGIO (ORLEY LOBATO) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7/MASCARENHAS)

5 – EMERSON BECHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

6 – FERNANDO SOARES (ORLEY LOBATO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

7 – ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

8 – JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO) VS DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO)

9 – HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

10 – ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

11 – MARCOS PACHECO (EQUIPE 7 / MANFIGHT) x TONU FERREIRA (WHITE HOUSE)

12 – ALLAN CAMPELO (NOVA UNIÃO/EQUIPE 7MASCARENHAS) VS FRANK FRANCO (GRACIE HUMAITÁ)

13 – ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

14- WALDENES MASSULO (MONTEIRO) VS HÉLIO RESENDE (STUDIO HR/CHECKMAT)

FJJAM está com inscrições abertas para a Copa Arthur Neto de Jiu-Jitsu “Gi & No-Gi”

A Federação de jiu-jitsu do Amazonas está com inscrições abertas para a Copa Arthur Neto de Jiu-Jitsu “Gi e Nogi, que acontecerá no dia 2 de dezembro, a partir das 9h, na Arena Amadeu Teixeira, bairro Flores, Zona Oeste de Manaus.

A competição contará com todas as categorias, do Pré-Mirim ao Sênior, da faixa branca à faixa preta, no masculino e feminino. A disputa vale pontos no ranking da FJJAM.

As inscrições no valor de R$ 50, podem ser feitas até o dia 24 de novembro, na sede da federação, localizada na Lagoa do Japiim, no horário de 14h às 20h.  Informações: 92 981217540.