• Home
  • Lutadores manaquirienses dão show de combate no interior do Amazonas

Lutadores manaquirienses dão show de combate no interior do Amazonas

Com um público de aproximadamente quatro mil pessoas, o ginásio José Lins, em Manaquiri, município distante 60 quilômetros em linha reta de Manaus, teve as arquibancadas lotadas para apresentar os lutadores manaquirienses que deram um verdadeiro show de MMA no Manaquiri Fight Combat (MFC), realizado na noite do último sábado (31), comprovando a cidade como um celeiro de campeões.

Fotos: Lorena Furtado

Os combates tiveram início com a luta entre o local, “Pequeno Moica” e o manauara Braia Andrade, que protagonizaram um duelo eletrizante, de três rounds bastante movimentado e que acabou coroando o “dono da casa”, “Pequeno Moica” como campeão por decisão dividida, levando a torcida ao delírio.

Fotos: Lorena Furtado

Apoiado pelos gritos da torcida, Elson “Monstrinho”, só precisou de 1m46seg para derrotar Erismar Soares por nocaute técnico. Arneison “Fúria” também entrou para o time de campeões da cidade, ao derrotar Deuberto “Soldado” por nocaute técnico aos 3m47seg do primeiro round.

Luiz do “Bronx” completou o time de campeões, ao finalizar Lucas Almeida com uma americana, aos 1m56 do primeiro round. Em um dos combates mais emocionantes da noite, a Comissão Atlética de MMA (CAMMA-AM), acabou declarando o empate entre Henrique Santos e Arthur Fernando.

Na luta principal do evento, Felipe “Monster” (Katros) venceu Luan “Pedra” (Leão de Judá Fight Team), por nocaute técnico aos 2m12 do primeiro round. No único combate feminino, Rafaela Faranche derrotou Hannyê Watson, por nocaute técnico aos 3m10 do segundo round.

Fotos: Lorena Furtado

Mostrando um jiu-jitsu afiado, os atletas Wilson Cirilo, Alex “Malandrinho” e Patrick “Pitbul” esbanjaram técnica. Wilson Cirilo finalizou Felipe Silva com um mata-leão aos 1m21 do segundo round. Alex “Malandrinho” finalizou Fabio Lima com uma guilhotina aos 3m53 do segundo round e Patrick “Pitbul” finalizou Joao Gabriel com uma guilhotina aos 3m4seg do terceiro round.

Diante de tantos nocautes e finalizações, os empresários Jeferson de Paula e Neto Façanha, tiveram dificuldade para escolher os atletas destaques do evento, para lutar no Top Fight Manaus, marcado para junho, em Manaus. “Ficamos surpresos com o nível técnico dos lutadores. Está difícil escolher, são muitos talentos. Essa noite de lutas mostrou que os municípios do Amazonas têm bastante lutador com muito potencial”, declarou Jefferson.

Fotos: Lorena Furtado

Feliz com o sucesso da primeira edição do MFC, os organizadores Ed “Gorila” e Patrick de Paula, já pensam na segunda edição. “O Manaquiri Fight Combat superou todas as expectativas. A população de Manaquiri e municípios vizinhos vieram conferir esse grande evento. Em novembro vamos trazer algo muito maior para essa cidade, a segunda edição vai entrar para a história de Manaquiri”, relatou Ed “Gorila”.

Satisfeito com a repercussão do evento, o prefeito da cidade, Jair Souto, confirmou compromisso com o esporte e a realização dos grandes eventos em Manaquiri. “Sabemos que o esporte é importante para a sociedade, traz disciplina e resgata os sonhos, por isso nosso apoio total ao esporte. Todo mês estamos realizando um grande evento na cidade, o Super Chef foi um sucesso, agora foi a vez do MFC e no próximo mês vamos realizar o Expo Manaquiri”, relatou o prefeito.

 

Confira o resultado completo:

– Pequeno Moica venceu Braia Andrade por decisão dividida

– Wilson Cirilo venceu Felipe Silva por finalização (mata-leão) aos 1m21 do 2º round

– Rafaela Farach venceu Rhannier Woston por nocaute técnico aos 3m10 do 2º round

– Alex “Malandrinho” venceu Fabio Lima por finalização (guilhotina) aos 3m53 do 2º round

– Patrick Pitbul venceu Joao Gabriel por finalização (guilhotina) aos 3m4seg do 3º round

– Arthur Fernando e Henrique Santos empate

– Elson Monstrinho venceu Erismar Soares por Nocaute técnico aos 1m46seg do 1º round

– Arneison Fúria venceu Deuberto Soldado por nocaute técnico aos 3m47seg do 1º round

– Luiz do Bronx venceu Lucas Almeida por finalização (americana) aos 1m56 do 1º round

– Felipe Monster venceu Luan “Pedra” por nocaute técnico aos 2m12 do 1º round

Deixe uma resposta

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter