Confira o resultado oficial do Jungle Classic Jiu-Jítsu

Com um público seleto e repleto de personalidades do Estado e da arte suave no Amazonas, o Jungle Classic – O Despertar dos Grandes Guerreiros comprovou que veio para ficar no calendário de eventos esportivos mais sofisticados do Amazonas. No tatame, 28 ícones do jiu-jítsu protagonizaram um verdadeiro espetáculo de lutas, ocorridas na noite da última sexta feira (23/11), no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

No primeiro combate da noite, Fábio Pinheiro (Pina) venceu Ary Lobo (Carlson Gracie) por uma vantagem. Na sequência, foi a vez do líder da equipe Shok, Paulo Christian, derrotar Alcenor Alves, na decisão dos árbitros.

Em um dos combates mais acirrados da noite, Bruno Cunha (Carlson Gracie/ManFight) venceu Júnior Gusmão (Pina) por dois pontos, conquistados com uma brilhante raspagem. Victor Hugo (Equipe 7/Mascarenhas) também carimbou seu nome entre os melhores, ao finalizar Paulo Sérgio (Orley Lobato) com um relógio aos 2m37s.

Dawglish Souza (Pina) garantiu a vitória sobre Emerson Benchimol (All Brothers / ManFight) com uma queda, que lhe rendeu dois pontos. Já o atleta Fernando Soares (Orley Lobato) derrotou Abraham Litaiff (Equipe 7 / Mascarenhas) na decisão dos árbitros. Josafá Junior (Team Cardoso) derrotou Ângelo Carioca (Carioca Team) no apertado placar de 2 a 1 vantagem. Deive Fonseca (MPBJJ/Nova União) manteve a invencibilidade sobre Jânio Rodrigues (Orley Lobato), vencendo por dois pontos, conquistados com uma raspagem. E, na sequência, outro duelo bastante aplaudido pelo público, entre Henrique Ramos (Equipe 7/Mascarenhas) e Marcos Paulo (Pina), na ocasião, quem acabou levando a melhor foi Ramos que finalizou Marcos com um armlock aos 5m01s.

Após 18 anos sem competir em Manaus, Arlisson Melo (Kimura) agraciou os espectadores com uma brilhante vitória. O filho do renomado atleta Cosme Dias, finalizou Anderson Benchimol (All Brothers / ManFight) com um relógio aos 4m05s (relógio). Tony Ferreira (White House) garantiu a vitória sobre Emerson Carvalho (Orley Lobato) com uma punição de seu adversário. Allan Campelo (Nova União/Equipe 7 Mascarenhas) venceu Frank Franco (Gracie Humaitá) por sete pontos. Entre Hélio Rezende (Studio HR/Checkmat) e Waldenes Massulo (Monteiro), quem levou a melhor foi o líder da HR Studio, que garantiu a vitória com uma americana aos 3m30s. No último combate da noite, Alessandro Guimarães (Valois Jiu-Jítsu) esbanjou técnica e preparo físico, finalizando Rogério Bessa (Monteiro) com um estrangulamento aos 5m05s.

Consolidado com o maior e melhor evento de lutas casadas do Brasil, o organizador do Jungle Classic, Bosco Júnior, anunciou para o primeiro semestre de 2019 a terceira edição da competição, que contará com duelos entre Maurício Titão e Júnior Cardoso, Leonidas Magalhãs e Carlos Araújo, Rodolfo Santana e Paulo Christian, entre outros.

“Para a próxima edição, o público pode esperar grandes combates. Eu vou buscar patrocínios para poder engradecer cada vez mais o evento, pois a falta desse apoio ainda é um problema para o esporte. Muita gente não acredita, mas estamos realizando e concretizando tudo para que os investidores possam ver que é um evento sério e de qualidade. Trabalhamos muito a marca do patrocinador. O Jungle Classic tem uma grande repercussão nacional e internacional, prova disso são as pessoas de outras capitais e países falando do evento, pois há um interesse muito grande do público amante de lutas. O evento veio para ficar”, declarou Bosco.

Confira o resultado

1 – Fábio Pinheiro (Pina) venceu Ary Lobo (Carlson Gracie) por vantagem (1 a 0).
2 – Paulo Christian (Equipe Shok) venceu Alcenor Alves (White House) na decisão dos árbitros.
3 – Bruno Cunha (Carlson Gracie/ManFight) venceu Júnior Gusmão (Pina) por pontos (2 a 0)
4 – Victor Hugo (Equipe 7/Mascarenhas) venceu Paulo Sérgio (Orley Lobato) por finalização aos 2m37s (relógio).
5 – Dawglish Souza (Pina) venceu Emerson Benchimol (All Brothers / ManFight) por pontos (2 a 0).
6 – Fernando Soares (Orley Lobato) venceu Abraham Litaiff (Equipe 7 / Mascarenhas) por decisão dos árbitros.
7 – Josafá Junior (Team Cardoso) venceu Ângelo Carioca (Carioca Team) por vantagem (2 a 1).
8 – Deive Fonseca (MPBJJ/Nova União) venceu Jânio Rodrigues (Orley Lobato) por pontos (2 a 0).
9 – Henrique Ramos (Equipe 7 / Mascarenhas) venceu Marcos Paulo (Pina) por finalização, aos 5m01s (arm-lock).
10 – Arlisson Melo (Kimura) venceu Anderson Benchimol (All Brothers / ManFight) por finalização, aos 4m05s (relógio).
11 – Tony Ferreira (White House) venceu Emerson Carvalho (Orley Lobato) – Uma punição.
12 – Allan Campelo (Nova União/Equipe 7 Mascarenhas) venceu Frank Franco (Gracie Humaitá) por pontos (7 a 0).
13 – Hélio Rezende (Studio HR/Checkmat) venceu Waldenes Massulo (Monteiro) por finalização, aos 3m30s (americana).
14 – Alessandro Guimarães (Valois Jiu-Jítsu) venceu Rogério Bessa (Monteiro) por finalização, aos 5m5s. (estrangulamento).

Jungle Classic Jiu-Jitsu revela atrações para a segunda edição

O idealizador do Jungle Classic Jiu-Jitsu, Bosco Junior anunciou o card da segunda edição do evento, marcada para o dia 23 de novembro, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n. 788, Vieralves, Bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus.

Assim como na primeira edição, a competição vai reunir veteranos do jiu-jitsu amazonense, conhecidos como ‘Geração Ouro”. No total serão 13 super combates protagonizados por grandes estrelas, que carimbaram seus nomes entre os melhores na década de 90.

Batizada de “O Despertar dos Grandes Guerreiros”, o organizador do evento, Bosco Junior espera superar as expectativas e aposta no card bem montado. “Quando iniciamos a primeira edição, já havia o projeto em dar continuidade à competição, então com a grande repercussão do evento, procuramos um título para dar sequência. Ao invés de números, queremos usar títulos e esse caiu muito bem, já que esse sucesso despertou o interesse de vários atletas renomados em participar dos combates. Eu vou trocando ideias com os amigos como Junior Cardoso, Alessandro Guimarães, Almério Augusto, entre outros, e vou tentando inserir para que tudo dê certo e possamos alcançar o resultado esperado”, explicou Bosco.

A única dúvida no card é a permanência do lutador Lisandro Barros, que sofreu uma contusão. Para o treinador Junior Cardoso, “Sandro deve ficar fora do combate. “O Sandro se machucou e eu decidi tirá-lo da competição. Ele queria lutar, mas eu achei melhor ele se recuperar e lutar no próximo evento. O importante agora é a recuperação dele”, declarou o líder da Team Cardoso.

Ingressos e Informações: (92) 988234840.

Confira o Card

1- MARCOS VIANA (ALBERTO DOS SANTOS) VS LUIS ROCHA (HBJ)

2- FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

3- ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS LUIS CORDEIRO (PINA)

4- BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JUNIOR GUSMÃO (PINA)

5- HEBERSON BELCHIOR (BUDDHA JIU JITSU) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

6- EMERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

7- LISSANDRO BARROS (TEAM CARDOSO) VS ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

8- ANGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFA JUNIOR (TEAM CARDOSO)

9- DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO) VS JANIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO)

10- HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 / MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

11- ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

12- MARCOS PACHECO (EQUIPE 7 / MANFIGHT) x TONU FERREIRA (WHITE HOUSE)

13- ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGERIO BESSA (MONTEIRO)

 

Em clima de descontração, lutadores fazem encarada para o Jungle Classic Jiu-Jitsu

O clima leve prevaleceu neste sábado (12), no Fast Temaki, localizado na localizada na Av. Mario Ipiranga, bairro Parque Dez, Zona Centro-Sul de Manaus. Os lutadores do Jungle Classic esbanjaram bom humor, sorriram durante as encaradas e até fizeram brincadeiras.

Bastante empolgados com o evento, os lutadores trocaram elogios e falaram da expectativa para os combates.  “Eu fico muito feliz por ser escolhido para lutar este grande evento, é uma honra enfrentar o Rogerio Ribeiro, pois eu o admiro como lutador e como pessoa”, relatou Zacarias Neto.

Há 14 anos sem competir, o lutador Mario “Bingola” retorna aos tatames para enfrentar Junior Cardoso. Essa será a segunda vez que os lutadores se enfrentam. No primeiro duelo, realizado há 25 anos atrás, Cardoso acabou derrotando Bingola. “Me sinto muito feliz pela oportunidade de participar do evento e honrado em lutar com um grande atleta como o Junior Cardoso que é um faixa preta respeitado. Independente do resultado, quem ganha com essa luta é o público, que vai poder prestigiar um grande combate”, explicou.

De acordo com o idealizador do Junge Classic, Bosco Junior, a realização do evento é um sonho concretizado. “O Jungle Classic vem para resgatar a história do jiu-jitsu no Amazonas. Esse era um projeto que eu tinha e graças a Deus saiu do papel. O público vai poder prestigiar um grande espetáculo de luta e essa será a primeira de muitas edições”, declarou.

 

Com 12 lutas casadas, o evento está marcado para o dia 1º de junho, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, situado na Rua Rio
Javari, 788, bairro Nossa Senhora das Graças.

Ingressos

Os ingressos ao preço de R$ 100 cadeira vip e R$ 1.000 mesa com oito lugares.

Pontos de Vendas

– Sede da Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, n. 1490, bairro Japiim 2. Informações: (92) 988234840.

– Fast Temaki Parque 10, Localizado na Avenida Mário Ipiranga (antiga Recife), bairro Parque 10, em frente à Delegacia da Mulher.

Confira o card:

– Orley Lobato (Orley Lobato) VS Luis Pinto (HBJ)

– Charles Bastos (Charles Bastos BJJ) VS Celio Pedrosa (Academia Live)

– Mauricio Titão (HBJ) VS Daniel Freitas (N.U. Freitas)

– Cid Cley (Valois) VS José Augusto (Orley Lobato)

– Rodolfo Sant’Anna (Bronx/TTG) VS Cleudo Caldas (Pina)

– Zacarias Neto (AJ Jiu-Jitsu) VS Rogerio Ribeiro (Luis Neto)

– Emerson Carvalho (Orley Lobato) VS Matheus Segadilha (Monteiro)

– Marcio Pontes (N.U.MPBJJ) VS Eduardo Ramos (Equipe 7)

– Amois Lira (Omar Salum) VS Agno Junior (Team Cardoso)

– Junior Cardoso (Team Cardoso) VS Mario Bingola (Mario Bingola JJ)

– Marcos Valle (Paulo Coelho) VS Alessandro Guimarães (Manifight JJ/Brother AmazonJJ)

– Fredson Alves (Ribeiro JJ) VS Péricles Júnior (Anibal JJ)

Confira o álbum de fotos 

https://www.facebook.com/pg/nopodio/photos/?tab=album&album_id=2058212267834277

Amóis Lira enfrenta Agno Júnior e se anima com a chance de revanche no Jungle Classic Jiu-Jitsu

Depois de quase duas décadas, os lutadores Amóis Lira e Agno Júnior voltarão a se enfrentar no duelo de lutas casadas. O encontro será no Jungle Classic Jiu-jítsu, que acontece no dia 1 de junho, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, nº 788, Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Inicialmente Amós enfrentaria Arlison Melo “Kiki”, que deixou o card devido a uma proposta profissional no exterior. Com a saída do representante da academia Kimura, o novo escalado foi Agno Júnior. O confronto deixou o atleta da equipe Omar Salum animado, já que na última vez que os lutadores se enfrentaram no duelo de jiu-jitsu sem kimono, Amóis acabou perdendo.

 “Eu venho de uma derrota para o Agno e tenho certeza que será uma super luta, estamos mais experientes, então vai ser um combate emocionante”, declarou.

Amóis começou a treinar em 1995, na academia Paulo Coelho, onde foi graduado desde a faixa branca até à faixa preta. Com a ida de Paulo Coelho para os Estados Unidos, Amóis compõe a equipe Omar Salum.

O lutador sempre foi figura participativa nos eventos de luta. A paixão pela competição era tanta, que Amós conquistou 14 vezes o título de campeão Amazonense de jiu-jítsu. “Na primeira vez que lutei, enfrentei um atleta de Manacapuru. Fiz uma pontuação de 12 a 0, mas faltando menos de dois minutos para acabar a luta, ele encaixou uma chave de joelho e eu não queria desistir. Consegui sair do golpe encaixado e ganhei. Meu joelho ficou lesionado e eu ainda fiz a luta final, me sagrando campeão”, relatou.

O ritmo de competições foi interrompido no ano de 2006 para cursar Educação Física, retornado as competições apenas em 2016. “No ano que retornei, lutei cinco campeonatos e conquistei quatro títulos de campeão e um vice. Também participei do Campeonato Sul-Americano, em 2017.Depois disso minha mãe faleceu e eu perdi a motivação para treinar. Após cinco meses o Bosco me fez o convite para o duelo e eu decidi aceitar”, explicou.

Ingressos

Os ingressos ao preço de R$ 100 cadeira vip e R$ 1.000 mesa com oito lugares.

Pontos de Vendas

– Sede da Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, n. 1490, bairro Japiim 2. Informações: (92) 988234840.

– Fast Temaki Parque 10, Localizado na Avenida Mário Ipiranga (antiga Recife), bairro Parque 10, em frente à Delegacia da Mulher.

Confira o card:

– Orley Lobato (Orley Lobato) VS Luis Pinto (HBJ)

– Charles Bastos (Charles Bastos BJJ) VS Celio Pedrosa (Academia Live)

– Mauricio Titão (HBJ) VS Daniel Freitas (N.U. Freitas)

– Cid Cley (Valois) VS José Augusto (Orley Lobato)

– Rodolfo Sant’Anna (Bronx/TTG) VS Cleudo Caldas (Pina)

– Zacarias Neto (AJ Jiu-Jitsu) VS Rogerio Ribeiro (Luis Neto)

– Emerson Carvalho (Orley Lobato) VS Matheus Segadilha (Monteiro)

– Marcio Pontes (N.U.MPBJJ) VS Eduardo Ramos (Equipe 7)

– Amois Lira (Omar Salum) VS Agno Junior (Team Cardoso)

– Junior Cardoso (Team Cardoso) VS Mario Bingola (Mario Bingola JJ)

– Marcos Valle (Paulo Coelho) VS Alessandro Guimarães (Manifight JJ/Brother AmazonJJ)

– Fredson Alves (Ribeiro JJ) VS Péricles Júnior (Anibal JJ)

Jungle Classic vai trazer confronto entre veteranos do  Jiu-Jitsu

Eles fizeram história no jiu-jitsu. Conquistaram títulos, disseminaram a arte suave no Amazonas e colocaram o Estado em evidência. Os lutadores veteranos serão homenageados no Jungle Classic Jiu-jitsu, marcado para o dia 1º de junho, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, nº 788, Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro-Sul de Manaus.

O clássico do Brasilian Jiu-jitsu vai reunir algumas das maiores lendas vivas do jiu-jitsu amazonense e contará com um card de 12 lutas. Os atletas escalados para lutar no Jungle Classic, foram selecionados por um grupo de lutadores faixas-pretas, chamados de ‘Geração de ouro’.

Em uma das lutas mais esperadas, o líder da N.U.MPBJJ, Márcio Pontes, 41, vai encarar Eduardo Ramos (Equipe 7). Essa será a segunda vez que os atletas se enfrentam, na primeira, Eduardo que era estreante na faixa preta, acabou levando a vitória por 2 pontos. “Gostei da iniciativa do Bosco, de reunir este grupo seleto de lutadores que revolucionou o jiu-jitsu moderno entre os anos 1990 a 2000. Espero mostrar o melhor do jiu-jitsu profissional”, declarou.

Para Luis rocha, 49, que enfrentará Orley Lobato,  voltar aos tatames para competir, é relembrar os bons tempos. “Fiz grandes lutas, mais teve uma especial, onde lutei com o Marcelo Palmito, da Academia Monteiro. Todos falavam que ele era imbatível, eu fui lá e consegui vencê-lo. Foi uma honra lutar com esse Guerreiro”, destacou.

Para o professor de jiu-jitsu, Cleudo Caldas, 41, o combate contra Rodolfo Sant’Anna, no Jungle Classic, vai servir para inspirar os alunos nas diversas competições. “Me sinto honrado com o convite para participar deste grande evento. O fato de lutar para os meus alunos verem, me deixa ainda mais motivado. A expectativa é grande para fazer uma boa luta e lógico buscar a vitória”, explicou.

Cleudo, possui uma academia filiada ao Clube Pina, localizada no condomínio Eliza Miranda, onde dá aulas para aproximadamente 70 alunos, entre crianças e adultos. “Fomos praticamente adotados pela grande família Agenor Alves, através do mestre Pina e Ulisses Paixão”, revelou.

De acordo com o idealizador do evento, Bosco Jr., o objetivo é resgatar a história do jiu-jitsu amazonense, reunindo lutadores renomados para mostrar a nova geração, o jiu-jitsu de raiz. “ O Jungle Classic vem para mostrar quem foram os atletas que fizeram história no Amazonas. Vamos abrilhantar este evento com esses veteranos dando show”, relatou.

Ingressos

Os ingressos ao preço de R$ 100 cadeira vip e R$ 1.000 mesa com quatro lugares, podem ser adquiridos na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, n. 1490, bairro Japiim 2. Informações: (92)

Confira o card:

– Orley Lobato (Orley Lobato) VS Luis Pinto (HBJ)

– Charles Bastos (Charles Bastos BJJ) VS Celio Pedrosa (Academia Live)

– Mauricio Titão (HBJ) VS Daniel Freitas (N.U. Freitas)

– Cid Cley (Valois) VS José Augusto (Orley Lobato)

– Rodolfo Sant’Anna (Bronx/TTG) VS Cleudo Caldas (Pina)

– Zacarias Neto (AJ Jiu-Jitsu) VS Rogerio Ribeiro (Luis Neto)

– Emerson Carvalho (Orley Lobato) VS Matheus Segadilha (Monteiro)

– Marcio Pontes (N.U.MPBJJ) VS Eduardo Ramos (equipe 7)

– Amois Lira (Omar Salum) VS Agno Junior (Team Cardoso)

– Junior Cardoso (Team Cardoso) VS Mario Bingola (Mario Bingola JJ)

– Marcos Valle (Paulo Coelho) VS Alessandro Guimarães (Manifight JJ/Brother AmazonJJ)

– Fredson Alves (Ribeiro JJ) VS Péricles Júnior (Anibal)

 

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter