Com show de técnicas e combates, veteranos fecham com chave de ouro o Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0

Com 16 super combates, foi realizada na noite desta sexta-feira (1°/11), a 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, competição que movimentou o cenário de lutas em Manaus. Focados no melhor resultado, os 32 competidores deram o sangue para conquistar a vitória e mostraram um show de técnicas e habilidade, tornando esta a melhor edição dos últimos tempos. O evento ocorreu no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul da capital.

Na primeira luta da noite, Beto Albuquerque (Valois) venceu Luís Pinto (HBJ) por 2 a 0, pontuação esta conquistada após uma queda. Em seguida, foi a vez de Luís Neto (LN Lifestyle) vencer Tom Agra (HBJ), por decisão dos árbitros. Já o representante da equipe Team Sidney Lima, Roterdan de Abreu, garantiu a vitória sobre José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu) por um placar de 2 a 0, conquistados com uma queda.

Em um dos combates mais emocionantes da noite, Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu) venceu Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) por duas vantagens. Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) e Luiz Mário (Monteiro) também carimbaram os nomes entre os melhores, em uma luta que terminou sem pontuação. No fim dos seis minutos, os jurados optaram por dar a vitória ao representante da Ribeiro JJ.

Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight) venceu Ret Viana (Ret Viana) na decisão dos árbitros e Robert Castro (GFTeam Norte Fight) garantiu a vitória sobre Gláucio Mendonça (Acopajam) por uma vantagem. Da mesma forma fez Mário Bingola (Mário Bingola), que levou a melhor sobre Daniel Freitas (CF Daniel Freitas), por uma vantagem.

Extremamente movimentada, a luta entre Fúlvio Lobo (Monteiro) e Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) levou o público ao delírio. Na ocasião, Alysson acabou fraturando o nariz, obrigando os médicos a interromperem o combate. Já o representante da equipe Aníbal Jiu-Jítsu, André Zulú, derrotou Jânio Rodrigues (Orley Lobato) por duas vantagens.


A luta polêmica entre Mauro Moura (AJ Jiu-Jítsu) e Maurício Titão (HBJ) teve como resultado a desclassificação do representante da HBJ, que aplicou um golpe considerado ilegal na competição. Alex Muceda (Aníbal) venceu Emerson Carvalho (Orley Lobato) na decisão dos árbitros. Dawglish Souza (Pina) e Dinor Castelo Branco (AJ Jiu-Jítsu) esbanjaram técnica e resistência. A vitória, por decisão dos jurados, acabou ficando com Dawglish.

Mostrando que talento é coisa de família, Abrahim Júnior (Monteiro) derrotou Josafá Júnior (Team Cardoso) com uma queda, que lhe renderam dois pontos. Somando a alegria da Monteiro, Anderson Lobato venceu Júnior Cardoso (Team Cardoso) na decisão dos árbitros. Na luta mais esperada da noite, José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) e Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu), protagonizaram um verdadeiro espetáculo de jiu-jítsu para o público. Como resultado, ‘Gato’ sagrou-se campeão após Fredson receber uma punição.

Confira os resultados

1 – Beto Albuquerque (Valois) venceu Luís Pinto (HBJ) por pontos (2 a 0)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) venceu Tom Agra (HBJ) na Decisão dos árbitros

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) Venceu José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu) por pontos (2 a 0)

4 – Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu) venceu Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) por  vantagem (2 a 0)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) venceu Luiz Mário (Monteiro) na decisão dos árbitros

6 – Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight) venceu Ret Viana (Ret Viana) na decisão dos árbitros

Robert Castro (GFTeam Norte Fight) venceu Gláucio Mendonça (Acopajam) por vantagem ( 1 a 0)

8 – Mário Bingola (Mário Bingola) venceu Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) por  vantagem (1 a 0)

9 – Fúlvio Lobo (Monteiro) venceu Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) por interrupção médica

10 – André Zulú (Aníbal JJ) venceu Jânio Rodrigues (Orley Lobato) por vantagem (2 a 0)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) venceu Maurício Titão (HBJ) por desclassificação

12 – Alex Muceda (Aníbal) venceu Emerson Carvalho (Orley Lobato) na decisão dos jurados

13 – Dawglish Souza (Pina) Venceu Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu) na decisão dos árbitros

14 – Abrahim Júnior (Monteiro) venceu Josafá Júnior (Team Cardoso) por pontos ( 2 a 0)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) venceu Junior Cardoso (Team Cardoso) na decisão dos árbitros

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) venceu Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu) por punição (-1 )

 

Foto de capa: Lorena Furtado

Fotos: Fabrícia Campos

Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0 contará com duelo entre Pedro Mardem e Alex Gil

Com um card de 32 lutadores a edição do Jungle Classic 4.0 promete incendiar o cenário das lutas em Manaus. Entre as feras escaladas para este lançamento, estão Pedro Mardem e Alex Gil. A dupla fará um dos combates mais esperados do evento, que acontece dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Há dois anos sem competir o atleta Pedro Mardem vem intensificando os treinos de jiu-jítsu de olho na vitória sob seu oponente. “Estou treinando desde que recebi o convite para lutar o evento. Pra mim, é uma honra participar desta competição grandiosa que surgiu para valorizar os lutadores veteranos do jiu-jítsu”, explicou.

Pedro Mardem e Alex Gil durante encarada do Jungle Classic Jiu-Jitsu                                                            Fotos: Fabi Campos/nopodio

Natural de Manaus, Mardem mudou para a cidade de Boa Vista (RR), onde construiu família e a carreira de sucesso. O faixa preta concilia a rotina profissional com as aulas de jiu-jítsu. “Estou defendendo a bandeira da GH Roraima. Foi aqui que eu construí família e fui acolhido com muito respeito, carinho e oportunidade”, revelou.

Casado e pai do João Antônio, revela como conheceu a arte suave. “Comecei A treinar em 1990, através de um grande amigo da família e excelente lutador e treinador Jiu-Jitsu, o Danilo Bauer. Foi ele que me apresentou ao saudoso e eterno professor Lucio Manax. Depois fui treinar com o Macelo Alves  e no decorrer dos anos tive grandes professores como Cristiano Carioca. Assim aprendi o Jiu-Jitsu Geração de Ouro”, declarou Mardem.

O adversário de Mardem, Alex Gil também fará sua estréia no Jungle Classic.

“Há quatro anos tenho treinado de domingo à domingo para desenvolver cada vez mais a minha técnica e a minha mente. Ao anunciarem este desafio, mantive minha rotina de treino e agora tenho contado inclusive com os treinamentos de wrestling do professor Waldeci Silva”, revelou.

Alex começou a treinar jiu-jitsu em 1994, na equipe Monteiro. “Treinei na Monteiro ao lado de grandes nomes da modalidade, como Antônio Neto, Wiliam Couto, Almério Augusto, Matheus Segadilha e Xande Ribeiro. Depois, passei dez anos afastado dos tatames por conta da carreira musical. Hoje represento a Ribeiro Jiu-jitsu e sou fundador da marca Take it Easy – Natural Jiu-Jitsu”, explicou.

Conciliando a vida de professor de jiu-jitsu, músico e publicitário, Alex revela a paixão pela luta. “Sou fascinado pelo estudo da arte suave. Vivo o jiu-jitsu 24 horas por dia. Considero inesquecível todos os dias que passo treinando com meus filhos e companheiros de equipe”, declarou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados:  Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

 

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0

1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

De volta às competições, Alysson Lima enfrenta Fúlvio Lobo no Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0

Após oito anos afastado das competições, Alysson Lima retorna aos tatames para enfrentar Fúlvio Lobo, em duelo inédito, na 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, marcado para o dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Estreante no evento, Alysson falou sobre a ansiedade em participar da competição. “Essa será a primeira vez que enfrentarei o Fúlvio. Ele é uma pessoa que eu sempre admirei, principalmente por seu modo de lutar. Estou me preparando com muita cautela para esse combate e sendo auxiliado por uma equipe de profissionais, pois venho de uma lesão. É um prazer fazer parte desse grandioso evento, então darei meu melhor para conquistar um bom resultado”, explicou.

Conciliando a rotina profissional (proprietário do Combinados Lanche), com os treinos de jiu-jítsu, Alysson falou sobre a paixão pela modalidade e como deu início aos treinos. “Eu comecei a praticar jiu-jítsu em 1989, no Clube Terraço, por influência do saudoso, professor Lúcio Menex. A arte suave sempre me ensinou coisas boas, inclusive a construir uma história de respeito aos adversários”, destacou.

O adversário de Alysson, Fúlvio Lobo também é estreante no evento. “ Fiquei sem competir durante muito tempo, salvo algumas participações em campeonatos pequenos por diversão. Essa será a primeira vez que enfrentarei o Alysson e estou treinando com muita intensidade. Espero fazer uma boa luta e conseguir um resultado positivo”, afirmou.

O veterano começou a treinar por incentivo da mãe, no ano de 1990, na equipe Monteiro. “Minha história é bem extensa, afinal de contas, são quase 30 anos de jiu-jítsu. São muitas alegrias, vitórias, amizades. Enfim, tive o privilégio de conquistar alguns títulos estaduais, regionais e nacionais”, contou.

Casado e pai da Giovanna, 14, e do Guilherme, 13, ele explica a importância da modalidade. “Jiu-jítsu é o esporte que amo, tenho a alegria de ter minha família envolvida no esporte. É um estilo saudável de vida, onde fazemos amizades que acabam se tornando família também”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Jungle Classic Jiu-Jítsu 4.0: Daniel Freitas encara Mário Bingola em super combate

Os veteranos Daniel Freitas, 44, e Mário Bingola, 47, tem um encontro marcado na 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, marcado para o dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Participando pela segunda vez do evento, o lutador Daniel Freitas está focado em buscar a vitória nesta edição. “Lutei a primeira edição e o saldo não foi positivo, já que não venci meu oponente. Agora estou muito focado no treinamento, tanto na parte física, quanto na técnica, e cuidando da alimentação também. Tenho certeza que vai dar tudo certo”, explicou.

Há 29 anos praticando a “arte suave”, o lutador falou que conheceu o jiu-jítsu em 1990, por meio do cunhado. “O namorado da minha irmã era um dos maiores lutadores da década de 90, o Ronald Cordeiro (Roninho). Nessa época eu era brigão e ele me convidou para ver o treino na HBJ. Comecei a treinar na academia do Mestre Humberto, sempre sob o comando do professor Jorge Williams, o Lilinho. Me apaixonei pela arte suave, mas acabei mudando para a equipe NV, com o mestre Nonato Machado. Participei de diversos campeonatos dentro e fora do Estado, sempre conquistando importantes títulos. Hoje, eu tenho meu próprio Centro de Treinamento de Lutas Daniel Freitas”, contou.

Considerado um dos maiores astros da luta no Amazonas, Daniel falou da importância da modalidade em sua vida. “O jiu-jítsu representa um estilo de vida, de superação e paixão. Me ajudou a enfrentar fases difíceis na vida e me motiva todos os dias a continuar lutando, porque sempre tem uma maneira de vencer, seja no esporte ou na vida”, ressaltou.

Quem também retorna à competição é o lutador Mário Bingola. O faixa preta vem de uma derrota para Júnior Cardoso na 1° edição do evento. “Infelizmenre não conquistei o resultado desejado na outra edição, então nessa estou empenhado em alcançar a vitória . Essa será a primeira vez que lutarei contra o Daniel e tenho certeza que será um ótimo combate. Estou treinando duro, fazendo inclusive o treino funcional para melhorar o condicionamento”, afirmou.

Pai da Graci Helena, 17, Bingola foi considerado na década de 90, um dos maiores nomes do jiu-jítsu amazonense. “Participei de muitas competições importantes e lutei com grandes lutadores conhecidos internacionalmente. A luta é muito importante para mim. Acredito que a arte gera a mudança de vida e pensamento a qualquer pessoa que procura a prática do esporte de forma saudável”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o FastTemaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Em duelo de campeões, Josafá Júnior e Abrahim Júnior se enfrentam no Jungle Classic Jiu-Jítsu 4

O desafio entre o campeão da 2a edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, Josafá Júnior, e o campeão da 3a edição, Abrahim Júnior, promete incendiar mais uma vez a competição, marcada para o dia 1° de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Conhecido entre os amigos como “Choquinho”, Josafá estreou o Jungle Classic com vitória por pontuação (2 a 0), diante do veterano Ângelo Carioca. Para este desafio, o faixa preta vem intensificado o treinamento, sob o comando do experiente Júnior Cardoso. ”Minha preparação está sendo feita da melhor forma possível, com meu mestre Júnior Cardoso e meus irmãos de treino me auxiliando muito. Lutei a segunda edição e graças a Deus saí com a vitória, espero me sagrar campeão em mais este evento”, afirmou.

Casado e pai da Emilly, 18, Leonardo, 9, Pietra, 7, e Arthur, de apenas um ano, Josafá concilia a vida esportiva e a rotina de trabalho como empresário. “ Minha atividade profissional toma muito meu tempo, mas sempre arranjo uma hora para treinar. O jiu-jítsu entrou na minha vida e nunca mais saiu, ele faz parte de mim. Jamais deixarei de vestir meu kimono”, destacou.

No ano de 1997, Josafá deu início aos treinamentos com o mestre Júnior Cardoso, onde foi graduado da faixa branca à preta. De acordo com Josafá, a trajetória nos tatames rendeu lhe muito mais que títulos. “O jiu-jítsu me proporcionou momento incríveis. Muitas histórias e lembranças boas de competições fora do estado, superação em lutas, amizades, resenhas pós-treinos, clima, apartamento com 20 competidores dividindo o chão. Tempos bons que não voltam mais”, revelou.

Campeão da terceira edição, quando derrotou Vagner Ferreira, o adversário, de Josafá, Abrahim Júnior, falou sobre a ansiedade em voltar à competição. “Nunca enfrentei meu adversário, mas sei que é um bom atleta e estará bem preparado para esse duelo. Eu estou treinando diariamente e fazendo preparação física, tenho certeza que será um excelente combate”, ressaltou.

Casado e pai do João Gabriel, o policial civil falou da satisfação em voltar às competições. “Fiquei sem competir por 15 anos. Durante esse tempo me dediquei exclusivamente aos estudos, à advocacia e à minha família. Mas em 2019 voltei a treinar e a competir, sendo campeão de um importante Regional e também da 3 edição do Jungle Classic. Eu não vivo do jiu-jítsu, sou concursado, mas admiro muito quem vive do esporte, como o meu irmão Williams Jezini, que atualmente mora nos Estados Unidos da América”, lembrou.

Faixa preta formado pela equipe Monteiro, onde recebeu todas as graduações, Abrahim explica que conquistou títulos em todas as faixas. “Conheci o jiu-jítsu através do meu amigo, Xande Ribeiro, pois estudávamos juntos. Sempre treinei na Monteiro e em todas as faixas me sagrei campeão”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o FastTemaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Jungle Classic 4.0: Duelo entre Luís Rocha (HBJ) e Beto Albuquerque (Valois) promete sacudir as estruturas do Manaus Plaza Shopping

Campeão da 3° edição quando venceu Paulinho Peixe por pontos, Luís Rocha,51, retorna ao Jungle Classic, desta vez na edição 4.0, para enfrentar Beto Albuquerque,48, em confronto marcado para o dia 1° de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Ansioso para o combate, o faixa preta revela a vontade de se sagrar campeão em mais uma competição importante. “Fui escalado em todas as edições do evento. Nas duas primeiras, meus adversários não puderam lutar. Na terceira, eu venci o Paulinho Peixe por pontuação. Espero repetir essa conquista. Estou treinando com muita dedicação e minha equipe, a HBJ, tem me ajudado muito. Mais uma vez vou dar um show e mostrar que o meu jiu-jítsu é de qualidade”, afirmou.

Casado e pai do Luís Felipe, de apenas um ano, Rocha lembrou que conheceu as lutas por meio do judô, em 1982. Três anos depois o atleta começou a treinar jiu-jítsu com Luís Façanha e posteriormente recebeu um convite para integrar a equipe Humberto Barbosa, onde permanece até os dias atuais. “Eu sempre fui apaixonado pelo jiu-jítsu. Hoje sou educador físico e servidor público, mas não abandono a modalidade. A “arte suave” está no sangue. Eu costumo dizer que, o jiu-jítsu é um pedaço de mim, faz parte da minha vida”, destacou.

A trajetória de sucesso do veterano inclui ainda a participação em evento de vale tudo. “Representei o jiu-jítsu em um comitê de vale tudo, há alguns anos. Fiz a luta mais sangrenta daquele tempo, com um gigante, o guerreiro ‘Bidida’. Nesse combate, nenhum de nós voltou para fazer a próxima luta. Esse momento ficou marcado na minha memória”, relembrou.

O adversário de Luís Rocha, o experiente Beto Albuquerque é estreante no evento e está há 21 anos sem competir. “Nunca enfrentei o meu adversário, mas sempre tive muito respeito por ele e por sua trajetória na luta. Gosto de competir, mas infelizmente estava parado há bastante tempo. Há dois meses recebi o convite para lutar, então não pensei duas vezes e aceitei. Comecei a treinar todos os dias, tive algumas lesões no caminho, porém nenhuma que me impedisse de parar”, ressaltou.

A luta sempre fez parte da vida de Beto. Aos 11 anos, ele começou a praticar judô , e aos 17 passou a treinar jiu-jítsu com Luís Carlos Valois. Em 1991 mudou para o Rio de Janeiro e continuou praticando tanto o judô, no Clube de Regatas do Flamengo, quanto o jiu-jítsu, com o renomado mestre Ricardo De La Riva. Foram sete anos na capital carioca, até retornar a cidade natal e prestar concurso para Juiz de Direito. “Eu fui aprovado no concurso e fui morar em Maués, onde dei continuidade ao Projeto de Jiu-Jítsu do amigo e mestre, Luís Carlos Valois. Embora, já tenha dado aulas de judô e jiu-jítsu, nunca vivi do esporte. Sou magistrado desde 1998”, explicou.

Casado e pai do Lucas Abrahão, 9, e do Luís Alberto Filho, 11, o lutador falou da alegria em poder contribuir com a sociedade, por meio do esporte. “Conquistei alguns títulos no jiu-jítsu, mas sem dúvida o meu maior legado foi o projeto com alunos de Maués, realizado enquanto eu ainda era o magistrado da cidade. Hoje tenho o prazer de saber que vários homens se formaram cidadãos de bem por meio do esporte e do projeto na cidade”, explicou ele e completou.

“Atualmente as atividades ainda tem continuidade e são ministradas pelo aluno e amigo Bruno Negreiros. Vale lembrar que tanto o judô quanto a “arte suave” representam a minha própria essência, porque foram esses esportes que me formaram como homem”, finalizou Beto.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeam Nete Fight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Alex Sales enfrentará Luiz Mário na 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu

Os lutadores Alex Sales e Luiz Mário já estão preparados para se enfrentarem, em confronto marcado na 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, que será realizada no dia 1° de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

A luta marcará o retorno de Sales às competições, após afastamento do atleta dos tatames, por conta de um procedimento cirúrgico. “Fiquei um tempo afastado para me recuperar de uma cirurgia e agora que estou 100%, quero participar desse evento e dar o meu melhor para conquistar a vitória. Minha equipe, Team Cardoso, está me dando todo suporte nesse treinamento”, destacou.

Pai da pequena Maria Sophia, 5, Sales concilia os treinos de jiu-jítsu com o trabalho de personal trainer, em uma academia da cidade. “Eu gosto de esportes. Acho importante cuidar do corpo e da saúde. Minha paixão é o jiu-jítsu, gosto de competir, a luta é minha terapia de vida”, ressaltou.

O adversário de Sales, Luiz Mário, 41, também vem intensificando o treinamento na famosa academia Monteiro. “Minha preparação está excelente. Estou trabalhando a parte física e técnica. Tenho certeza que será um combate duríssimo e eu espero conquistar a vitória”, afirmou.

Casado e pai de dois filhos, João Victor, 14, e Helena, 7, Luiz Mário contou que começou a treinar em 1993, por influência de amigos. “Foi paixão à primeira vista. Logo comecei a competir e conquistar títulos estaduais e nacionais. A luta me proporcionou muitas alegrias e amizades verdadeiras”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeam Nete Fight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Gláucio Mendonça encara Robert Castro no Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0

Faixas preta de judô e jiu-jítsu, os lutadores veteranos Gláucio Mendonça, 48, e Robert Castro, 42, terão um encontro marcado na 4ª edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, marcado para o dia 1° de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul da cidade.

Considerado um dos maiores nomes do judô no Amazonas, Gláucio Mendonça contou que procurou aprender sobre a “arte suave”, como forma de melhorar seu desempenho no solo. “Comecei a treinar na extinta academia Terraço, mas ao longo dos anos defendi as academias Cássio Façanha, Nova União e Leopoldo Montenegro. Sempre acreditei no jiu-jítsu e judô como modalidades irmãs, por isso busquei complementar minhas técnicas e aprender mais sobre a arte suave”, afirmou.

Gláucio contou que na década de 90, período de ascensão do jiu-jítsu no Amazonas, garantiu muitas conquistas na modalidade. “Participei de várias competições e conquistei títulos importantes. Uma luta que ficou marcada em minha memória ocorreu em 1991, no Campeonato Estadual, realizado no Ginásio do CIEC, onde finalizei meu adversário em três segundos com uma queda e um armlock”, revelou.

Afastado das competições de jiu-jítsu desde 2002, o professor de judô vem aprimorando as técnicas da arte suave. “Tenho um dia muito cheio, mas encaro toda competição com muita seriedade. Tenho me dedicado, estou me atualizando com as regras e estabelecendo minha estratégia. Espero colaborar para um bom espetáculo”, ressaltou.

Adversário de Gláucio, o veterano Robert Castro, além de faixa preta de jiu-jítsu, também era praticante de outras artes marciais. “Eu praticava karatê e judô. Certo dia assisti uma luta do renomado Royce Gracie, e na ocasião ele era relativamente pequeno, comparado ao seu oponente e conseguiu vencer o duelo. Procurei saber que luta ele praticava e decidi aprender. Assim iniciou meu caminho no jiu-jítsu”, relatou.

Os primeiros passos foram dados em 1995, na equipe Paulo Coelho. Apaixonado pela arte suave, o atleta começou a participar de todas as competições, conquistando títulos a nível nacional e internacional. A conquista mais recente foi o bronze em duas modalidades, Gi e NoGi, no São Paulo Open Jiu-Jítsu 2019, realizado em São Paulo.

Para o atleta, o jiu-jitsu é mais que uma modalidade esportiva, é um estilo de vida, onde se aprende a ter determinação nos combates e na vida. “Em 2018, duas semanas antes de um Campeonato Nacional NoGi, machuquei o ombro e por conta da lesão, não consegui baixar de peso. Acabei lutando duas categorias acima. Na ocasião, pensei em desistir, mas tive fé e lutei. Conquistei a medalha de prata e, mais do que isso, pude perceber que o jiu-jítsu me ensinou a ter determinação e a acreditar no meu potencial, e isso foi fundamental para a minha conquista ”, lembrou.

Casado com a faixa roxa de jiu-jitsu, Waleska Castro e pai do Luan Henriquel, 21, Pedro Gabriel, 15 e Felipe Castro, 14, Robert que é sargento da Polícia Militar do Amazonas, concilia o trabalho na PM com a função de professor da equipe GFTEAM, além de treinar diariamente para competições. “Para este combate, estou apenas dando continuidade ao trabalho que venho fazendo desde o começo do ano. Estou intensificando a parte física, tendo em vista que o peso do meu adversário é maior que o meu. Acho que será uma ótima luta e espero alcançar o resultado positivo”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeam Nete Fight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X Jander Pinheiro (Horácio Jiu-Jítsu)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X André Cabral (AJ Jiu-Jítsu)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Em ritmo acelerado de competição, Luís Neto (LN Lifestyle) estreia no Jungle Classic contra o experiente Tom Agra (HBJ)

Após conquistar vários títulos nacionais e internacionais, o faixa preta de jiu-jítsu Luís Neto, 44, quer encerrar 2019 conquistando a vitória sobre o veterano Tom Agra, 51, no Jungle Classic 4.0, marcado para o dia 1° de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul da cidade.

De acordo com Luís Neto, essa será a primeira vez que os atletas se enfrentarão e a preparação segue firme, uma vez que o atleta já vinha disputando competições dentro e fora do Brasil. “Conheço o Tom há muitos anos, mas nunca lutamos. Sei que é um excelente lutador e tenho certeza que será uma ótima luta. Esse evento é muito importante e vou dar o meu melhor. Acredito que toda luta é a luta da minha vida, por isso me preparo com tanta dedicação”, explicou.

No último sábado (6), no Acre, o lutador conquistou mais um título, desta vez na 1ª Etapa Circuito Capital Acre Fight Championship de Jiu-Jítsu, realizado no ginásio do Sesi.

 

 

Faixa preta 6° Dan de jiu-jítsu e ainda faixa preta de judô, Luís Neto começou a treinar aos seis anos de idade, por orientação da diretora da escola. “Iniciei no Judô Club, com o professor Vivaldo, que até hoje considero meu mestre. Aos 14 anos migrei para o jiu-jítsu e passei a treinar na academia Monteiro, onde fiquei até a faixa marrom. Fui graduado à faixa preta na Gracie Humaitá, onde treinei com os irmãos Royler, Rickson e Rolker Gracie. Depois passei uma temporada nos Estados Unidos, em treinamento com outro membro da família Gracie, o Helson”, revelou.

Casado com Márcia Messa e pai de dois filhos, José Leonardo e Luís Bisneto, de 17 e 4 anos respectivamente, o lutador se divide entre as competições de alto rendimento e os seminários ministrados pelo Brasil e exterior. “Meu sonho é deixar um legado positivo para essa turma que faz, fez e continua fazendo jiu-jítsu. Luto para me tornar exemplo e referência para eles. Sei que muita gente se espelha em mim. O jiu-jítsu representa tudo na minha vida, todas as conquistas que tive e tenho foi por meio da luta”, declarou.

Adversário de Luís Neto, o veterano Tom Agra, retorna aos tatames e mira a vitória na competição. Sem competir desde 2007, quando conquistou o ouro em um famoso campeonato realizado em Portugal, o lutador que é patrocinado pela Quimera Forex, vem sendo preparado pelo mestre Humberto Barbosa e está bastante otimista sobre o resultado. “Estou me preparando com o mestre Humberto desde de agosto e o aproveitamento tem sido cada vez maior. A equipe vem se empenhando em me ajudar nesta fase de treinamento e tenho certeza que o resultado será positivo”, relatou.

Casado e pai da Íris (13) e do Ian (10), Agra é figura conhecida no jiu-jítsu amazonense, em razão das conquistas em diversos campeonatos internacionais. O faixa preta pratica a “arte suave” desde criança e ingressou na luta por incentivo do irmão, Ravignan Agra. “Meu irmão mais velho era judoca e eu sempre me espelhei nele, foi assim que acabei conhecendo o jiu-jítsu e me apaixonando pela arte suave”, relembrou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeam Nete Fight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X Jander Pinheiro (Horácio Jiu-Jítsu)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X André Cabral (AJ Jiu-Jítsu)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Com 16 combates, Jungle Classic Jiu-Jítsu será nesta sexta feira (31/05), no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping

Considerado um dos maiores eventos de lutas casadas do Brasil, o Jungle Classic Jiu-Jítsu chega à sua terceira edição, ‘Confronto dos Campeões’, nesta sexta-feira (31/05), a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus. Ao todo serão 16 super combates, protagonizados por lutadores veteranos da modalidade no Amazonas.

Entre as feras que compõem o card está Lissandro Barros (Team Cardoso), que fará sua estreia no evento contra Abraham Litaiff (Equipe 7 / Mascarenhas). Os lutadores já se enfrentaram no passado, oportunidade em que Lissandro garantiu a vitória sobre o adversário.

“Lutei uma vez com o Abraham e venci por finalização. Espero conseguir outra vitória e desta forma, me sagrar campeão juntamente com meu mestre Júnior Cardoso, que fará a última luta da noite, contra o Maurício Titão. Em 2012, nós participamos de uma competição e comemoramos juntos as conquistas, então, quero repetir esse feito no Jungle Classic. Estou trabalhando a parte física com o meu personal trainer, Alex Sales, e treinando jiu-jítsu cinco vezes por semana, sob a coordenação do general Júnior Cardoso. Tem tudo para dar certo”, declarou Lissandro.

 

Zacarias Neto retorna à terceira edição do Jungle Classic, para enfrentar Matheus Segadilha (Monteiro). O combate promete ser um dos mais acirrados da noite. “Lutar esse evento é sensacional e me faz arrumar tempo dentro de uma rotina executiva pesada, que é o meu dia a dia. Poder fazer parte desse circo, que é a geração dos anos 90, e saber que temos uma linda história, me deixa muito empolgado. Tenho certeza que será um grande duelo e, embora eu tenha uma rotina profissional diferente da competição, sou movido à luta e gosto de lutar com caras que me motivam. O Segadilha é um monstro, mas me preparei e vou em busca da vitória”, afirmou.

Willian Couto (Monteiro), que vai encarar o lutador José Moraes (Valois Jiu-Jítsu), contou sobre o começo da carreira e de como o esporte evoluiu. “A competição é uma adrenalina que faço questão de sentir todo ano, amo competir. Eu comecei a treinar muito novo na Associação Monteiro, numa época em que lutadores de jiu-jítsu não eram vistos com bons olhos pela sociedade e nem pela mídia em geral. Éramos discriminados, mas com o passar do tempo, o esporte foi se modernizando, as federações se organizando, então começamos a competir fora do Amazonas, representando o Estado”, contou ele, que possui inúmeros títulos e está em busca de mais uma vitória para a carreira, no Jungle Classic.

Primeiro campeão mundial da modalidade no mundo, Couto falou ainda sobre a importância e a força do esporte no Estado. “O mais gratificante em praticar o jiu-jítsu, foi o reconhecimento pelas vitórias obtidas. Após vários talentos do Amazonas competirem e mostrar que tem talento, o Amazonas, até então sem nenhuma repercussão no cenário nacional na modalidade, começou a se destacar com vários campeões, o que serviu de trampolim para que os lutadores pudessem participar de campeonatos mundiais”, concluiu.

Ingressos – Os ingressos para a terceira edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu já estão à venda no valor de R$ 60 (cadeira VIP) e R$ 800 (Mesa VIP para oito lugares). Os interessados poderão adquiri-los no seguintes pontos de venda: Restaurante Deck Sushi Bar, localizado na Avenida Djalma Batista, bairro Flores, zona centro-sul, das 18h às 23h; Temakeria Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Seu Zé Barbearia, situado na Rua Alexandre Magno, conjunto Shangrillá, bairro Parque das Laranjeiras, zona centro-sul, das 9h às 21h; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Maiores informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

Confira o Card

1 – Luís Rocha (HBJ) VS Paulo Peixe (Valois Jiu-Jítsu)

2 – Cláudio Feitosa (Team Feitosa BJJ/RPBJJ) VS Heberson Belchior (Budha Jiu-Jítsu)

3- Mário Daniel (Valois Jiu-Jítsu) VS Gláucio Alves (Pina)

4 – Horácio Martins (Horácio BJJ/Osvaldo Alves) VS Agnaldo Lima (Cássio Façanha)

5 – Jander Pinheiro (Pinheiro Jiu-Jítsu) VS Dano Cardoso (Ribeiro JJ)

6 – Sérgio Porto (Equipe7/Mascarenhas) VS João Leão (Clube João Leão/Orley Lobato)

7 – Roberto Pinheiro (HBJ) VS Fabiano Lima (Orley Lobato)

8 – Abraham Litaiff (Equipe 7 / Mascarenhas) VS Lissandro Barros (Team Cardoso)

9 – Zacarias Neto (AJ Jiu-Jítsu) VS Matheus Segadilha (Monteiro)

10 – Allen Lima (Nova União) VS Henrique Ramos (Equipe 7/Mascarenhas)

11 – Abrahim Júnior (Monteiro) VS Wagner Ferreira (Nova União)

12 – Adalberto dos Santos (Nova União) VS José Augusto (Orley Lobato/AGBJJ)

13 – José Moraes (Valois Jiu-Jítsu) VS William Couto (Monteiro)

14 – Adson Pinto (Orley Lobato) VS Allan Campelo (Nova União/Equipe 7 Mascarenhas)

15 – Paulo Cristian (Equipe Shok) VS Rodolfo Sant’Anna (Monteiro)

16 – Júnior Cardoso (Team Cardoso) VS Mauricio Titão (HBJ)

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter

[wysija_form id="1"]