Matheus, Marajó e Rayla levam cinturões no Rei da Selva 10, em Manaus

Três cinturões têm novos donos no Rei da Selva Combat, o evento de MMA que mais cresce em credibilidade na Região Norte do Brasil. Na noite deste sábado, 11 de novembro, no auditório Nina Lins, na Universidade Nilton Lins, em Manaus, Matheus da Silva (Vermelho Fight/Clube Freitas), Marcos Marajó (SD System/Checkmat) e Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight) conquistaram os títulos das categorias mosca, pena e galo, respectivamente.

O paraense Matheus da Silva, que já era campeão do peso palha, faturou seu segundo cinturão da organização ao vencer Luiz Guerreiro (Império CT) por decisão unânime. O combate entre os atletas foi o melhor da noite, com uma apresentação que juntou técnicas refinadas de jiu-jítsu, boxe, muay thai e até capoeira.

Com vitória – a 11ª consecutiva na invicta carreira -, o atleta da equipe Vermelho Fight entra para a história do Rei da Selva como primeiro atleta a conquistar cinturões em duas categoria distintas. O paraense, que tem base em Manaus no Clube Freitas de Jiu-Jítsu do bairro do Mutirão, desabafou contra o preconceito sofrido antes da luta.

“Mandaram mensagem para mim nas redes sociais dizendo que eu só ganharia esse cinturão se fosse roubado, mas estou aqui para dizer que o povo paraense é guerreiro e trabalhador. Somos atletas e precisamos ser respeitados”, desabafou o “Pequeno Sinistro” do município de Juruti (a 848 quilômetros de Belém).

Luiz Guerreiro, mesmo derrotado por pontos, ficou feliz por ter feito um confronto histórico. O atleta da academia Império CT fez uma grande apresentação, mas esbarrou no excelente preparo e no coração valente do adversário.

“Nossa luta foi uma guerra, todos gostaram e não tenho o que reclamar. Demos o máximo, um show para a galera. Foi uma honra lutar com o Matheus, que é um cara muito duro e mereceu a vitória. Agradeço aos meus apoiadores e patrocinadores. Voltarei mais forte”, comentou Guerreiro.

Novo campeão dos penas

Na divisão até 66 kg, Marcos Marajó fez valer sua maior envergadura e dominou os três rounds contra Marcelino Cavalcante (Cavalcante Team/CT Brunocilla). O lutador da SD System, que é natural de Oriximiná (PA) e mora em Manaus, dominou o centro do “cage”, tomando a iniciativa do combate com chutes altos e boa defesa de quedas, já que a estratégia do oponente era levar a definição para o jogo de solo. A decisão unânime premiou a boa fase de Marajó, que é um dos atletas mais cerebrais do circuito profissional do Amazonas.

Rainha Interina

O GP Feminino foi outra atração do Rei da Selva 10 – Edição Ouro. Nas semifinais, Pâmela Valente (Team Cardoso) venceu Joicy Tabosa (Nonato Muay Thai)  e Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight) superou Fabiulane Melo (RCT/Coari).

Pâmela e Rayla fizeram a final do GP no 13º combate da noite. A luta foi bastante equilibrada nos três rounds. A definição foi parar nas mãos dos juízes laterais, que deram vitória por decisão dividida para a aluna do professor Jefferson de Paula. Rayla então recebeu o cinturão interino do peso galo e depois fez a encarada com a dona do título linear, Mayana Kellem. O combate para definição da única Rainha da Selva está previsto para 2018.

“Dedico essa vitória especialmente ao meu filho, Luiz Guilherme, pois às vezes abro mão da companhia dele para me dedicar aos treinos. Também não posso deixar e agradecer ao professor Jefferson de Paula, que acreditou em mim quando ninguém acreditava. Apesar de a JMT ser uma equipe pequena, hoje temos dois cinturões do Rei da Selva”, disse Rayla, destacando que a colega de treino Joice Mara da Silva é campeã do peso palha da organização.

Rei da Selva 10 – resultados oficiais:

Local: auditório Nina Lins, Universidade Nilton Lins, Manaus

Card Principal:

Até 66 kg – Marcos Marajó (SD System/Checkmat) venceu Marcelino Cavalcante (Cavalcante Team/CT Brunocilla) por decisão unânime e conquistou o cinturão da categoria;

Até 61 kg – Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight) venceu Pâmela Gisele Valente (Team Cardoso) por decisão dividida;

Até 57 kg – Matheus da Silva (Vermelho Fight/Clube Freitas) venceu Luiz Guerreiro (Império CT) por decisão unânime;

Até 77 kg – Patric Brabão (MPBJJ/Nova União) venceu Victor Neves (Team Cardoso/Osvaldo Alves) por decisão unânime;

Até 75 kg – peso combinado – André Leocádio “Batata” (MPBJJ/Nova União) venceu Júnior Cachoeira (Careca Team) por finalização em chave de braço aos 3min02seg do primeiro round;

Até 52 kg – Andreza Belfort (X-Union) venceu Alessandra Nunes “Lelê” (Deo Academy Top Team) por decisão unânime;

Até 70 kg – Moisés Costa (SD System/Checkmat) venceu Elias Xavier (CT Operacional) por nocaute técnico aos 2min09seg do primeiro round;

Card Preliminar:

Até 79 kg – peso combinado – x Valmir Júnior (Team X-Union/CT Brunocilla) venceu Caio Cásar “Parangolé” (Império CT)  por nocaute técnico aos 3min40 do primeiro round;

Até 57 kg – Felipe Lima “D’Ouro” (SD System/Checkmat) venceu Tião Calixto (Deo Academy Top Team) por decisão unânime;

Até 84 kg – Salles Jackson (MPBJJ/Nova União) venceu Wagner “Monstro” (Team Cardoso) por nocaute técnico aos 4min10seg do terceiro round;

Até 66 kg – Jamerson “Pistoleiro” Oliveira (RCT/Coari) venceu Wanderson “Stronda” (The Pride) por decisão unânime;

Até 66 kg – Bruno Quintanilha (SD System/Champions Factory) venceu Ronacy Cowboy (CT Operacional) por nocaute técnico aos 45seg do primeiro round;

Até 61 kg – Rayla Nascimento (CT Manaus Fight JMT) venceu Fabiulane Melo (RCT/Coari) por decisão dividida;

Até 61 kg – Pâmela Gisele Valente (Team Cardoso) venceu Joicy Tabosa (Nonato Muay Thai) por decisão unânime.

Texto: Emanuel Siqueira

Foto: Lorena Furtado

Rei da Selva 10: confronto AM vs PA vale cinturão do peso mosca

A velha rivalidade entre Amazonas e Pará terá novo capítulo no Rei da Selva Combat 10 – Edição Ouro -, dia 11 de novembro, a partir das 19h, no auditório Nina Lins, na Universidade Nilton Lins, em Manaus. O amazonense Luiz Guerreiro buscará o cinturão do peso mosca (até 57 kg) contra o paraense Matheus “Calabresa” da Silva, dono do título dos palhas (até 52 kg).

Guerreiro, 23, atleta do Império Centro de Treinamento, busca pela segunda vez o título da categoria na qual é um dos astros do MMA da Região Norte. Na primeira oportunidade, ele perdeu a chance para Manoel Júnior (Eulen Viana). Com 11 lutas, sendo nove triunfos e duas derrotas, Guerreiro vem de duas vitórias consecutivas e se diz preparado para a consagração em casa.

Estou treinando na Império CT, fazendo a parte de MMA e Wrestling com o professor Ednei Souza e o Muay Thai com o mestre Sinho. Meu camp está maravilhoso e estou me sentido muito bem e saudável para essa luta. Na primeira vez perdi o cinturão no dia do meu aniversário, mas Deus me deu essa segunda oportunidade e estou preparado para ser campeão. Esse título é muito importante para minha carreira e desta vez o cinturão vem para casa”, afirma Guerreiro, que é patrocinado por Amazon Frigo, HP Long, Igor Lanche 24 Horas, Espetaria  Barbecue’s, Barão Barbearia, Sutti Sports, Fisiogade, Di Silva Tatoo, Mercadinho do Del e Athos.

Pequeno Sinistro de Juruti…

Só que vencer o Menino de Ouro de Juruti, interior do Pará, não será nada fácil. Matheus é trocador nato e tem um jiu-jítsu apuradíssimo, até porque em Manaus o atleta da equipe Vermelho Fight Team conta com suporte técnico de duas escolas de campeões na “arte suave” e no Muay Thai: o Clube Freitas, do bairro do Mutirão, e o Centro de Treinamento Nélio Thai, do conjunto Vieiralves.

Atual campeão do peso palha (até 52 kg) do Rei da Selva, o paraense de apenas 20 anos subiu de categoria para brigar por mais um título diante de um adversário extremamente duro. Matheus tem a incrível marca de 10 vitórias consecutivas, entre eventos de MMA amador e profissional. Se for campeão dos moscas, será o único atleta a ter dois cinturões na história da organização dirigida por Diogo Dutra e Sammy Dias.

“Estou bem preparado tanto fisicamente quanto psicologicamente, pois já planejava subir de categoria e ir atrás desse cinturão. Muita gente não acredita em mim pelo fato de eu ser bem menor que meus oponentes, porém me preparo desde meus 14 anos para chegar onde estou hoje. Vou ser o primeiro a conquistar dois cinturões do Rei da Selva”, garante Matheus, respeitando o adversário amazonense, mas acreditando no próprio potencial.

Rei da Selva Combat 10 – Programação Oficial:

Dia: 11/11/2017 (Sábado)

Horário: A partir das 19h

Local: Auditório da Nina Lins, Universidade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras

Ingressos à venda nas lojas Bibi Importadora na rua João Valério (Vieiralves) e na avenida Efigênio Sales (Shopping Mundi)

Cadeira Simples: R$ 50,00

Cadeira VIP: R$ 70,00

Mesa para quatro pessoas: R$ 300,00

Camarotes somente nos contatos: (92)98204-4648 / 98175-9845

Card Principal:

Peso Pena – Até 65.800 kg – Marcos Marajó (SD System/Checkmat) x Marcelino Cavalcante (Cavalcante Team/CT Brunocilla)

Peso Mosca – Até 57 kg – Luiz Guerreiro (Império CT) x Matheus da Silva (Vermelho Fight Team)

Peso Meio Médio – Até 77.100 kg – Victor Neves (Team Cardoso/Osvaldo Alves) x Patrick Brabão (MPBJJ/Nova União)

Peso Combinado – Até 75.000 kg – André Leocádio “Batata” (MPBJJ/Nova União) x Júnior Cachoeira (Careca Team)

Peso Leve – Até 70 kg – Moisés Costa (SD System/Checkmat) x Adversário a definir

Peso Palha – Até 52.200 kg – Andreza Belfort (X-Union) x Alessandra Nunes “Lelê” (Deo Academy Top Team)

Card Preliminar:

Peso Combinado – Até 79.000 kg – Caio Cesar “Parangole” (Imperio CT) x Valmir Junior (Team X-Union/CT Brunocilla)

Peso Médio – Até 83.900 kg – Jackson Sales (MPBJJ/Nova União) x Wagner Monstro (Team Cardoso)

Peso Mosca – Até 56.700 kg – Felipe Lima “D’Ouro” (SD System/Checkmat) x Tião Calixto (Deo Academy Top Team)

Peso Pena – até 65.800 kg – Bruno Quintanilha (SD System/Champions Factory) x Ronacy Cowboy (CT Operacional)

Peso Pena – Até 65.800 kg – Jameson “Pistoleiro” Oliveira (Renovação Coari Team) x Wanderson “Stronda” (The Pride)

GP Rainha da Selva – Peso Galo -Até 61.200 kg

Antonia Joyce “Tabosa” (Nonato Muay Thai)

Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight)

Fabiulane Melo (Renovação Coari Team)

Pamela Gisele (Team Cardoso)

Por Emanuel Siqueira

Quem é Rainha nunca perde a Majestade: Mayana Kellem é do Rei da Selva

Especulada no UFC, a lutadora amazonense Mayana Kellem continuará com o título de “Rainha da Selva” conquistado no evento que mais cresce em credibilidade e visibilidade na Região Norte do Brasil. Na última  sexta-feira, 27 de outubro, a atleta e seu staff se reuniram com Diogo Dutra e Sammy Dias, dirigentes do Rei da Selva Combat. A atleta, que está invicta na carreira com seis vitórias, assinou contrato para mais duas lutas na franquia.

A organização de MMA com DNA 100% amazonense definiu que Mayana não perderá a majestade no evento, justamente pela histórica relação amigável entre as partes. Assim, a atleta das academias Top Life, Squad 92 e Carioca Team permanecerá como campeã do peso galo (até 61 kg) do Rei da Selva. A edição 10 da franquia, que acontece dia 11 de novembro, em Manaus, terá uma disputa de um GP para definir a campeã interina da categoria.

No encontro desta sexta-feira, Mayana também assinou contrato para fazer mais duas lutas no Rei da Selva. O primeiro compromisso será um Desafio Interestadual na edição de Boa Vista da organização, prevista para 10 de dezembro. Esse combate não valerá cinturão.

O segundo compromisso de Mayana será a disputa do cinturão unificado do peso galo do Rei da Selva, confronto em que enfrentará uma das quatro meninas inscritas no GP do dia 11 de novembro: Joyce Tabosa (Nonato Muay Thai), Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight), Fabiulane Melo (RCT/Coari) e Pâmela Gisele (Team Cardoso).

“Eu e meu sócio Sammy Dias estamos muito felizes pela permanência da Mayana Kellem no Rei da Selva Combat, pois ela é uma atleta revelada e trabalhada como exemplo da credibilidade e da visibilidade que a organização tem mundo do MMA. Desde a primeira edição, investimos na imagem dos lutadores de forma profissional e isso é excelente para ambas as partes”, destacou Diogo Dutra.

“Estou bem feliz participando da organização e não tenho o que reclamar. Esse título para mim é muito importante porque é um evento estadual e tenho muito orgulho e prazer em lutar aqui no meu Estado, sempre representando. Enquanto eu puder lutar em casa, levando para o meu público a felicidade de estar perto deles, eu vou estar lutando”, comentou a lutadora.

Mayana acredita que o Rei da Selva está abrindo portas para sua carreira nacional e internacional. Ela revelou sua torcida para as conterrâneas que estão ingressando no concorrido mercado do MMA feminino.“Assim como as portas estão se abrindo para mim, que sejam abertas para elas”, encerrou a Rainha da Selva.

Por: Emanuel Siqueira

Lutadora Mayana Kellem desafia repórter para treino de MMA

A lutadora de MMA Mayana Kellem fez um desafio a repórter Greici Fernandes para um treinamento de MMA com a equipe MMA Fit, liderada pela campeã na academia Carioca Team, localizada na Av. Sul, S.N, conjunto Ajuricaba, em frente a Peixaria do Bosco, Zona Centro-Oeste de Manaus.

O Treinamento acontecerá nesta sexta-feira (27), às 20h30, no Centro de Treinamento Carioca Team.

Rei da Selva 10 – Edição Ouro – terá 11 combates e um GP feminino

A organização do Rei da Selva 10 – Edição Ouro – divulgou a programação oficial do evento que acontece dia 11 de novembro, a partir das 19h, no auditório Nina Lins, na Universidade Nilton Lins. Serão 11 combates e um GP feminino no qual quatro atletas lutarão pelo título de nova Rainha da Selva no peso galo (até 61 kg).

A Edição Ouro terá como destaque três disputas de cinturão, sendo eles nas categorias 57 kg masculino entre Luiz Guerreiro e Matheus da Silva; 66 kg masculino entre Marcos Marajó e Marcelinho Cavalcante e 61 kg feminino, com as lutadoras Joyce Tabosa, Rayla Nascimento, Fabiulane Melo e Pâmela Gisele disputando um GP inédito e eletrizante na franquia.

Organização que mais cresce em credibilidade e visibilidade na Região Norte do Brasil, o Rei da Selva fomenta a revelação de lutadores a cada edição. O diferencial é o tratamento profissional dado aos protagonistas do espetáculo, além da excelente estrutura e segurança oferecida aos fãs de MMA no Estado.

Rei da Selva Combat 10 – Programação Oficial:

Dia: 11/11/2017 (Sábado)

Horário: A partir das 19h

Local: Auditório da Nina Lins, Universidade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras

Ingressos à venda nas lojas Bibi Importadora na rua João Valério (Vieiralves) e na avenida Efigênio Sales (Shopping Mundi)

Cadeira Simples: R$ 50,00

Cadeira VIP: R$ 70,00

Mesa para quatro pessoas: R$ 300,00

Camarotes somente nos contatos: (92)98204-4648 / 98175-9845

Card Principal:

Peso Pena – Até 65.800 kg – Marcos Marajó (SD System/Checkmat) x Marcelino Cavalcante (Cavalcante Team/CT Brunocilla)

Peso Mosca – Até 57 kg – Luiz Guerreiro (Império CT) x Matheus da Silva (Vermelho Fight Team)

Peso Meio Médio – Até 77.100 kg – Victor Neves (Team Cardoso/Osvaldo Alves) x Patrick Brabão (MPBJJ/Nova União)

Peso Combinado – Até 75.000 kg – André Leocádio “Batata” (MPBJJ/Nova União) x Júnior Cachoeira (Careca Team)

Peso Leve – Até 70 kg – Moisés Costa (SD System/Checkmat) x Adversário a definir

Peso Palha – Até 52.200 kg – Andreza Belfort (X-Union) x Alessandra Nunes “Lelê” (Deo Academy Top Team)

Card Preliminar:

Peso Combinado – Até 79.000 kg – Caio Cesar “Parangole” (Imperio CT) x Valmir Junior (Team X-Union/CT Brunocilla)

Peso Médio – Até 83.900 kg – Jackson Sales (MPBJJ/Nova União) x Wagner Monstro (Team Cardoso)

Peso Mosca – Até 56.700 kg – Felipe Lima “D’Ouro” (SD System/Checkmat) x Tião Calixto (Deo Academy Top Team)

Peso Pena – até 65.800 kg – Bruno Quintanilha (SD System/Champions Factory) x Ronacy Cowboy (CT Operacional)

Peso Pena – Até 65.800 kg – Jamerson Coari (Renovação Coari Team) x Wanderson “Stronda” (The Pride)

GP Rainha da Selva – Peso Galo -Até 61.200 kg

Antonia Joyce “Tabosa” (Nonato Muay Thai)

Rayla Nascimento (JMT/CT Manaus Fight)

Fabiulane Melo (Renovação Coari Team)

Pamela Gisele (Team Cardoso)

 

Por: Emanuel Mendes Siqueira (92) 99122-3785

Fotos: Michael Dantas e Divulgação

Amazonense Sérgio Ribeiro luta domingo no Shooto Brasil 76

O lutador amazonense Sérgio Ribeiro, 27, terá sua primeira experiência num evento nacional com transmissão ao vivo pela TV. Neste domingo, 22 de outubro, o atleta da Nova União (MPBJJ/Alvorada/Manaus) encara o paraense Inaildo “Gojeta” (Corinthians MMA) no Shooto Brasil 76, no Rio de Janeiro. O show de artes marciais acontece na Upper Arena – rua Marquês de Abrantes, 96, Flamengo – e as lutas começam às 19h (de Brasília), no Canal Combate.

Faixa preta de jiu-jítsu, Serginho é aluno do professor Márcio Pontes. Ele tem um cartel com 14 combates, sendo 10 vitórias, três derrotas e um No Contest (sem resultado). O manauara aposta no apurado jogo de chão e na experiência de seus 11 anos treinando artes marciais com alguns dos melhores atletas do País na MPBJJ.

“Minha preparação foi muito boa tanto na parte física quanto na parte técnica. Acredito que estou bem treinado e muito animado para essa luta, que marca a minha estreia no Shooto e sem dúvida é uma grande oportunidade na minha carreira”, disse Ribeiro, que compete no peso galo (até 61 kg).

Para viajar ao Rio de Janeiro, o atleta teve dificuldades para custear passagem e hospedagem. Por sorte, contou com a ajuda de amigos da academia, do bairro e de personalidades amazonenses ligadas ao esporte, como a deputada estadual Alessandra Campêlo.

“Quero agradecer a todos meus amigos que, mesmo sem ter saído minha passagem pelo Governo, se juntaram para poder pagar minha passagem para eu poder ir à luta”, concluiu o guerreiro do Alvorada.

Card do Shooto Brasil 76:
Domingo, 22 de outubro de 2017
Upper Arena, Rio de Janeiro

Main event: Marcus Paulo “Marcote” x Gilberto “Cangaceiro”
Inaildo “Gojeta” x Sergio Ribeiro
Carlos Augusto “Sparta” x Junior Silva “Rono”
Simone Duarte x Caroline “Japa” Pedrita
Everton Rodrigues x Guilherme Doin
Paulo Ricardo “Cangaceiro” x Alexsander “Querubim”
Carlos “Tiziu” Motta x Claudio Coutinho
Hugo David P. Barbosa x Ronaico “Raio-X”
Lucas Gaspar x Douglas Souza
Weber Almeida x Cleiver Fernandes

Obs.: Por motivo de lesão do atleta Wagner Maia, o combate com Raphael Pessoa foi transferido para 26 de novembro.

Por: Emanuel Siqueira

Porta de entrada para o sucesso: 1º Campeonato de MMA Amador realizado pela OF Luis Neto revela campeões para o MMA Profissional

O 1º Campeonato de MMA Amador do Octagon Fight – Centro de Lutas Luís Neto foi realizado no último sábado (16), no CT da rua Rio Purus, no Vieiralves, zona Centro-Sul de Manaus. O evento foi marcado por grandes combates, onde os lutadores exibiram muita técnica, garra e força de vontade para vencer, em busca do cinturão e do tão sonhado contrato assinado com os eventos Mr.Cage Championship e Rei da Selva Combat.

A competição foi disputada no formado Amador, com equipamentos de proteção para garantir a segurança dos atletas e reuniu mais de 30 lutadores de Manaus e municípios adjacentes, comprovando o sucesso do evento e mostrando que o Campeonato MMA Amador veio para ficar.

“Nosso primeiro OF MMA Amador foi sucesso absoluto. Agradeço aos professores e atletas que acreditaram na nossa ideia de promover o MMA Amador, a CAMMA-AM que brilhantemente cuidou de todos os detalhes técnicos do evento. Certamente faremos muito mais, estamos com muitos projetos em andamento e em breve divulgaremos”, declarou o organizador do evento, Luis Neto.

Além das disputas por categoria, a competição contou ainda com uma luta casada entre dois atletas da categoria juvenil, na ocasião Carlos Diego venceu Leonardo da Costa, por finalização.

O campeonato teve a chancela da Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), que desempenharam um excelente trabalho, com cautela, seriedade e ética.  O trabalho desenvolvido por Wallace Alves , Andre Goncalves,  Chiquinho Assis, Wanderley Oliveira, Murilo Lima, Fernando Barros e Orleans Smith agradou todos os envolvidos no evento.

Confira os campeões:

15 anos : Carlos Diego

Palha : Stanley Carvalho

Mosca : Elson Ramos

Galo: Jorge Chagas

Pena: Francisco Felipe

Leve: Stelio Rodrigues

Meio Médio : Hebert Santos

Meio Pesado : Alessandro Laborda

Por: Greici Fernandes

Foto: Divulgação

Inscrições para o 1º Campeonato de MMA Amador realizado pela OF Luis Neto encerram nesta sexta feira (15)

As inscrições para o 1º Campeonato de MMA Amador do Centro de Lutas Luís Neto podem ser feitas até sexta-feira (15). O torneio acontecerá neste sábado (16) de setembro, a partir das 10h, na Octagon Fight (OF MMA), localizada na rua Rio Purus, 1100, no Vieiralves, Zona Centro Sul de Manaus.

A pesagem acontecerá nesta sexta-feira (15), das 14h às 18h e no sábado (16), das 08h às 10h.

O evento será disputado no formado Amador, com equipamentos de proteção para garantir a segurança dos atletas e os combates acontecerão em oito categorias: Mosca, Galo, Pena, Leve, Meio Médio, Médio, Meio Pesado e Pesado.  Para as mulheres será realizada apenas uma categoria no feminino.

 

 

A competição vai reunir atletas que nunca lutaram MMA e os campeões receberão cinturão do evento e um contrato para uma luta profissional no Mr.Cage ou no Rei da Selva.

Inscrições

 As inscrições no valor de R$ 50, podem ser feitas na sede da OF Luís Neto, na rua Rio Purus, 1100, Vieiralves. Mais informações através do telefone (92) 99400-5934.

Categorias de peso no MMA :

Mosca – 56,7kg

Galo – 61,2kg

Pena – 65,8kg

Leve – 70,3kg

Meio Médio – 77,1kg

Médio – 83,9kg

Meio Pesado – 93,0kg

Pesado – 120,2kg

Por: Greici Fernandes

Amazonenses Ketlen Vieira e Adriano Martins buscam vitória no UFC 215

Os amazonenses Ketlen Vieira e Adriano Martins estarão em ação neste sábado (9), no UFC 215, que será realizado em Edmonton, no Canadá .

Essa será a terceira participação de Ketlen no evento. Invicta no UFC, a atleta enfrentará Sara McMann na luta preliminar que será transmitido a partir das 19h, horário de Brasília. “Eu vou dá o melhor de mim nesta luta, enquanto eu tiver forças para ficar de pé, eu vou lutar até o fim” declarou a atleta.

Com um cartel de 28 vitórias e oito derrotas, Adriano Martins vai enfrentar Kajan Johnson pelo peso-leve (até 70kg). O amazonense vem de derrota por decisão dividida para Léo Santos, em outubro do ano passado. Johnson tem um cartel de 21 vitórias, 12 derrotas e um empate. O canadense bateu seus dois últimos adversários, Lipeng Zhang e Naoyuki Kotani por decisão unânime.

Card principal 
Amanda Nunes x Valentina Shevchenko
Neil Magny x Rafael dos Anjos
Henry Cejudo x Wilson Reis
Ilir Latif x Tyson Pedro
Jeremy Stephens x Gilbert Melendez

Card preliminar
Sara McMann x Ketlen Vieira
Sarah Moras x Ashlee Evans-Smith
Gavin Tucker x Rick Glenn
Mitch Clarke x Alex White
Luis Henrique KLB x Arjan Bhullar
Kajan Johnson x Adriano Martins

Por: Greici Fernandes

Mr. Cage 29: Rafael Dias vence e Elves Brener mantem invencibilidade

O Mr. Cage 29, edição especial Guerreiros da Selva, movimentou a véspera de feriado na capital amazonense. Dos 10 combates, cinco terminaram em nocaute, duas lutas foram vencidas por finalização e três disputas foram decididas pelos árbitros, na noite de quarta-feira (6), no Dulcila Festas e Convenções, na Ponta Negra.

Na luta principal do evento, Rafael Dias e Matheus Ortiz fizeram um combate bastante acirrado, deixando para os jurados a difícil decisão. No fim do confronto, Rafael acabou ficando com o titulo na decisão dividida dos jurados.

Na melhor luta da noite, o lutador Elves Brener manteve a invencibilidade ao derrotar Joaquim Polônia na decisão unanime dos jurados.

Mostrando um excelente nível técnico alinhado ao condicionamento físico, o faixa preta de jiu-jitsu, Williams Jezini finalizou com um arm lock Davi Pinheiro aos 3m43s do primeiro round.

O atleta de Rio Preto da Eva, Raimundo Tubarão representou bem o município vencendo Ramon na decisão unânime dos jurados.

Na única luta feminina, Ketlen ‘Esquentadinha!” derrotou Davina Maciel por nocaute técnico aos 39s do segundo round, fazendo a festa da luta-livre.

Estreante no MMA, o filho do lendário “Gula”, acabou  perdendo por nocaute técnico para Augusto Silva aos 4m34s do primeiro round.

Homenagens

O evento teve como principal homenageado, o lendário Gula, pioneiro no vale-tudo em Manaus. Mestre Osvaldo Alves, Leopoldo MonteNegro, Luis Neto, Paulinho Peixe e Josué Neto também receberam as homenagens pelos relevantes trabalhos em prol do esporte amazonense.

MMA e Rock n’ Roll

A banda Official 80, conhecida no cenário da música local, fez um show de abertura e encerrou o event, tocando os principais sucessos de bandas de rock internacional como Guns n’ Roses, U2, Led Zeppelin, entre outros.

Confira os agradecimentos do Empresário

“Estou muito feliz com a realização de mais uma edição do MR.CAGE, pois somos o 4º maior evento de MMA do Brasil e vou continuar lutando com muita humildade para crescer neste ranking.
Agradeço primeiramente a Deus, pois é com a permissão d’Ele que isso tudo acontece. Desde o início, nossa vontade era realizar uma edição que ficasse marcada na história do MMA amazonense e que valorizasse a nossa terra, pois nenhum presidente tem o direito de destruir ou vender a nossa Amazônia. Para que tudo isso fosse possível, contei com dois amigos que embarcaram nessa viagem e se tornaram meus sócios nesta edição do Mr. Cage 29 – Guerreiros da Selva, Cristiano Campelo e Leopoldo Montenegro. É uma parceria que veio para ficar.

Agradeço também ao Gula, o “Diabo Loiro”, por tudo que fez pelo MMA do Amazonas. Foi uma honra poder colocar o Cinturão do Mr. Cage neste homem que é uma lenda. Isso foi um momento histórico para todos nós.

Para a realização deste trabalho, muitas pessoas foram de extrema importância, como o meu compadre e irmão Berto (foi os meus olhos no evento); Daniel Freitas que cuida do meu Cage; o assessor de imprensa, Leonardo Fierro; Jean Silva, que sempre faz um trabalho sensacional; toda a equipe da FAMMA, cujo trabalho foi excepcional na pesagem e nos julgamentos das lutas; as nossas Cage Girls, Maylin Menezes e Larissa Moreno, que deram um show de beleza e sensualidade; a banda Official 80, que arrebentaram com um espetáculo de rock’n roll; o designer, Jeff, que desenvolveu as artes do evento; Meike Farias, que foi sensacional como o novo Bruce Buffer (atual apresentador do Ultimate Fighting Championship – UFC); à toda equipe de internet e transmissão, Pedro e Ronaldo; o Eduardo “Dudu”, com a produção dos índios guerreiros; e, em especial, agradeço ao público que prestigiou mais um MR.CAGE e aos lutadores que, sem dúvida nenhuma, protagonizaram um espetáculo com lutas, que não deixaram a desejar diante de nenhum lugar do mundo.

Por último, mas não menos importante, quero agradecer às pessoas que acreditaram neste evento e nos incentivaram por meio de patrocínios, como os amigos Luís Alberto, da Samel; Marquinhos Pacheco, da MAP Linhas Aéreas; Marcos Dutra, da Smartcase e Stylo Rock; Dona Arthemes, da Athos Fight Wear; Alfred, da Stars; Alexandre, da Sato Funilaria; Edgar, da Amazon Frigo; Fabrício Lima, que é o Secretário de Esporte da Sejel; e o Subsecretário Municipal de Esportes, Luís Neto, por todo o apoio ao nosso evento e por sempre apoiar os nossos atletas locais”, encerrou Samir Nadaf.

Mr. Cage 30

O empresário Samir Nadaf embarca esta semana para Vitoria da Conquista, onde realizará no próximo sábado (16), no ginásio de Esporte Raul Ferraz, o Mr. Cage 30. O evento vai contar com uma luta de abertura, três lutas preliminares, três lutas principais e três disputas de cinturão.

Confira os resultados

Main Event

– Rafael Dias venceu Mateus Ortiz na decisão dividida dos jurados

CO Main Event

– Elves Brener venceu Joaquim Polônia na decisão unanime dos jurados

Card Principal

Augusto Silva venceu Felipe Fúria por nocaute técnico aos 4m34s do 1º round.

– Ketlen “Esquentadinha” venceu Davina Maciel por nocaute técnico aos 39s do 2º round.

– Raimundo Tubarão venceu Ramon na decisão unânime dos jurados.

– Williams Jezini venceu Davi Pinheiro por finalização  (arm lock) aos 3m43s do 1º round.

Lutas Preliminares

– José Igor venceu Matheus Caique por nocaute técnico aos 1m9s do 1º round.

– Roberto venceu Adriano por nocaute técnico aos 2m do 1º round.

– Patrick Brabão venceu Jonhys Nobre por finalização (guilhotina) aos 2m12s do 1º round.

– Matheus venceu Anderson Carioca por nocaute técnico aos 4m8s do 1º round.

Por: Greici Fernandes

Foto: Lorena Furtado

 

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter