Notícias

Beach Soccer do Estrela do Norte vai pagar R$ 20 mil de premiação

A oitava edição da Copa Estrela do Norte de Beach Soccer vai distribuir a premiação recorde de R$ 20 mil, além de troféus e medalhas. As inscrições já estão abertas e o Torneio Início das categorias Feminino e Masculino acontece na noite desta quinta e sexta-feira, 30 e 31 de agosto, respectivamente, no campo de areia do Complexo Esportivo do Estrela do Norte – rua das Palmeiras, São José 3, Zona Leste de Manaus.

As inscrições tanto do Feminino quanto do Masculino custam um valor bastante acessível: apenas R$ 250 por equipe. As reservas e confirmações podem ser feitas por meio de três telefones: (92) 99400-1918, 99262-0139 e 99127-9138.

De acordo com o organizador do campeonato, Cleudinei Lopes, 18 times já garantiram participação na oitava edição do evento. Os números confirmam que a Copa Estrela do Norte é a maior competição particular de futebol de areia da Região Norte.

 No Feminino, estão confirmadas as seguintes equipes: 1 – Amigos da Jaqueira, 2 – PSG, 3 – Gatas do Leste, 4 – Garra Azul,  5 – Estrela de Davi e 6 – Rip Rap. No Masculino, as equipes inscritas até agora são: 1 – Amigos do Bruno Rua 12, 2 – Amigos do Tubinha / F. São José, 3 – Equipe Chega Junto, 4 – Martins FC, 5 – Vila, 6 – Eqp Vikings, 7 – Garra Azul, 8 – LDA Tecnologia, 9 – Eqp Oz Marombas FC, 10 – Noskita, 11 – Real Barça e 12 – Rip Rap.

Torneio Início

O primeiro ato da competição é o Torneio Início. O Feminino acontece na quinta-feira, 30 de agosto, enquanto o Masculino será realizado na sexta-feira, 31. Os jogos em sistema de mata-mata começam por volta das 19h e só terminam quando for conhecido o grande campeão. As partidas da fase de grupos da 8ª Copa Estrela do Norte começam na primeira semana de setembro.

 Texto e fotos: Emanuel Mendes Siqueira

Com o primeiro lote a R$ 10, ingressos para o SFC 4 já estão à venda

Já estão à venda os ingressos para a quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), que acontece neste sábado (1º/09), a partir das a partir das 20h, no Ginásio GM3, em Coari, distante 363 quilômetros de Manaus. O evento, que é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM), irá contar com nove super combates, sendo quatro disputas de cinturão.

Os ingressos para o SFC 4 já estão disponíveis na Academia Suar Fit, Mendes Clube e Conveniências Kelly, em Coari. As primeiras 500 entradas para a arquibancada serão vendidas no valor de R$ 10, depois o preço fixo do ingresso será de R$ 15. As cadeiras custam R$ 30. Para esta edição, será montada a Área Imperial, que sairá pelo valor de R$ 100, onde o público poderá contar com a comodidade de assistir ao evento em uma poltrona, além de serem servidos quitutes, refrigerantes e água mineral à vontade.

Os interessados terão até às 12h do dia do evento para adquirir seus ingressos de cadeira e arquibancada em qualquer um dos pontos físicos disponibilizados para a venda. Após esse horário, somente na bilheteria do SFC 4. Os passaportes para a Área Imperial poderão ser adquiridos apenas com o responsável pelo evento, através do telefone (97) 98120-4882.

De acordo com o organizador do evento, Bruno Guimarães, os ingressos para esta edição estão com preços bastante acessíveis.  “Queremos que a comunidade possa vir prestigiar o evento, que vai contar com combates emocionantes. Além disso, essa é uma oportunidade para que o público possa conhecer um pouco mais sobre o MMA e venha torcer pelos talentos da nossa terra. Garanto que quem for ao evento não irá se arrepender, porque tudo está sendo preparado com muito carinho profissionalismo”, afirmou.

Anouncer – Vencedor do prêmio Osvaldo Paquetá em 2017, Marcos Sabadin está confirmado para o SFC 4 e garante que vai agitar o público coariense. “É uma felicidade muito grande fazer parte dessa festa e poder sentir o calor do povo coariense. Tenho certeza que será uma grande noite e o evento promete, já que os duelos estão bastante acirrados”, destacou.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Izaias Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Anne Viriato – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

Vila Olímpica recebe 4ª etapa do Campeonato Amazonense de Tênis de Mesa neste fim de semana

Valendo a última chance para definir os campeões amazonenses de tênis de mesa em 2018, foi realizada neste fim de semana, sábado (25/08) e domingo (26/08), a quarta etapa do Campeonato Amazonense da modalidade, com a participação de 70 atletas. O evento ocorreu na Vila Olímpica de Manaus, localizada na avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste da capital.
De acordo com o presidente da Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTMA), Israel Barreto, o tênis de mesa tem evoluído bastante no Amazonas. “Esta competição atrai atletas de todas as idades e cada vez mais pessoas querem participar, e isso é muito bom. Daqui, vamos verificar quem são os campeões amazonenses e formar a seleção que vai competir o Brasileiro da modalidade em Santa Catarina, no período de 27/11 a 2/12 deste ano. Faremos treinamentos para que os atletas possam estar bem tecnicamente e fisicamente para competir, buscando sempre o melhor resultado para o Amazonas”, destacou.
Ao todo, 70 atletas participaram da competição, sendo 40 competidores do Pré-mirim ao Juvenil e 30 da categoria Juventude ao Sênior. Israel disse ainda que o foco são os atletas de base. “Além de servir para colocar em prática os treinamentos feitos nos clubes, o Amazonense é um grande meio para a descoberta de talentos e isso acontece principalmente a partir das categorias de base. O nível técnico dos maiores obviamente é maior, mas os atletas mais novos não têm deixado a desejar, uma vez que conseguem bons resultados em competições nacionais e, inclusive, alguns integram a Seleção Brasileira da modalidade”, afirmou.
Vencedora de três das quatro etapas do Amazonense de Tênis de Mesa na categoria super pré-mirim, a atleta da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal (APCEF), Flávia Alessandra, de 10 anos, disse estar muito feliz com o resultado. “Fiz duas partidas nesta competição e consegui conquistar o primeiro lugar. Acredito que fui crescendo ao longo dessa competição e estou muito feliz com essa conquista. Preciso melhorar a minha direita, então vou continuar treinando para melhorar mais e mais”, disse.
Evolução – Com um número crescente de adeptos, a Associação Manacapuruense de Tênis de Mesa (AMTM) foi uma das equipes que marcou presença no Campeonato Amazonense. De acordo com o técnico da AMTM, Márcio Delman, a tendência é expandir o esporte no município cada vez mais. “O tênis de mesa em Manacapuru já existia e começamos a intensificar os treinamentos e a participação nas competições de Manaus. Em seguida, resolvemos regularizar nossa situação frente à federação e tivemos um bom retorno da população, pois o esporte tem crescido muito no município”, disse.
Diante dos resultados, Delman explica que a briga pelo título é sempre acirrada. “Nossos atletas sempre que competem, conseguem participar do pódio, seja na primeira, segunda ou terceira colocação. Temos 20 atletas inscritos nesta etapa e cerca de cinco brigando diretamente pelo título amazonense e esse resultado é ótimo para a nossa equipe”, concluiu.
Confira os resultados da 4ª etapa do Campeonato Amazonense de Tênis de Mesa
Mirim
1 – Davi Souza
2 – Murillo Lopes
3 – André dias
3.- Milton Brelaz
Infantil
1 – Felipe Ikeda
2 -Luís Negreiros
3- Murillo Lopes
3 – Milton Brelaz
Juvenil
1 – Felipe Ikeda
2 – Adriel Farias
3 – Luís Negreiros
3 – Álvaro Brandão
Juventude
1 – Carlos Souza
2 – Keven Geber
3 – Matheus Costa
3 – Adriel Farias
Sênior
1 – Vivaldo Oliveira
2 – Ivan Guimarães
3 – Sandro Gomes
3 – Héctor Pereira
Veterano
1- Daniel Farias
2 – Ivan Guimarães
3 -Jeremias Vieira
3 – Jackes Coelho
Absoluto masculino
1 – Siddharta Almeida
2 – Israel Barreto
3 – Jean Costa
3 – André Muchier
Pré-mirim 
1 – Luane Teixeira
2 – Ingrid Campos
3 – lohana Ferreira
Super pré-mirim
1 – Flávia Almeida
2 – Carla Fonseca
3 – Ana Fonseca
Infantil Feminino
1 – Isabelle Guimarães
2 – Suzy Melo
3 – Clara Barroso
Juventude Feminino
1 – Jade Ferreira
2- Raquel Monteiro
3 – Jéssica Batista
Absoluto feminino
1 – Raquel Monteiro
2 – Isabelle Guimarães
3- Brenda Macena
3- Jade Ferreira
Fotos: Mauro Neto 

Amazonense de Judô para Iniciantes e por Equipes contou com 180 atletas na Vila Olímpica de Manaus

Com a participação de 180 atletas, foi realizado neste sábado (25/08), o Campeonato Amazonense de Judô para Iniciantes e Por Equipes, nos naipes masculino e feminino, na Vila Olímpica de Manaus, localizada na Avenida Pedro Teixeira, bairro Dom Pedro, zona Centro-Oeste da capital. O evento, que é organizado pela Federação de Judô do Amazonas (Fejama) e teve disputas durante todo o dia.

De acordo com o presidente da Fejama, Aldemir Duarte, a competição é fundamental para trabalhar as categorias de base. “Hoje nós temos atletas da faixa branca até a amarela, que são os iniciantes da modalidade. Essa competição serve principalmente para mostrar o trabalho que vem sendo realizado pelos clubes e centros de treinamento de Manaus, de modo que há uma interação entre os lutadores das academias, que hoje se enfrentam. Aqui estamos preparando os futuros campeões da nossa modalidade no Amazonas, que é referência no Brasil”, afirmou.

Um dos destaques da competição foi a pequena Williane Pedraça, de apenas 10 anos. Atleta da Associação Barbosa de Lutas Esportivas (Able), faixa cinza e praticante de judô há dois anos, ela foi campeã da categoria e é um nome que vai representar o Estado no Brasileiro, em Campo Grande – MS. Apaixonada pela modalidade, a judoca afirma que o esporte é pura disciplina. “Estou muito feliz com essa vitória. No início da luta foi difícil encaixar a pegada, mas consegui fazer um contragolpe e pontuei. O judô é muita disciplina, então me concentrei até entrar o golpe e ganhar o ponto. Agora eu vou focar e treinar para a próxima competição”, afirmou.

Além do Amazonense para Iniciantes, foi realizado também o Amazonense por Equipes, que contou com atletas de todas as idades e graduações. Quem levou a melhor na competição foi a equipe masculina da Associação Comunitária de Pais e Alunos de Judô do Amazonas (Acopajam), seguida dos atletas da Fort Judô Clube, que ficaram com o vice. No feminino, apenas a equipe da Academia Shogun foi inscrita, sendo a campeã do evento na categoria.

Premiação – Os atletas que alcançaram as três primeiras colocações de cada categoria foram premiados com medalhas de ouro, prata e bronze, respectivamente. Já as academias, que também participaram da competição por Equipes e fizeram o desafio 5 a 5, foram premiadas num ranking de primeiro ao terceiro lugar.

Fotos: Mauro Neto

Jefferson Araújo garante: ‘a torcida do Manaus FC pode esperar muitos gols’

Confirmado pela diretoria na última semana como novo reforço para a temporada 2019, o atacante Jefferson Araújo mandou um recado para a torcida do Gavião do Norte em sua primeira entrevista. “A torcida pode esperar bastante vontade, garra e muitos gols. Estou sendo contratado para fazer gols e é isso que eu pretendo fazer. Se Deus quiser, se Deus meu abençoar vai ser uma temporada muito boa”, avisou o artilheiro do Campeonato Amazonense de 2016 pelo Princesa do Solimões com nove bolas nas redes.

Paulista de Sorocaba, Jefferson Aparecido de Araújo Siqueira tem 29 anos e muita bagagem no mundo da bola. Sua última equipe foi o Al-Shorta Bagdad, mas o atleta já atuou no Treze-PB, Moto Club-MA, Santo André-SP, São Bento-SP, Uberaba-MG e Taubaté-SP, entre outros. No futebol amazonense, começou a mostrar seu valor no Nacional Borbense em 2015. Nos anos seguintes brilhou com as camisas do Princesa do Solimões, onde foi artilheiro do Estadual, e Nacional de Manaus.

Jefferson Araújo elogiou o planejamento da diretoria ao anunciar as renovações e contratações ainda no mês de agosto. Para ele, a organização do Gavião do Norte pode fazer a diferença na conquista dos objetivos no próximo ano. Em 2019, o Manaus FC disputará o Amazonense, a Copa Verde, a Copa do Brasil e a Série D do Brasileirão.

“Pelo planejamento que a diretoria está fazendo, pelas contratações que estão sendo feitas e pelos atletas que estão renovando o foco é o mesmo”, disse Jefferson Araújo, emendando. “Muito feliz em poder estar atuando nesse clube, que é um clube correto no Amazonas, um clube novo, mas acredito que hoje é o maior clube no Estado. Sempre quando a gente vai jogar num clube grande a gente fica muito feliz e comigo não é diferente. Estou com total confiança, quero chegar logo, por mim começava a pré-temporada hoje e a gente já começava a trabalhar”, concluiu o goleador.

 Texto: Emanuel Mendes

Foto: L7 Comunicação

Estreando a disputa pelo cinturão dos pesos Leves, Everton Vasconcelos e Zairo Garcia se enfrentam no SFC 4

Em um dos combates que promete abrilhantar a noite, Everton Vasconcelos e Zairo Garcias se enfrentam pela categoria Peso-Leve, na quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), que acontece no dia 1º de setembro, a partir das a partir das 20h, no Ginásio GM3, em Coari, distante 363 quilômetros de Manaus. O evento é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM).

Com um cartel de cinco lutas, sendo três vitórias e duas derrotas, o atleta da cidade de Tefé, Everton Vasconcelos, de 28 anos, se prepara para mais um combate em sua carreira e, dessa vez, disputando o cinturão da categoria. De acordo com ele, os treinamentos estão intensos. “Estou bastante focado e me dedicando muito aos treinamentos, que incluem MMA, boxe e jiu-jítsu. Sei que meu oponente é um cara duro, mas vou para a trocação e um de nós dois vai cair”, afirmou o lutador do CT Nova Geração.

Com três lutas em sua carreira e 100% de aproveitamento, Zairo Garcia, de 24 anos, também se prepara para estrear uma disputa de cinturão. “Estou concentrado e cheio de expectativas. Treino dia e noite para me preparar melhor e já consegui bater o peso, então estou tranquilo. Agora é só me preparar para a minha luta e buscar a vitória”, disse.

Com nove super combates, o SFC irá contar com a participação de atletas dos municípios de Coari, Manaus, Tefé e Manaquiri, sendo quatro disputas de cinturão.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Izaias Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson Ramos o Monstrinho – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Anne Viriato – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

Cavaliers vence por 19 a 13 e acaba com invencibilidade do North Lions

Em uma partida eletrizante, o Manaus Cavaliers venceu de virada na noite deste sábado (25/08), a equipe do North Lions, com um placar de 19 a 13. O duelo, que aconteceu no estádio Ismael Benigno (Colina), localizado no bairro São Raimundo, zona Oeste de Manaus, em rodada válida pelo Campeonato da Liga Nacional de Futebol Americano.

Quem começou a assistir ao jogo a partir do segundo quarto, teve quase certeza de que a dinastia Lions ia se manter e a equipe sairia com sua sexta vitória sobre o adversário, afinal, o Leão abriu o placar, fazendo o primeiro touchdown aos 7 minutos e, no segundo quarto, após uma interceptação e mais um gol, a partida ficou em 13 a 0. Entretanto, a partir da terceira etapa, o Cavaliers começou a reagir e só cresceu na partida.

Por interceptação, o camisa 24, Guilherme, abriu o placar para o Cavs, e Frank, camisa 8, chutou e fez gol, diminuindo o saldo em 13 a 7. O empate veio com mais uma interceptação realizada por Pedrosa, que furou a defesa do Lions pela direita e mexeu com toda a torcida presente. A virada surgiu com o Cavs avançando jardas, enquanto o Lions seguia cometendo faltas. Muito próximo da linha de gol, com um passe, Christophe Henrique, virou a partida e sacramentou a vitória em 19 a 13 para o menos favorito, já que o Lions é o atual campeão estadual.

De acordo com o presidente do Lions, Lucas Alencar, o Manaus Cavaliers jogou muito bem e mereceu a vitória. “Acredito que o Lions ainda é o melhor time, mas não trabalhou para vencer essa partida. Acho que vínhamos ganhando vários jogos, inclusive do Cavs, e isso acomodou um pouco mais a equipe, então faltou mais preparo de nossa parte. Para mim, o Cavs está de parabéns, pois o time que se prepara melhor, vence. Então, foi uma vitória merecida. Cometemos vários erros, mas vamos buscar inspiração e treinar mais focados, afinal, não tem nada perdido ainda” disse.

 Potencial – Feliz com a vitória, o técnico do Cavaliers, Dennis Prants, informou que vem realizando um trabalho psicológico com a equipe, já que é preciso estar bem em todos os sentidos para ter bom resultado. “O Cavs estava acostumado a perder, mas demos essa energizada psicológica para eles acreditarem, pois é necessário. Duelamos contra o melhor time e os atletas atuavam com medo, mas acreditamos em nosso potencial e mudamos a cara do jogo a partir do terceiro quarto quando, de fato, começamos a jogar o nosso Futebol Americano. Somos líderes do grupo 1, mas a partir de segunda-feira (27/08) vamos estudar nosso próximo adversário, que é o que fazemos sempre, e vamos em busca da vitória”, finalizou.

Fotos: Mauro Neto

Isaías Pará e Max Açaí duelam pelo cinturão dos Moscas no SFC 4

                Com duelo marcado para o próximo dia 1º de setembro, Israel Pará e Max Açaí disputam o cinturão dos Moscas na quarta edição do Suar Fight Championship (SFC), que acontece a partir das 20h, no Ginásio GM3, em Coari, município distante 363 quilômetros de Manaus. O evento é chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (CAMMA-AM). Além dessa disputa, mais três combates pelo cinturão de outras categorias  já são esperados.

                Aos 31 anos, o lutador da academia Nova Geração Silva, Max Açaí, se prepara para mais um desafio em sua carreira, dessa vez pela disputa do cinturão no peso Mosca no SFC 4. Natural de Manaus, o atleta morou em Coari por quatro anos e espera fazer bonito ao retornar para a cidade do gás. “Estou me preparando muito para conquistar meu objetivo, que é a vitória. Treino três vezes por dia e tenho evoluído bastante com os mestres Diego Battaglia e Ângelo (Carioca). Vou levantar a bandeira da minha academia e tenho certeza que eu e o meu adversário faremos uma grande luta”, destacou.

                Estreante na defesa do cinturão, Isaías Pará, de 26 anos, também se prepara para o combate. Com um cartel invejável de 16 lutas, sendo 14 vitórias e duas derrotas, ele diz estar pronto para o duelo. “Tive de perder bastante peso para lutar, mas aceitei esse desafio e já estou pronto para a batalha. Estou focado e só ficarei satisfeito quando trouxer o cinturão para casa. Conheço e respeito meu oponente, mas no octógono, é guerra. Vou dar o meu melhor, mostrar o meu trabalho e vencer essa luta”, avisou.

Nove super lutas já estão marcadas e integram o card do evento, que terá quatro disputas de cinturão e cinco lutas de tirar o fôlego, tudo isso com a presença do melhor anouncer do Brasil, Marcos Sabadin, eleito em 2017 como o melhor anouncer da categoria pelo prêmio Osvaldo Paquetá.

CONFIRA O CARD:

– Everton Vasconcelos X Zairo Garcia – Cinturão até 70 kg

– Jonathan Bin Laden X Samuel Rocha – Cinturão até 66 kg

– Izaias Pará X Max Açaí – Cinturão até 57 kg

– Bruno Souza X Elson “Monstrinho” Ramos – Cinturão até 52 kg

– Fábio Lima X Anne Viriato – 54 kg

– Adriano Castro X Marcelo Pontes – 66kg

– Paulo Vieira X Bartolomeu Cruz – 66kg

– Maurício Shogun X Arneilson Lima Fúria – 61kg

– Marildo Sombra X Ronaldo Açougueiro – 66kg.

 

 

 

Com luta de GP nos pesos Mosca e Leve, Rei da Selva Combat acontece no dia 1º de setembro

Para fazer ferver o Manaus Plaza, o Rei da Selva preparou para a sua 12ª edição, que acontece no dia primeiro de setembro, dois grandes GPs de MMA. Um pela categoria dos pesos-leves (até 70 kg), outro pelos pesos-mosca (até 57 kg).

Com quatro fortíssimos competidores em ambas as categorias, o Rei da Selva pretende manter sua hegemonia como grande torneio de “crias” da terra no Amazonas. Para isso, coloca frente a frente, no campeonato interno, estrelas em ascensão de renomadas academias locais. Após sorteio realizado, ficou definida a ordem dos confrontos. O GP (Grand Prix) funciona no seguinte esquema: três lutas acontecem. Duas eliminatórias e a decisiva. Confira o esquema de divisão dos combates do Rei da Selva 12.

Pelos pesos-leves no sorteio, a ordem e distribuição é a seguinte: Lucas Batista (Cosme Jr Team) enfrenta Diego Passos (OCS Monteiro) na primeira luta. Oberlan Silva (All Blacks/Oberlan Team) duela contra João Batista (MPBJJ/Nova União).

GP categoria Mosca: A primeira luta será entre Mauricio Freire (Coach Boxe Amazonas) contra Otaniran Matos (Vasconcelos Team). O vencedor de cada duelo faz a final pelo titulo.

Os GPs abrem a 12ª edição do Rei da Selva. O evento, que tem início previsto para às 19h, começa com os campeonatos e depois segue card normal, que conta ainda com sete lutas, incluindo dois desafios estaduais.

Ingressos

Os ingressos já estão à venda em valores que variam de R$ 40 a R$ 250. O mais barato é das cadeiras simples, na plateia. A cadeira VIP custa R$ 70 e o valor máximo é referente à mesa para quatro pessoas. Para maiores informações: (92) ‭98175-9845‬.

*Com informações da assessoria.

Fotos: Winnetou Almeida.

De virada, Seleção Brasileira de Futsal vence o Iranduba na Arena Amadeu Teixeira

Em um duelo cheio de grandes jogadas, a Seleção Brasileira de Futsal Feminino venceu, na noite de sábado (25/08), de virada, a equipe do Iranduba com um placar de 3 a 2. A partida foi realizada na Arena Poliesportiva do Amazonas (Amadeu Teixeira), localizada na avenida Constantino Nery, bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus e marcou a preparação do Brasil para o Sul-Americano da modalidade, que acontece em outubro, no Chile.

Logo no início do duelo, o Iranduba se fechou na defesa diante das adversárias. Apesar da pressão brasileira quando, aos cinco minutos, Vivi chutou de longe para tentar a primeira finalização, Elisa despontou e conseguiu abrir o placar para o time amazonense. Reação rápida do Brasil com Vivi, aos 11 minutos, que assinou o gol de empate. Mudanças no Iranduba e proveito da seleção canarinha aos 15 minutos, que arrancou a virada com Ana Luíza após um contra-ataque avassalador. Bola rolando e o Verdão resolveu mostrar a que veio com Djeni Becker, que aproveitou a jogada e igualou o marcador.

Na segunda etapa, o Iranduba continuava com a postura defensiva e mais uma vez, com Elisa, tentou repetir o gol, mas o Brasil estava atento e, após um contra-ataque rápido, Bia não contou conversa e balançou o fundo da rede amazonense. O jogo seguiu bastante pegado e com muitas oportunidades de finalizações. Ao fim da partida, a equipe verde e amarela havia estourado o limite de seis faltas e passou um sufoco para segurar o placar. Mayara e Laura tentaram, mas a goleira brasileira estava prestando atenção a cada movimento e impediu qualquer chance de virada. Placar final em 3 a 2 para o Brasil e triunfo das visitantes sobre o Iranduba.

Mesmo com o resultado, o comandante do Verdão disse que a equipe fez um bom jogo. “A equipe tem muito potencial, mas, por conta do Brasileirão, não teve tempo de treinar mais para o futsal, entretanto, foi uma bela partida. As meninas se posicionaram bem, tiveram uma boa movimentação em quadra e desenvolveram bastante durante todo o jogo, enfim, fizemos um belo espetáculo”, afirmou.

Abertura – Abrindo a programação esportiva na Arena, foi realizada uma partida amistosa entre as equipes Sub-20 do Iranduba e Sub-17 do Recanto. Campeã Amazonense de Futsal em 2017 e campeã do Torneio-Início em 2018, o Iranduba venceu o Recanto por 4 a 2 e garantiu mais uma vitória para o time.

Fotos: Mauro Neto