Notícias

Copa Pablo de Luta Livre acontece neste domingo (10), em Manaus

A Federação Amazonense de Submission (FASUB) está com inscrições abertas para a Copa Pablo de Luta Livre Esportiva. O evento acontecerá neste domingo (10), a partir das 9h, no Colégio da Polícia Militar Senador Evandro das Neves, localizado na Avenida da Felicidade Residencial Viver Melhor, Primeira Etapa, bairro Santa Etelvina , zona Norte de Manaus.

Foto: Divulgação

As inscrições no valor de R$ 25, podem ser feitas até quarta-feira (5), na sede da FASUB, localizada na Rua Ramos Ferreira, n. 2451, bairro Praça 14, zona Sul de Manaus.

Foto: Divulgação

Informações : (92) 992470538 ou (92) 992414082.

Amazonas encerra participação nos Jogos Universitários Brasileiros e fica na 11ª posição no ranking nacional

Chegou ao fim na segunda-feira (28/10), em Salvador, na Bahia, mais uma edição da etapa nacional dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), e o Amazonas ficou na 11ª posição no ranking nacional, divulgado pela Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU). Composta por 98 atletas amazonenses, que competiram em modalidades coletivas e individuais, masculino e feminino, a delegação contou com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, que cedeu parte das passagens aéreas para a competição.

O Amazonas conquistou uma medalha de ouro no karatê feminino, com a atleta Ana Júlia, da Faculdade La Salle; um 4° lugar no futsal feminino, com as jogadoras da Faculdade Maurício de Nassau/Manaus; e três equipes ficaram na 5° posição. Contabilizando os resultados, a pontuação deverá ser suficiente para melhorar o nivelamento diante das outras equipes e levar a Faud para o Top 10 no ranking universitário nacional.

Medalhista de ouro nos JUBs pelo Amazonas, a carateca Ana Júlia Ximenes falou da sua satisfação pessoal com o resultado alcançado. “Treinei bastante e me dediquei. Estou tendo o retorno de todo o sacrifício feito para chegar até aqui, e agora é hora de voltar pra casa com mais essa conquista e comemorar”.

Avaliação – Para a vice-presidente do Regional Norte da CBDU e presidente da Federação Amazonense Universitária de Desporto (Faud), Lilian Valente, a sensação com o término dos jogos é a de dever cumprido. “Não trouxemos tantas medalhas, mas com certeza melhoramos nossa posição no ranking, e isso é muito importante”, destacou, lembrou que o processo de evolução do desporto universitário é gradativo.

A competição – Em 2019, na fase final dos JUBs, 3.500 participantes dos 26 estados da Federação e o Distrito Federal, entre eles alunos-atletas e técnicos de 199 instituições de ensino, compuseram a festa do esporte universitário. Ao todo, foram 13 modalidades disputadas, entre elas basquete, basquete 3×3, cheerleading, e-games (Fifa e League of Legends), futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de quadra e acadêmico.

FOTOS: Mauro Neto

 

André “Zulu” contra Jânio Ratão: Adversários no tatame voltam a se enfrentar, desta vez na quarta edição do Jungle Classic

Por Greici Fernandes

Adversários de competições anteriores, Jânio Rodrigues (Orley Lobato) e André Zulu voltam a duelar nesta quarta edição do Jungle Classic Jiu-Jitsu, marcado para esta sexta-feira (1), a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus. Esta será a quarta vez que os dois faixas-preta se enfrentam no tatame.

André Martins, conhecido como “Zulu” foi escalado para substituir Jander Pinheiro. “Eu já lutei com o Jânio em quatro ocasiões, das quais ele venceu duas e eu duas. Estamos empatados. Meu treino de Jiu-Jitsu está sendo duas horas por dia, após isso faço o treino de corrida e um pouco de funcional. Estou me preparando, tenho certeza que será um combate acirrado! Obrigado pelo convite do Bosco Júnior “, declarou.

Jânio “Ratão”(a esquerda) e André “Zulu” (á direita) durante encarada. Foto: Fabi Campos/nopodio

O faixa preta revela que conheceu o jiu-jítsu através do amigo Rafael Cunha, primo do faixa preta Ney Cunha. “O Rafael queria treinar e o pai dele não deixava ele ir sozinho para a academia, porque ele era menor de idade. Então eu comecei a acompanhá-lo e o Ney Cunha me deu uma bolsa 100%. Fiquei de 1995 até o ano 2000, quando fechou a academia. Nessa época eu era faixa roxa e parei os treinos porque entrei para a Força Nacional. Retornei aos tatames em 2002 com meu mestre Fábio Aníbal”, relatou.

Detentor de importantes títulos no jiu-jítsu, Zulu “Eu não vivo do jiu-jitsu, mas auxilio meu mestre na academia com os treinos e também quando ele viaja.  Eu queria me dedicar somente a luta, mas tenho família e tenho que conciliar e administrar tudo”, desabafou.

Jânio Rodrigues, conhecido como “Ratão” começou à treinar na década de 90 na academia Orley Lobato. O faixa-preta quarto grau coleciona títulos de campeão pan-americano, amazonense, brasileiro e outros que engrenaram a carreira dele como atleta. Rodrigues disse que está bem otimista pra essa luta.

“Eu sou oriundo do Jiu-Jitsu, comecei a treinar no ano de 92, conquistei campeonatos em todas as faixas, sou competidor nato de jiu-jitsu. Voltaremos a disputar uma luta oficial após dois anos. O meu treinamento está sendo bem intensificado, estou fazendo funcional, buscando melhoras nos treinos para chegar no grande dia e sair vitorioso na luta”, explicou Rodrigues.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

 

Confira o Card do Jungle Classic 4.0

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 

1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

De volta às competições, Alysson Lima enfrenta Fúlvio Lobo no Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0

Após oito anos afastado das competições, Alysson Lima retorna aos tatames para enfrentar Fúlvio Lobo, em duelo inédito, na 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, marcado para o dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Estreante no evento, Alysson falou sobre a ansiedade em participar da competição. “Essa será a primeira vez que enfrentarei o Fúlvio. Ele é uma pessoa que eu sempre admirei, principalmente por seu modo de lutar. Estou me preparando com muita cautela para esse combate e sendo auxiliado por uma equipe de profissionais, pois venho de uma lesão. É um prazer fazer parte desse grandioso evento, então darei meu melhor para conquistar um bom resultado”, explicou.

Conciliando a rotina profissional (proprietário do Combinados Lanche), com os treinos de jiu-jítsu, Alysson falou sobre a paixão pela modalidade e como deu início aos treinos. “Eu comecei a praticar jiu-jítsu em 1989, no Clube Terraço, por influência do saudoso, professor Lúcio Menex. A arte suave sempre me ensinou coisas boas, inclusive a construir uma história de respeito aos adversários”, destacou.

O adversário de Alysson, Fúlvio Lobo também é estreante no evento. “ Fiquei sem competir durante muito tempo, salvo algumas participações em campeonatos pequenos por diversão. Essa será a primeira vez que enfrentarei o Alysson e estou treinando com muita intensidade. Espero fazer uma boa luta e conseguir um resultado positivo”, afirmou.

O veterano começou a treinar por incentivo da mãe, no ano de 1990, na equipe Monteiro. “Minha história é bem extensa, afinal de contas, são quase 30 anos de jiu-jítsu. São muitas alegrias, vitórias, amizades. Enfim, tive o privilégio de conquistar alguns títulos estaduais, regionais e nacionais”, contou.

Casado e pai da Giovanna, 14, e do Guilherme, 13, ele explica a importância da modalidade. “Jiu-jítsu é o esporte que amo, tenho a alegria de ter minha família envolvida no esporte. É um estilo saudável de vida, onde fazemos amizades que acabam se tornando família também”, finalizou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Com show de técnicas e combates, veteranos fecham com chave de ouro o Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0

Com 16 super combates, foi realizada na noite desta sexta-feira (1°/11), a 4° edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu, competição que movimentou o cenário de lutas em Manaus. Focados no melhor resultado, os 32 competidores deram o sangue para conquistar a vitória e mostraram um show de técnicas e habilidade, tornando esta a melhor edição dos últimos tempos. O evento ocorreu no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul da capital.

Na primeira luta da noite, Beto Albuquerque (Valois) venceu Luís Pinto (HBJ) por 2 a 0, pontuação esta conquistada após uma queda. Em seguida, foi a vez de Luís Neto (LN Lifestyle) vencer Tom Agra (HBJ), por decisão dos árbitros. Já o representante da equipe Team Sidney Lima, Roterdan de Abreu, garantiu a vitória sobre José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu) por um placar de 2 a 0, conquistados com uma queda.

Em um dos combates mais emocionantes da noite, Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu) venceu Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) por duas vantagens. Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) e Luiz Mário (Monteiro) também carimbaram os nomes entre os melhores, em uma luta que terminou sem pontuação. No fim dos seis minutos, os jurados optaram por dar a vitória ao representante da Ribeiro JJ.

Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight) venceu Ret Viana (Ret Viana) na decisão dos árbitros e Robert Castro (GFTeam Norte Fight) garantiu a vitória sobre Gláucio Mendonça (Acopajam) por uma vantagem. Da mesma forma fez Mário Bingola (Mário Bingola), que levou a melhor sobre Daniel Freitas (CF Daniel Freitas), por uma vantagem.

Extremamente movimentada, a luta entre Fúlvio Lobo (Monteiro) e Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) levou o público ao delírio. Na ocasião, Alysson acabou fraturando o nariz, obrigando os médicos a interromperem o combate. Já o representante da equipe Aníbal Jiu-Jítsu, André Zulú, derrotou Jânio Rodrigues (Orley Lobato) por duas vantagens.


A luta polêmica entre Mauro Moura (AJ Jiu-Jítsu) e Maurício Titão (HBJ) teve como resultado a desclassificação do representante da HBJ, que aplicou um golpe considerado ilegal na competição. Alex Muceda (Aníbal) venceu Emerson Carvalho (Orley Lobato) na decisão dos árbitros. Dawglish Souza (Pina) e Dinor Castelo Branco (AJ Jiu-Jítsu) esbanjaram técnica e resistência. A vitória, por decisão dos jurados, acabou ficando com Dawglish.

Mostrando que talento é coisa de família, Abrahim Júnior (Monteiro) derrotou Josafá Júnior (Team Cardoso) com uma queda, que lhe renderam dois pontos. Somando a alegria da Monteiro, Anderson Lobato venceu Júnior Cardoso (Team Cardoso) na decisão dos árbitros. Na luta mais esperada da noite, José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) e Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu), protagonizaram um verdadeiro espetáculo de jiu-jítsu para o público. Como resultado, ‘Gato’ sagrou-se campeão após Fredson receber uma punição.

Confira os resultados

1 – Beto Albuquerque (Valois) venceu Luís Pinto (HBJ) por pontos (2 a 0)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) venceu Tom Agra (HBJ) na Decisão dos árbitros

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) Venceu José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu) por pontos (2 a 0)

4 – Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu) venceu Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) por  vantagem (2 a 0)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) venceu Luiz Mário (Monteiro) na decisão dos árbitros

6 – Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight) venceu Ret Viana (Ret Viana) na decisão dos árbitros

Robert Castro (GFTeam Norte Fight) venceu Gláucio Mendonça (Acopajam) por vantagem ( 1 a 0)

8 – Mário Bingola (Mário Bingola) venceu Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) por  vantagem (1 a 0)

9 – Fúlvio Lobo (Monteiro) venceu Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) por interrupção médica

10 – André Zulú (Aníbal JJ) venceu Jânio Rodrigues (Orley Lobato) por vantagem (2 a 0)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) venceu Maurício Titão (HBJ) por desclassificação

12 – Alex Muceda (Aníbal) venceu Emerson Carvalho (Orley Lobato) na decisão dos jurados

13 – Dawglish Souza (Pina) Venceu Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu) na decisão dos árbitros

14 – Abrahim Júnior (Monteiro) venceu Josafá Júnior (Team Cardoso) por pontos ( 2 a 0)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) venceu Junior Cardoso (Team Cardoso) na decisão dos árbitros

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) venceu Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu) por punição (-1 )

 

Foto de capa: Lorena Furtado

Fotos: Fabrícia Campos

Segundo dia dos JUBs foi marcado por vitórias no basquete e voleibol amazonenses

O segundo dia de competições dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), evento coordenado pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e que acontece na cidade de Salvador, na Bahia, no período de 21 a 28 de outubro. Dessa vez as vitórias foram das equipes de basquete feminino do Centro Integrado de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa) e voleibol masculino da Uninilton Lins, na quarta-feira (23/10). A delegação amazonense conta com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, que cedeu parte das passagens aéreas para as disputas.

Com superioridade, a equipe de vôlei da Uninilton Lins atropelou os anfitriões da Centro Universitário do Instituto Social da Bahia (Unisba) e venceu a partida por 3 sets a 0. Da mesma forma, o basquete feminino deu o seu recado e venceu o time da casa, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), por 58 a 52. Com os resultados, as equipes seguem firmes na etapa classificatória da competição.

Para o ponteiro do time de vôlei, Alessander Santos, o grupo conseguiu ter domínio dos sets, o que culminou com a vitória sobre o adversário. “O time está confiante, determinado, treinamos muito para estar aqui e vamos buscar nada menos que o ouro. Sabemos das dificuldades, do alto nível da competição, mas nos preparamos e vamos continuar realizando um bom trabalho em grupo, para que essa seja a primeira de muitas conquistas nesses JUBs”.

No basquete, a atleta e armadora da equipe, Camila Reis, considerou a vitória importante para o time se focar ainda mais nas próximas partidas. “Não foi um jogo fácil, mas conseguimos vencer uma equipe boa. O próximo jogo será contra um forte adversário, mas vamos buscar ajustar o que precisar ser corrigido, para ter um resultado tão bom quanto o do primeiro jogo”.

De acordo com o técnico do basquete feminino do Ciesa, Bruno Parente, o time não teve o desempenho esperado, mas ainda sim conquistou uma vitória, o que é algo bastante positivo. “O jogo foi muito aquém do esperado, acredito que por conta do nervosismo da estreia. Para o próximo duelo, buscaremos diminuir a quantidade de erros para que possamos ter um jogo de igual para igual com o time de Brasília”.

Em 2019, na fase final dos JUBs, 3.500 participantes dos 26 Estados da Federação e o Distrito Federal, entre eles alunos-atletas e técnicos de 199 instituições de ensino, compõem a festa do esporte universitário. Ao todo serão 13 modalidades disputadas como basquete, basquete 3×3, cheerleading, e-games (Fifa e League of Legends), futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de quadra e acadêmico.

Próximas disputas – Na quinta-feira (24/10), continuam as disputas nas modalidades coletivas com vôlei masculino, basquete feminino, futsal feminino e handebol masculino, assim como os duelos de karatê e judô, a natação e o vôlei de praia.

FOTOS: Mauro Neto

Jungle Classic Jiu-Jitsu 4.0 contará com duelo entre Pedro Mardem e Alex Gil

Com um card de 32 lutadores a edição do Jungle Classic 4.0 promete incendiar o cenário das lutas em Manaus. Entre as feras escaladas para este lançamento, estão Pedro Mardem e Alex Gil. A dupla fará um dos combates mais esperados do evento, que acontece dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Há dois anos sem competir o atleta Pedro Mardem vem intensificando os treinos de jiu-jítsu de olho na vitória sob seu oponente. “Estou treinando desde que recebi o convite para lutar o evento. Pra mim, é uma honra participar desta competição grandiosa que surgiu para valorizar os lutadores veteranos do jiu-jítsu”, explicou.

Pedro Mardem e Alex Gil durante encarada do Jungle Classic Jiu-Jitsu                                                            Fotos: Fabi Campos/nopodio

Natural de Manaus, Mardem mudou para a cidade de Boa Vista (RR), onde construiu família e a carreira de sucesso. O faixa preta concilia a rotina profissional com as aulas de jiu-jítsu. “Estou defendendo a bandeira da GH Roraima. Foi aqui que eu construí família e fui acolhido com muito respeito, carinho e oportunidade”, revelou.

Casado e pai do João Antônio, revela como conheceu a arte suave. “Comecei A treinar em 1990, através de um grande amigo da família e excelente lutador e treinador Jiu-Jitsu, o Danilo Bauer. Foi ele que me apresentou ao saudoso e eterno professor Lucio Manax. Depois fui treinar com o Macelo Alves  e no decorrer dos anos tive grandes professores como Cristiano Carioca. Assim aprendi o Jiu-Jitsu Geração de Ouro”, declarou Mardem.

O adversário de Mardem, Alex Gil também fará sua estréia no Jungle Classic.

“Há quatro anos tenho treinado de domingo à domingo para desenvolver cada vez mais a minha técnica e a minha mente. Ao anunciarem este desafio, mantive minha rotina de treino e agora tenho contado inclusive com os treinamentos de wrestling do professor Waldeci Silva”, revelou.

Alex começou a treinar jiu-jitsu em 1994, na equipe Monteiro. “Treinei na Monteiro ao lado de grandes nomes da modalidade, como Antônio Neto, Wiliam Couto, Almério Augusto, Matheus Segadilha e Xande Ribeiro. Depois, passei dez anos afastado dos tatames por conta da carreira musical. Hoje represento a Ribeiro Jiu-jitsu e sou fundador da marca Take it Easy – Natural Jiu-Jitsu”, explicou.

Conciliando a vida de professor de jiu-jitsu, músico e publicitário, Alex revela a paixão pela luta. “Sou fascinado pelo estudo da arte suave. Vivo o jiu-jitsu 24 horas por dia. Considero inesquecível todos os dias que passo treinando com meus filhos e companheiros de equipe”, declarou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados:  Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

 

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0

1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

Jr. Cardoso e Anderson Lobato “Bodão” se preparam para o Jungle Classic com muito treino, preparação e expectativa

Ás véspera de um dos maiores eventos esportivos da região que reunirá os gigantes da arte suave no tatame, o Jungle Classic Jiu-Jitsu vai apresentar a luta de dois grandes lutadores que fazem parte da classe dos “Cascas-grossas” da luta. O espetáculo acontecerá nesta sexta-feira, dia 1°, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, Nº 2.100, Chapada, zona centro-Sul de Manaus.

Nesta temporada, o lutador Anderson Lobato, conhecido como “Bodão” (Associação Monteiro de Jiu-Jitsu) enfrenta Junior Cardoso (Team Cardoso). Dois grandes atletas renomados treinam pesado para fazer uma grande apresentação no evento. Segundo Anderson os treinos tem sido intensificado sem intervalo de descanso para as competições. Neste ano, o atleta participou de campeonatos regionais e nacionais e conta que está sendo bem preparado para esse combate esperado.

Lutadores durante a pesagem ocorrida no último dia 26 de outubro                                                          Fotos: Fabi Campos/nopodio

“Venho me preparando de forma intensa para essa luta que vai acontecer no Jungle Classic. Estou treinando e fazendo a minha preparação física de forma profissional para levar essa vitória. O jiu-jitsu é o meu meio de vida alternativo. Com ele, eu alinho a minha vida, trabalho e as viagens em competições”, explicou Anderson que afirma está preparado para o combate.

Lobato foi campeão em vários eventos esportivos na capital, este ano, e vem se preparando também para competir o Sul-americano na cidade de São Paulo em novembro.

Voltando a atenção para a arte suave, Junior Cardoso, passou os últimos dez anos voltado para o MMA, na função de treinador profissional de atletas. Competidor de outras edições do Jungle Classic, Cardoso aceitou o convite pelo formato do evento que agrega valores para a geração que gosta de sentir a adrenalina das competições.

Junior Cardoso durante a encarada do Jungle Classic Jiu-jitsu                                                                             Fotos: Fabi Campos/nopodio

“Nos últimos tempo me mantenho em treinos e me sinto bem preparado para entrar nesta luta e fazer uma apresentação interessante para quer for assistir o nosso espetáculo. Estou muito feliz, fazendo algo que eu amo muito, que é o jiu-jitsu. Vou tentar lutar e mostrar o melhor que eu puder. O resultado saberemos quando acabar o tempo”, finalizou o lutador.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados:  Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Outras informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

 

Confira o Card do Jungle Classic 4.0

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 

1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)

 

Vôlei feminino do Amazonas estreia com vitória no primeiro dia de competições dos JUBs

O primeiro dia de competições da etapa final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), na terça-feira (22/10), começou com vitória do Amazonas. O time de voleibol feminino do Centro Integrado de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa) venceu a equipe da Faculdade Alfredo Nasser (Unifan), de Goiânia, por 3 sets a 1. A delegação amazonense conta com o apoio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, que cedeu parte das passagens aéreas para as disputas.
 
A competição, que é organizada pela Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU) e está sendo realizada na cidade de Salvador, na Bahia, de 21 a 28 de outubro, teve ainda partidas de vôlei, futsal masculino e handebol feminino.
 
Com parciais de 25 a 16, 25 a 17, 15 a 25 e 25 a 19, o vôlei feminino deu show de participação. Com superioridade, o time amazonense conquistou o seu espaço e set a set foi impondo ritmo ao jogo. Para a ponteira Ana Paula Gens, de 19 anos, vencer o primeiro jogo é um estímulo a mais em qualquer competição.
 
“Sabemos que nesta fase somente as melhores equipes se classificam, logo o nível técnico também sobe. O resultado da primeira partida foi extremamente positivo e isso nos faz querer melhorar ainda mais. Estamos focadas e treinamos bastante para chegar até aqui”, afirmou a estudante de gastronomia, que participa pela primeira vez dos JUBs.
Para o técnico da equipe, Ângelo Nascimento, o time teve um excelente volume de jogo, o que rendeu bastante e ajudou no resultado positivo. “Sempre falo para as meninas que ataque faz ponto e defesa ganha jogo. Então, em nossa primeira partida, pudemos fazer ambos e garantimos a vitória nesse primeiro desafio”, explicou ele, que já prepara a equipe para o próximo duelo, contra o time do Ceará.
 
Determinação – De acordo com o presidente da delegação do Amazonas, Auricélio Andrade, as equipes estão bastante determinadas em chegar às finais da competição e trazer títulos para o Amazonas. “No primeiro dia, já deu para sentir um pouco da intensidade dos jogos. Conquistamos uma vitória, mas muitas coisas ainda irão acontecer. Então, é buscar melhorar e ajustar o que precisa ser corrigido”, destacou.
 
Em 2019, na fase final dos JUBs, 3.500 participantes dos 26 Estados da Federação e o Distrito Federal, entre eles alunos-atletas e técnicos de 199 instituições de ensino, compõem a festa do esporte universitário. Ao todo serão 13 modalidades disputadas, como basquete, basquete 3×3, cheerleading, e-games (Fifa e League of Legends), futsal, handebol, judô, karatê, natação, vôlei, vôlei de quadra e acadêmico.
 
Próximas disputas – Na quarta-feira (23/10), continuam as disputas nas modalidades coletivas, com estreias das equipes amazonenses nas modalidades handebol masculino, futsal feminino, basquete feminino, voleibol masculino e vôlei de praia, em ambos os naipes. Além disso, terão início os duelos de karatê e judô, e a natação.
 
FOTOS: MAURO NETO

 

Campeão da primeira edição, Maurício Titão vai enfrentar Mauro Moura no Jungle Classic Jiu-Jítsu 4.0

Maurício Titão está de volta ao Jungle Classic Jiu-Jítsu e desta vez vai enfrentar o experiente lutador Mário Moura, em um dos combates mais esperados desta 4° edição, que está marcada para o dia 1º de novembro, a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus.

Essa será a primeira vez que Titão, 47, enfrenta Mauro Moura. O lutador participou da primeira edição e venceu Daniel Freitas. “Eu tenho me dedicado exclusivamente ao evento. Tenho certeza que será uma ótima luta, limpa e honesta. Estou muito focado nos treinos, trabalhando resistência, aprimorando técnicas, estudando o adversário e o seu estilo de luta, para montar uma estratégia. A alimentação está balanceada, horas de sono adequadas, respeitando sempre meu limite físico, procurando nas horas vagas fazer uma higiene psicológica, para que nada externo tire a minha concentração. No mais, vida segue normal, trabalhando, estudando, sendo pai, marido e filho”, explicou.

Titão concilia a rotina de professor de jiu-jítsu, com a atividade de professor de Educação Física da rede Municipal. “Infelizmente não vivo do jiu-jítsu, mas sim da minha profissão como professor de Educação Física. Possuo um projeto social chamado Formiga Atômica, onde ensino a arte suave para crianças de 4 a 14 anos”, contou.

Casado com a psicóloga e faixa azul de jiu-jítsu, Luana Araújo, e pai da faixa laranja, Lucilly Araújo, 15, o atleta faz questão de apresentar a luta aos familiares e amigos. “Comecei a treinar aos 13 anos de idade, por incentivo do meu irmão Marco Araújo, sempre fazendo parte da equipe HBJ. Eu me identifiquei com a modalidade e levei como filosofia de vida. O jiu-jítsu é a minha vida, é onde tenho paz dentro de um tatame e por isso levo amigos e familiares para praticar o esporte. É que me realizo como profissional e esportista”, afirmou.

Feliz com a oportunidade de participar do evento, o lutador elogiou a competição destinada aos veteranos. “É um evento diferenciado, mais elitizado, onde todos os competidores estão em evidência, todas as lutas sempre muito esperadas. Isso para nós, da arte suave, é muito gratificante, pois dá a oportunidade de atletas que há tempos não competiam, voltar a lutar. Assim como também é uma oportunidade para que a nova geração conheça a raiz do jiu-jítsu amazonense”, ressaltou.

Campeão em todas as faixas, Titão lembrou que foi por meio da luta que conheceu várias cidades. “O jiu-jítsu representa a minha vida, pois foi por meio dele que me tornei um profissional reconhecido e respeitado, tanto na luta quanto na educação. A arte suave é o meu estilo de vida e em tudo ela está envolvida. Minha filha, minha esposa e meus melhores amigos são da luta, assim como o meu Mestre Humberto Barbosa, entre outros. A luta me levou a diferentes cidades, inclusive morei no Rio de Janeiro um período e isso devo ao mestre Osvaldo Alves”, recordou.

Há dois anos sem competir, Mauro Moura fará sua estreia no Jungle Classic. “Estou bem preparado para este duelo, faço treino físico e técnico. Fico feliz com o convite para participar deste evento e tenho certeza que proporcionaremos ao público um grande espetáculo”, relatou.

De acordo com o faixa preta, o início nas lutas foi aos 15 anos de idade. “Um amigo me convidou, e eu gostei muito. Comecei a me destacar na categoria médio e conquistei vários títulos importantes”, explicou.

Mauro, que foi consagrado um dos maiores lutadores da época, hoje concilia a rotina de treino com a de funcionário público. “O jiu-jítsu para mim é uma filosofia de vida. Uma forma de testar meus limites, controlar meus medos e descarga de adrenalina. Usual para o meu trabalho”, ressaltou.

Ingressos e pontos de vendas – Limitados, os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos pelo valor de R$ 70 (cadeira VIP) e R$ 1.000 (mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Grano & Grão, no 1º piso do Manaus Plaza Shopping; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (Fajjpro), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

CONFIRA O CARD DO JUNGLE CLASSIC 4.0 

Manaus Plaza Shopping, Sexta-Feira, 01 de novembro 2019

 1 – Luís Rocha (HBJ) X Beto Albuquerque (Valois)

2 – Luís Neto (LN Lifestyle) X Tom Agra (HBJ)

3 – Roterdan de Abreu (Team Sidney Lima) X José Simite (Studio HR Jiu-Jítsu)

4 – Pedro Mardem (Gracie Humaitá Roraima) X Alex Gil (Ribeiro Jiu-Jítsu)

5 – Alex Sales (AS Team / Team Cardoso) X Luiz Mário (Monteiro)

6 – Ret Viana (Ret Viana) X Ronaldo Mascarenhas (GFTeamNeteFight)

7 – Gláucio Mendonça (Acopajam) X Robert Castro (GFTeam Norte Fight)

8 – Daniel Freitas (CF Daniel Freitas) X Mário Bingola (Mário Bingola)

9 – Alysson Lima (Valois / Jorge Clay Bronks) X Fúlvio Lobo (Monteiro)

10 – Jânio Rodrigues (Orley Lobato) X André Zulú (Aníbal JJ)

11 – Mauro Moura (AJ Jiu-jítsu) x Maurício Titão (HBJ)

12 – Emerson Carvalho (Orley Lobato) X Alex Muceda (Aníbal)

13 – Dawglish Souza (Pina) X Dinor C. Branco (AJ Jiu-Jítsu)

14 – Josafá Júnior (Team Cardoso) X Abrahim Júnior (Monteiro)

15 – Anderson Lobato (Monteiro) X Junior Cardoso (Team Cardoso)

16 – José Augusto (Orley / AGBJJ / Stars) X Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu)