Conheça o Projeto Nandinho que vem transformando a vida de muitos jovens

Uma garagem, várias técnicas e muita força de vontade. Assim começou o Projeto Nandinho, inicialmente chamado de “Ferinhas do jiu-jitsu”, idealizado em fevereiro de 2011 pelo investigador do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), Melquisedeque Galvão.

Foram meses de treinos na garagem da vizinha, até o aluno Fernando Queiroz iniciar os treinos e comentar com a mãe o calor que fazia no local.

De acordo com dona Mariana Quieroz, mãe do Nandinho, o filho reclamou que a garagem onde aconteciam os treinos era muito quente. Foi aí que resolveu ceder um espaço na casa para realizar os treinos, localizado no conjunto Osvaldo Frota, bairro Cidade Nova, zona Norte de Manaus.

No ano seguinte, uma fatalidade abalou a equipe. Fernandinho foi assassinado aos 17 anos. O “Ferinhas do Jiu-Jitsu”, passou então a ser chamado de “Projeto Nandinho.

“A presença desses atletas aqui me fortalece, é uma forma de manter vivo a lembrança e o nome do meu filho. É bom para esses jovens se manterem no esporte, porque hoje o dia o mundo está tão cruel, eles devem se dedicar ao esporte. Nessa caminhada o que mais me conforta é saber que cada um desses atletas leva o nome do meu filho”, declarou.

A equipe se consagra como uma das maiores do Amazonas e é presença constante nas disputas de jiu-jitsu e submission. Em 2015, por exemplo, foram 38 competições, equivalente a três campeonatos por mês. Os resultados são bastante positivo, já que nas diversas competições a equipe se consagra como campeã e os atletas ocupam o lugar mais alto do pódio, arrastando categorias de peso e absoluto. No campeonato Brasileiro realizado em São Paulo, foram 12 campeões.

O Projeto Nandinho conta com 200 atletas e três equipes filiais. Os treinos acontecem de segunda a sexta-feira, nos horários de 9h, 16h, 18h, 19h e 21h30. Aos sábados quando não há competição os treinos acontecem pela manhã. Além do professor Melquisedeque, os professores Ronaldo Mascarenhas e David dão aulas de jiu-jitsu.

Melquisedeque começou a treinar jiu-jitsu em 1998 com o professor Fabio Aníbal. Em 2006 passou a treinar com Matheus Segadilha. A graduação de faixa preta, veio do professor Ronie Melo. ”Sou grato a todos que fizeram parte da minha vida esportiva, aprendi muito. Hoje tenho minha equipe e graças a Deus está dando tudo certo”, explicou.

Pai do Micael (12) e da Samir (16), e marido da Debora, Melqui revela que o apoio da família é fundamental para seguir adiante com o projeto. Segundo o professor, muitas vezes acontece de atletas deixarem de competir por falta de dinheiro para inscrição. “Temos muitos atletas bons, mas infelizmente, às vezes ficam de fora da competição por falta de dinheiro. Não é só inscrição que um atleta precisa, mas R$ 30, R$50 reais já ajuda bastante. As pessoas acham que apoiar um atleta sai caro, mas não é assim, as vezes com esse valor já consegue ajudar muita gente”, explicou.

Quem quiser conhecer mais sobre o Projeto Nandinho e quiser colaborar , pode entrar em contato através do telefone (92) 99370-4939.

Graduada a faixa marrom de jiu-jitsu, Franciele projeta estreia no Grand Slam

Curtindo uma grande fase da carreira, a atleta do Projeto Nandinho, Franciele Nascimento foi graduada a faixa marrom de jiu-jitsu, pelo professor Melquisedeque Galvão, na última terça-feira, dia 13.

Feliz com a graduação, a atleta intensifica os treinos de olho no Grand Slam, evento organizado pela UAE Jiu-Jitsu Federation e que acontece nos dias 12 e 13 de novembro, no Rio de Janeiro.

O Grand Slam iniciou nos dias 3 e 4 de setembro, em Los Angeles, Estados Unidos. No dia 23 de outubro, o evento passará por Tóquio (JAP). Chega ao Rio de Janeiro, nos dias 12 e 13 de novembro. Depois será a vez de Abu Dhabi (EAU), nos dias 12 e 13 de janeiro, e por fim Londres, na Inglaterra, dia 18 de março, onde ele termina.

“Essa conquista veio através de esforço, ainda não caiu a ficha, mas estou muito feliz. Isso é resultado de muito treino e dedicação. Agora é intensificar ainda mais os treinos, focando a técnica e força para obter um bom resultado no Grand Slam”, declarou Fran.

Pesagem do Gladiator Fight acontece hoje a noite na praça de alimentação do Manaus Plaza Shopping

Os lutadores que participarão do Gladiator Fight, marcado para esta sexta-feira, dia 9, às 19h, no Centro de Convenções do Plaza Shopping, subirão na balança na noite de hoje, dia 8, às 19h, na praça de alimentação do Manaus Plaza Shopping.

Entre as feras que compõem o card, está Franciele Nascimento (Projeto Nandinho) que defenderá o cinturão na luta contra Larissa Raywry. “O Gladiator Fight é um evento que reúne os melhores atletas de jiu-jitsu e submission. Eu sou atual detentora do cinturão e vou defende-lo como uma mae defende o filho”, declarou Fran.

Os ingressos para o Gladiator Fight custam R$ 20,00 cadeira e R$ 40,00 vip. Mais informações: (92) 99370-4939

Vai encarar? Patrícia Adria no Amazon Talent 5

A lutadora Patrícia Adria, 20, será um os destaques da quinta edição do Amazon Talent, marcado para o dia 1 de setembro, a partir das 20h, no Sport Bar, Rua Rio Madeira, conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, Zona Centro Sul de Manaus. Patrícia vai enfrentar Rosana Vasconcelos (Pesadao Rio Preto) na disputa pela categoria até 52kg (palha).

A atleta estreou no MMA, em julho deste ano e derrotou Paula Rocha por nocaute técnico, no evento Dantas Fight, realizado em Tefé, município distante 78 quilômetros em linha reta de Manaus.

O que chama a atenção é o tamanho da lutadora que tem apenas 1m50 de altura e 52 quilos. Pequena e muito determinada, a faixa roxa de jiu-jitsu do Projeto Nandinho vem se destacando nas diversas competições da modalidade e já é vista como uma das grandes promessas do MMA, comprovando que tamanho não é documento.

Sondada para lutar vários eventos, a atleta confirmou o confronto contra a lutadora de muay thai, Joice Mara, na decima edição do Big Way Fight, que será realizado no dia 22 outubro, na Arena Amadeu Teixeira, zona Centro-Oeste da cidade.

O primeiro contato com a luta foi através do pai, Erick Moura, faixa marrom de jiu-jitsu. Além da “arte suave”, Patrícia chegou a treinar judô, onde conquistou o titulo de campeã amazonense. “Fui campeã amazonense de judô, mas parei os treinos. Foquei no jiu-jitsu e hoje minha preparação está mais voltada para o MMA”, explicou.

Assim como Ketlen “Fenômeno” que entrou para o UFC, Patrícia também almeja chegar ao maior evento de MMA do mundo, para isso a atleta treina cerca de cinco horas por dia, de segunda-feira a sábado. “Não devemos desistir, temos que acreditar nos nossos sonhos, se a gente se dedicar e treinar, vai chegar longe. Eu tenho uma frase que levo sempre comigo: Nunca foi sorte, sempre foi Deus”, declarou.

Patrocinadores: Academia Physical Wellness , Krom Suplementos , Cred Moveis Tefé , JP Design , São Pedro Ferragens.

Por: Greici Fernandes

Foto: Divulgação

Conheça a lutadora que é uma grande promessa do MMA no Amazonas

Franciele Nascimento. Anote esse nome, pois você ainda vai ouvir falar muito desta lutadora. Faixa roxa de jiu-jitsu, do Projeto Nandinho e com apenas seis meses focada no MMA, a atleta possui duas vitórias e uma derrota.

O segundo semestre reservam grandes desafios, a começar pelo evento Jacaré Submission Combat, que acontece no dia 20 de agosto, às 19h, na Arena Amadeu Teixeira, zona Centro-Oeste de Manaus. Na ocasião a atleta enfrentará Maysa Ladislau na disputa pela categoria até 65kg.

No dia 27 de Agosto, Franciele enfrentará sua algoz, Estefani Almeida na disputa pelo cinturão do peso mosca do evento Mr. Cage 23, que acontecerá às 19h, na Arena Amadeu Teixeira.

Franciele vem de derrota para Estefani no Mr. Cage 20, realizado em dezembro do ano passado. . “Eu não me deixei dominar pela derrota, para mim foi um aprendizado, até porque eu tinha pouco tempo treinando MMA, só me preparei um mês. Dessa vez vou impor meu jogo, vou partir para a trocação. Ela é boa em cima e em baixo, mas confio no meu jogo”, declarou.

No dia 1 de Setembro, a atleta lutará o Amazon Talent, que acontecerá no Sport Bar e no dia 9 de Setembro, o Gladiator Fight, que acontece no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping.

Vitórias no MMA

A sétima edição do Rei da Selva, realizada no dia 21 de maio, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, consagrou Franciele como campeã ao derrotar Jéssica Luanna (Samurai Top Team) por finalização no primeiro round, na divisão peso mosca.

A vitória sobre Fabiolane por finalização com um mata-leao aos 2m16s do primeiro round, na categoria até 61kg, no Big Way Fight 2, realizada no dia 22 de Julho, no Sport Bar, consolidou Franciele como umas das lutadoras favoritas do Amazonas.

Vida dedicada a luta
Apaixonada por lutas, Franciele deixou a família e foi morar no alojamento da academia Projeto Nandinho, sob os cuidados do faixa preta de jiu-jitsu e faixa marrom de luta-livre, Melquisedeque Galvão.

“A Fran é uma menina muito disciplinada e sabe onde quer chegar, dá duro para conquistar as vitórias que tem. Acredito muito na disciplina e no foco dela, logo estaremos vendo ela lutar eventos no Brasil e no mundo a fora”, elogiou.

A faixa roxa de jiu-jitsu revela que seu maior desejo é lutar o UFC e não poupará esforço para chegar onde almeja. “O público gosta muito de luta feminina, mas é um meio escasso, são poucas mulheres que lutam. Eu amo o que faço e terei uma grande trajetória no MMA. Treino muito para isso e vou alcançar meu sonho”, relatou.

Patrocinadores: Restaurante da Vovo, Afrânio Barão, Clinica Otoclin, Fasub, Athos Fight Wear e Live Academia.

Por: Greici Fernandes

Foto: Samara Souza

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter