• Home
  • Com show de combates, Rei da Selva Combat 13 define GP dos Galos e revela talentos do MMA Amazonense

Com show de combates, Rei da Selva Combat 13 define GP dos Galos e revela talentos do MMA Amazonense

Com show de combates, definição do Grand Prix dos Galos e revelação de talentos do MMA amazonense, foi realizada na última quinta-feira (11/07), a 13ª edição do Rei da Selva Combat (RSC), na Academia Atala, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus. A competição, que é organizada pela 3D Sports & Fight Agency, teve entre os destaques da noite os lutadores Giliarde “Wolverine”, Klinger “do Boxe”, Lucas Batista e a estreante Yana Gadelha.

Primeiro dos três eventos programados para o ano 2019, o Rei da Selva Combat 13 deu o que falar e garantiu ao público presente um show de técnicas, habilidades e muita emoção a cada combate. Consagrado “Rei da Selva” após vencer duas lutas no GP dos Galos (até 61kg) e levar o cinturão interino do RSC, o coariense Giliarde “Wolverine”, da equipe RCT, foi o grande nome da noite. Vale lembrar que o dono do cinturão linear da categoria é o atleta Helithon Dávila, da equipe The Pride.

Disputando o GP dos Galos estavam os atletas Giliarde “Wolverine” (RCT/Coari),  Manuel Silva (MS Jiu-Jítsu), Alexandre Pit Bull (Astra Fight Team / Squad92) e o paraense Erick Silva. A primeira luta, entre “Wolverine” e Erick Silva, foi um duelo de gigantes. Após três rounds de muita trocação e decisão dividida, a primeira vitória da noite foi para o coariense “Wolverine”.

Em seguida, foi a vez de Manuel Silva e Alexandre Pit Bull irem em busca da vitória. O confronto foi bastante disputado e após três rounds intensos, Manuel levou a melhor e garantiu a vaga para a final do GP. Por fim, Giliarde e Manuel mostraram muita força e habilidade, em um combate de tirar o fôlego, que rendeu intensidade nos golpes, equilíbrio e muita técnica. Ao fim dos três rounds, mais uma decisão dividida: dessa vez foi Giliarde “Wolverine” que levou a melhor sobre o adversário, após ser declarado campeão por decisão dividida. O atleta de Coari recebeu o cinturão das mãos do CEO do Rei da Selva, Diogo Dutra.

Outra surpresa da noite foi o duelo do Co Main Event entre Klinger Pinheiro “do Boxe” (Nova União / MPBJJ) e Jadson Moraes (Carioca Academy), que empolgaram a torcida presente com grande movimentação durante o combate, muita trocação, chutes, e uma rivalidade bastante evidente a cada golpe. O resultado ficou por conta da arbitragem, que declarou Klinger Pinheiro como vencedor, por decisão unânime.

Representando a nova geração do MMA amazonense, Lucas Batista, de 23 anos, mostrou que está preparado para desafios maiores. O jovem atleta da Cosme Jr. Team venceu Marcelo Ferreira (Alfa Red Lions) por finalização, ao aplicar duríssimos golpes no adversário e, ao levar a luta para o chão, aplicar um justo mata-leão, que garantiu o fim do combate e a vitória no duelo. Lucas, que já lutou na Alemanha, agora possui três lutas e três vitórias, e é uma das novas promessas do MMA no Amazonas.

Quem também mostrou que tem muito potencial e ainda vai dar muito trabalho, foi a estreante Yana Gadelha, de 22 anos. Atleta da MPBJJ/Nova União, a lutadora não deu chances para a adversária Yngrid Cunha (Carioca Academy) e com apenas 52 segundos de luta, sacramentou sua vitória ao levar a luta para o chão e aplicar um mata-leão perfeito. Yana, que garantiu a primeira vitória na carreira, mostrou força e muita determinação no octógono, e ainda vai dar o que falar.

Próximas edições – Com mais dois eventos programados para 2019, Diogo Duttra falou sobre as próximas edições. “Estamos planejando realizar o Rei da Selva 14 no dia 09 de agosto e, no dia 13 de setembro, a edição 15 do evento. Estamos com um novo formato para o evento, que visa a movimentação do esporte no Amazonas, dando a visibilidade aos atletas, por meio da transmissão ao vivo dos combates e publicidade nas redes sociais do organização. É uma forma de ajudar os lutadores, academias participantes e promover o esporte como um todo”, destacou.

Resultados – Com 11 super combates, seguem abaixo os resultados oficiais do Rei da Selva Combat 13 – Circuito de MMA.

Luta 11 – FINAL DO GP
CINTURÃO INTERINO – Categoria Galo até 61.200kg
Manuel Silva (MS Jiu-Jitsu) VS Giliarde “Wolverine” (RCT Coari)
Vitória de Giliarde “Wolverine”, por Decisão Dividida.
Árbitro: Abraão Lincoh

Luta 10 – Categoria Galo até 61kg
Klinger Pinheiro “do Boxe” (Nova União/MPBJJ) VS Jadson Moraes (Carioca Academy)
Vitória do Klinger Pinheiro, por Decisão Unânime.
Árbitro: André Leocádio

Luta 09 – Categoria Peso Meio Médio até 77Kg (Combinado até 75kg)
Lucas Batista (Cosme Jr Team) VS Marcelo Ferreira (Alfa Red Lions)
Vitória de Lucas Batista, por finalização (mata-leão), aos 4’09” do 1º Round.
Árbitro: Alexandre Magno

Luta 08 – Categoria Galo até 61kg
Yago Guilherme (Tronkinho Team) VS Genésio Adryan (SV Team/MPBJJ)
Vitória de Genésio Adryan, por desclassificação no 2º Round.
Árbitro: André Leocádio

Luta 07 – Categoria Pena até 66kg
Lucas Gomes (Cosme Jr Team) VS Jhon Correa (Alfa Red Lions)
Vitória de Lucas Gomes por Nocaute Técnico (socos), aos 4’18” do 1º Round.
Árbitro: Alexandre Magno

Luta 06 – Categoria Mosca até 57Kg
Gabriel Rodrigues (LM Team/Team Dias) VS Dionatan Carvalho (Nonato Muay Thai)
Vitória de Gabriel Rodrigues, por finalização (armlock), aos 4’57” do 1º Round.
Árbitro: Allan Mídia

———— Card Preliminar ————

Luta 05 – Categoria Galo até 61.200kg
Pedro Baima (The Pride) VS Breno Isnhaken (Amazonas Top Team)
Vitória do Pedro Baima, por Decisão Dividida
Árbitro: Abraão Lincoh

Luta 04 – Categoria Pena Feminino até 66.400Kg
Yngrid Silva (Carioca Academy) VS Yana Gadêlha (MPBJJ/Nova União)
Vitória de Yana Gadelha, por finalização (mata-leão), aos 52 segundos do 1º Round.
Árbitro: André Leocádio

Luta 03 – Categoria Médio até 84kg
Nailson Gomes (Team Felipe Rego) VS Nerivan Soares “Babyssauro” (Team X-Union/Amazonas Top Team)
Vitória de Nerivan Soares “Babyssauro”, por nocaute técnico (interrupção médica), aos 2’26” do 1º Round.
Árbitro: Alexandre Magno

Luta 02 – GP Categoria Galo até 61.200kg
Giliarde Wolverine (RCT Coari) VS Erick Silva “Parazinho” (Nunes Boxa Chinês Vermelho Fight)
Vitória do Giliarde “Wolverine”, por Decisão Dividida.
Árbitro: Allan Mídia

Luta 01 – GP Categoria Galo até 61.200kg
Alexandre Pit Bull (AstraFightTeam/Squad92) VS Manuel Silva (MS Jiu-Jitsu)
Vitória do Manuel Silva, por Decisão Dividida.
Árbitro: Abraão Lincoh

 

Fotos: Winnetou Almeida e Alessandro Raszl.

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter

[wysija_form id="1"]