Moisés Costa, Andreia Cerdeira e Elvis Brenner conquistam cinturões no Amazon Talent 6, em Manaus

O MMA do Amazonas ganhou três novos donos de cinturões. Moisés Costa, Andreia Cerdeira e Elvis Brenner foram consagrados na sexta edição do Amazon Talent, realizado na noite desta quinta-feira, 27 de outubro, no Sport Bar, em Manaus. O evento apresentou 11 combates de tirar o fôlego e revelou promessas para o esporte que mais cresce no mundo.

No primeiro duelo, valendo cinturão da categoria meio-médio (até 77 kg), o faixa roxa de jiu-jítsu Moisés Costa (SD System) nocauteou o gigante Kevin Christian (Tubarão/Rio Preto da Eva) no segundo round. Foi a vitória da superação e da emoção.

“Essa conquista de cinturão eu dedico para toda a minha equipe, família, patrocinadores e principalmente para meus filhos e minha esposa, que está debilitada há seis anos por causa de uma doença”, enfatizou o campeão.

Na segunda disputa de cinturão da noite, valendo pelo peso palha (até 52 kg), feminino, Andreia Cerdeira (Team Cardoso) mostrou mais uma vez o seu pode destruidor no boxe ao vencer Rosana Vasconcelos (Pesadão/Rio Preto da Eva) por nocaute técnico no segundo round. Na comemoração, ela cobrou mais apoio do Poder Público e da iniciativa privada aos lutadores e lutadoras em início de carreira.

Fechando a noite, Elvis Brenner (Melvin Revilla/JMT) faturou o cinturão dos penas (até 66 kg) com uma vitória convincente sobre Bruno Quintanilha (Tid Nuer/Dídimo Neto). Oriundo do muay thai, Elvis comprovou sua evolução na luta de solo ao superar o adversário por finalização em arm lock.

“É o primeiro cinturão de muitos que virão na minha carreira”, comentou o atleta de 19 anos nascido em Maués (a 356 quilômetros de Manaus), que agora mira disputas no Rei da Selva e outros eventos de maior expressão dentro e fora do Amazonas.

Lutas espetaculares no Sport Bar
Além das disputas de cinturão, o evento apresentou atletas novatos de muito valor no MMA. Chamaram atenção três promessas: Lucas “Talent” Almeida (SD System) venceu Lucas Miranda (X-Union/Sonic) por nocaute técnico; Thiago Vieira (Império CT) finalizou Thiago Magno (Cosme Júnior) por finalização; e Lucas Kogi (Tid Nuer/Dídimo Neto) levantou a galera com a vitória por nocaute sobre Elias Xavier (CT Operacional).

O Amazon Talent 6 também foi marcado pelas vitórias de Aldrio Kenpes (SD System), Daniel Matos (RCT/Coari), Luiz Albuquerque (Team Cardoso), Weslen Augusto (The Pride) e Dianna Souza (JMT/CT Manaus Fight).

Resultados oficiais:

Até 57 kg – Aldrio Kenpes (SD System) venceu Jefferson Martins (CT Operacional) por nocaute técnico aos 3min52seg do primeiro round;

Até 57 kg – Daniel Matos (RCT Coari) venceu Rafael Pereira (Mutação) por decisão unânime dos juízes;

Até 57 kg – Luiz Albuquerque (Team Cardoso) venceu Daniel Pinheiro (Pesadão/Rio Preto da Eva) por decisão dividida dos juízes;

Até 57 kg – Weslen Augusto (The Pride) venceu Eufrânio Silva (Nonato Muay Thai) por finalização em arm lock aos 3min do primeiro round;

Até 77 kg – Lucas Kogi (Tid Nuer/Dídimo Neto) venceu Elias Xavier (CT Operacional) por nocaute aos 53seg do segundo round;

Até 61 kg – Dianna Souza (JMT/CT Manaus Fight) venceu Arliane Oliveira (Nonato Muay Thai) por desistência médica;

Até 66 kg – Lucas Almeida (SD System) venceu Lucas Miranda (X-Union/Sonic) por nocaute técnico a 1min34seg do primeiro round;

Até 57 kg – Thiago Vieira (Império CT) venceu Thiago Magno (Cosme Júnior) por finalização em mata-leão a 1min55seg do segundo round;

Disputa de cinturão até 77 kg – Moisés Costa (SD System) venceu Kevin Christian (Tubarão/Rio Preto da Eva) por nocaute aos 4min38segundo do segundo round;

Disputa de cinturão até 52 kg – Andreia Cerdeira (Team Cardoso) venceu Rosana Vasconcelos (Pesadão/Rio Preto da Eva) por nocaute técnico aos 4min50seg do segundo round;

Disputa de cinturão até 66 kg – Elvis Brenner (Melvin Revilla/JMT) venceu Bruno Quintanilha (Tid Nuer/Dídimo Neto) por finalização em arm lock a 1min44seg do primeiro round.

Foto e Texto: Emanuel Siqueira

Sammy Dias fala do desempenho no Manaus International Open Jiu-Jitsu IBJJF Championship – com e sem kimono

O faixa preta de jiu-jitsu Sammy Dias conquistou neste sábado, dia 3, o titulo de campeão NO GI na categoria adulto pesadíssimo e vice campeão na categoria super pesado máster com kimono, no Manaus International Open Jiu-Jitsu IBJJF Championship – com e sem kimono, realizado na Arena Amadeu Teixeira, zona Centro-Oeste de Manaus.

Além de mostrar que é um grande competidor e um conceituado professor, Sammy Dias se consolida como um dos maiores empresários de lutas do Amazonas. Em parceria com o sócio Diogo Dutra, é dono da empresa SD produções e realiza os principais eventos de MMA do norte. Sendo ainda idealizador dos grandes eventos Amazon Talent, Rei Da Selva e Gladiator Fight.

Curtindo a melhor fase de sua vida, o pai do Juninho e marido da Alessandra Longhi é só agradecimentos com tanto sucesso na vida profissional e pessoal.

“Agradeço primeiramente a Deus por me dar saúde e motivação, a minha equipe, professores, amigos e minha família que me apoia muito. Por viver da luta, eu acho que tenho que estar na luta. Eu sempre fui competitivo, sempre dei meu melhor, nunca desisti. Não é desculpa, mas não tive tempo para me preparar pra competição, pois estava fazendo alguns trabalhos relacionados a eventos e tudo que faço, gosto de fazer com qualidade. Peço a Deus que me conceda saúde e oportunidade para fazer as coisas que gosto. Agradeço ao site no pódio que dá uma visibilidade aos atletas para mostrar seus trabalhos, aos meus amigos, que independente de bandeiras diferentes, me incentivam muito na hora das competições e que estão na plateia torcendo, aos meus alunos que me ajudam muito e são os primeiro a dizer que sou um espelho. Tudo isso é muito gratificante”, declarou o campeão.

Amazon Talent 5 terá 11 combates dia 1 de setembro, no Sport Bar, em Manaus

No dia 1 de setembro, quinta-feira, a partir das 20h, o Sport Bar (rua Rio Madeira, Vieiralves, Zona Centro-Sul de Manaus), recebe a quinta edição do Amazon Talent. A organização presidida por Diogo Dutra e Sammy Dias é o maior celeiro de revelação de novos lutadores para o MMA da Região Norte, dando sempre oportunidade para talentos que estavam escondidos ganharem visibilidade.

Apesar de abrir espaço para os novatos, as lutas do card principal são promessa de show de MMA, afinal nomes consagrados estarão no “cage”. No main event, Júnior Boya (JB MMA/Nova União) encara Dagoberto “Jungle Boy” (Hikari Luta Livre), que substituiu Marcelinho Pequeno (Kratos Top Team). Boya é ex-campeão dos moscas do Jungle Fight e busca reencontrar a velha forma, enquanto Jungle Boy volta a competir em Manaus após fazer dois combates amadores nos Estados Unidos e no México.

Depois de lutar na Rússia, o amazonense Felipe Rego (SD System/Checkmat) está de volta à terra natal para enfrentar Abidal Silva (Herison Reis/Kadosh), valendo pelo peso galo (até 61 kg). Inicialmente, Felipe não estava no card, mas entrou no lugar de Heliton dos Santos (SD System/Checkmat).

Lutas femininas
Seguindo uma tendência mundial, o Amazon Talent abre espaço para as mulheres mostrarem seu trabalho. E logo de cara duas estreantes prometem espetáculo: o fenômeno da luta em pé Joice Mara da Silva (JMT/CT Manaus Fight) encara Andreia Cerdeira (Júnior Cardoso Team).

“Esperei a minha vida inteira por essa oportunidade e garanto que vou dar o máximo para buscar essa vitória”, assegura Joice Mara, que mora na Compensa, Zona Oeste de Manaus, e recebe apoio da Truda Kimonos, Krom Suplementos, No Açaí Manaus e Emanuel Sports & Marketing.

Em outra peleja feminina, Patrícia Adria (92BJJ/Projeto Nandinho) enfrenta Rosana Vasconcelos, representante da academia Leo Pesadão, do Rio Preto da Eva (a 80 quilômetros da capital amazonense).

Compre seu ingresso
Os preços para o Amazon Talent 5 estão bastante convidativos: R$ 25 (arquibancada), R$ 50 (camarote) e R$ 200 (mesa). Informações e reservas: (92) 98175-9845 ou 98262-2820.

Card com 11 lutas (atualizado em 24 de agosto de 2016):

Até 57 kg (mosca) – Júnior Boya (JB MMA/Nova União) x Dagoberto “Jungle Boy” (Hikari Luta Livre)
Até 57 kg (mosca) – Geraldo Nogueira (SD System/Checkmat) x Lucas Lima (RDBJJ/Pequeno Team)
Até 61 kg (galo) – Felipe Rego (SD System/Checkmat) x Abidal Silva (Herison Reis/Kadosh)
Até 61 kg – Julianno Arcanjo (JMT/CT Manaus Fight) x Fábio Henrique (RCT/Coari)
Até 66 kg – Elvis Brenner (Melvin Revilla) x Eurides Bandeira (Mutação/Coroado)
Até 70 kg (leve) – Júnior Cachoeira (Coach Boxe/Itacoatiara) x Patrick de Souza (D.R. Team/Parintins)
Até 84 kg (médio) – Salenco Steel (Deo Academy) x Ramon Costa (Nonato Muay Thai)
Até 84 kg (médio) – Brutos Cachoeira (CT Operacional) x Caio César “Parangolé” (Império CT)
Até 84 kg (médio) – Elias Xavier (CT Operacional) x Lucas Campelo (SD System/Checkmat)
Até 52 kg (palha) – Joice Mara da Silva (JMT/CT Manaus Fight) x Andreia Cerdeira (Júnior Cardoso Team/Coari)
Até 52 kg (palha) – Patrícia Adria Rodrigues (92BJJ/Projeto Nandinho) x Rosana Vasconcelos (Pesadão/Rio Preto da Eva)

Por: Emanuel Siqueira

Entrevista com Sammy Dias

Sammy Dias, 34, casado com Alessandra Longh e pai do Sammy Dias Júnior, se consagra como um dos maiores nomes no mundo das lutas. Criador dos eventos Amazon Talent, Rei da Selva e Gladiators Fight, o empresário que tem como característica a humildade e simplicidade declara que a família é a base de tudo e revela todas as novidades em um bate papo exclusivo. Confira:

NP: Fale das novidades do Gladiador Fight.
SD: Essa será a terceira edição, o card está recheado de atletas com muita qualidade. Alguns atletas amazonenses estão em outras cidades como Rio de Janeiro, São Paulo e Curitiba, fazendo camping para lutar esse evento grandioso. Com certeza vai ser um grande evento e o público vai gostar muito.

NP: Fale das novidades para o Amazon Talent?
SD: O Card está definido e contará com grandes atletas. Esse é um evento conhecido por revelar novos talentos e chega a quinta edição se consolidando como um dos eventos mais organizados já realizado em Manaus.

NP: As lutas femininas caíram no gosto do público. Como você avalia a participação das mulheres no MMA?
SD: A participação das mulheres no MMA é bastante grandiosa. Desde quando começamos a colocar mulheres para lutar, a pedida do público só aumenta, porque a aceitação foi imediata. O público gosta desses combates.

NP: Fale sobre a SD Produções?
SD: A SD Produções foi criada em parceria com meu sócio Diogo Dutra, com o objetivo de formatar e profissionalizar ainda mais os eventos. É uma empresa que veio para trabalhar com eventos esportivos e está sendo bastante indicada pelos organizadores para fazer as produções dos eventos. É uma empresa experiente no ramo e que esta aberta aos amigos e demais promotores que precisam de auxilio.

NP: O rei da selva chegou a sétima edição, se consolidando como um dos maiores eventos de MMA do Amazonas. Como você avalia a evolução dessas sete edições?
SD: O Rei da Selva é um evento do povo, criado dentro da nossa região para agradar todos os gostos. A sétima edição foi um sucesso. Ficamos satisfeito como promotor do evento e a cada edição procuramos melhorar e evoluir. A próxima edição será realizada em Novembro ou Dezembro e contará com grandes novidades, sempre trazendo atletas de fora para lutar contra atletas de Manaus.

NP: Você é um grande nome no esporte, respeitado como professor e empresário. Se sente realizado ou falta algo?
SD: Eu sou uma pessoa comum, tentando fazer algo pelo esporte e por muitos amigos que atuam nas lutas. Tenho muitos planos que podem ajudar vários amigos e atletas das diversas academias e tenho certeza que em breve realizarei tudo isso. Fico feliz em poder ajudar, recebo muitos atletas pedindo oportunidade para mostrar o trabalho. Muitos desses lutadores, após passarem por nossos eventos, já conseguem patrocínio e oportunidade de lutar eventos a nível nacional. Isso é gratificante. Por isso, continuamos os trabalhos, para alcançar varias etapas e contribuir com o esporte.

NP: Conte um pouco sobre sua história no Jiu-jitsu.
SD: Comecei a treinar a com 14 anos através de amigos do bairro que moro e até hoje tenho os mesmos professores que são Hélio Resende e Artemilton Bezerra, nosso grande mestre Jorge Willian, o “Lilinho”. Até hoje levo pra minha vida tudo que aprendi como respeito, transparência e honestidade. O Jiu-jitsu foi uma forma de me tornar um grande homem, grande cidadão e eu aprendendo a cada dia mais com essa luta.

NP: Fala de sua equipe de MMA.
SD: Estamos com uma estrutura muito boa e ótimos atletas. Alguns são grandes nomes na região norte e nordeste e muitos deles são atletas rankiados a nível nacional, disputando cinturões em eventos nacionais e internacionais.

NP: Agradecimentos
SD: Agradecer a todo que me acompanham, ajudam e incentivam com palavras. Sempre coloco Deus em primeiro lugar, é ele quem me concede saúde e sabedoria para escolher o caminho certo. Agradeço a equipe do site Nopódio pela oportunidade.

Por: Greici Fernandes

Foto: Thiago Ferreira

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter