• Home
  • Campeão na primeira edição, Alessandro Guimarães mira vitória no Jungle Classic Jiu-jitsu – ‘O despertar dos grandes guerreiros’

Campeão na primeira edição, Alessandro Guimarães mira vitória no Jungle Classic Jiu-jitsu – ‘O despertar dos grandes guerreiros’

Após conquistar a vitória, por decisão dividida dos árbitros, contra Marcos Valle na primeira edição do Jungle Classic Jiu-jitsu, realizado em junho deste ano, o faixa preta 5º grau de jiu-jitsu, Alessandro Guimarães, retorna à segunda edição para enfrentar Rogério Bessa, em duelo marcado para o dia 23 de novembro, às 20h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, n° 788, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Sobre a vitória na primeira edição, Guimarães é direto. “Treinei muito e o resultado já estava na minha mente. Não conseguiria imaginar uma derrota. Essa conquista foi um dos momentos mais importantes da minha trajetória na luta, pois minhas filhas estavam no meu corner e isso foi emocionante. O carinho que recebi do público e ver que 90% das pessoas que estavam ali, torceram por mim, foi incrível”, declarou.

Essa será a primeira vez que Alessandro enfrentará Rogério Bessa e o lutador explica a rotina de treinos. “O meu treinamento não é nada excepcional. Uso muito a yoga, trabalho condicionamento e o jiu-jítsu. Busco treinar com atletas de todos os pesos, principalmente com essa galera nova, cheia de ideias e movimentos criativos”, revelou.

Colecionador de títulos no jiu-jitsu e no MMA, Guimarães revela que a luta faz parte da sua vida diária. “Jiu-jitsu é tudo! Faz parte da minha vida 24 horas, eu acordo e durmo com o jiu-jitsu, sempre foi assim. Sou campeão em todas as faixas, participo de competições desde criança e sou invicto no vale-tudo, modalidade onde acredito que seja mostrado o verdadeiro conhecimento da arte marcial. Este ano ganhei o cinturão do maior e melhor evento do Brasil”, explicou.

Praticante da arte suave desde criança, o lutador aprendeu os primeiros golpes com o tio-avô, Ajuricaba Alencar, e só aos 12 anos, passou a fazer parte da equipe Barraco, liderada pelo professor Paulo Ameba, posteriormente migrando para a HBJ, liderada pelo mestre Humberto Barbosa.

Buscando aprimorar o nível técnico, Alessandro decidiu treinar com Carlson Gracie, no Rio de Janeiro, e quando retornou a Manaus, passou a integrar o time liderado por Luís Carlos Valois. “Me identifiquei muito com a equipe Carlson Gracie. Perguntei se tinha alguém em Manaus desse grupo e logo me indicaram o Valois. Na capital carioca, atualmente meus treinamentos são com mestre De La Riva. Eu também sou muito bem recebido pelo amigo Cássio Cardoso. Minha vida sempre foi assim, idas e vindas entre Rio de Janeiro e Manaus, sempre com a equipe Carlson Gracie”, relatou.

Ingressos e informações: (92) 988234840.

Confira o Card

1- MARCOS VIANA (ALBERTO DOS SANTOS) VS LUÍS ROCHA (HBJ)

2- FABIO PINHEIRO (PINA) VS ARY LOBO (CARLSON GRACIE)

3- ALCENOR ALVES (WHITE HOUSE) VS LUÍS CORDEIRO (PINA)

4- BRUNO CUNHA (CARLSON GRACIE / MANFIGHT) VS JÚNIOR GUSMÃO (PINA)

5- HEBERSON BELCHIOR (BUDDHA JIU JITSU) VS VICTOR HUGO (EQUIPE 7 / MASCARENHAS)

6- EMERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) VS DAWGLISH SOUZA (PINA)

7- FERNANDO SOARES  (ORLEY LOBATO) ABRAHAM LITAIFF (EQUIPE 7/ MASCARENHAS)

8- ÂNGELO CARIOCA (CARIOCA TEAM) VS JOSAFÁ JÚNIOR (TEAM CARDOSO)

9- DEIVE FONSECA (MPBJJ / NOVA UNIÃO) VS JÂNIO RODRIGUES (ORLEY LOBATO)

10- HENRIQUE RAMOS (EQUIPE 7 / MASCARENHAS) VS MARCOS PAULO (PINA)

11- ANDERSON BENCHIMOL (ALL BROTHERS AMAZON JJ / MANFIGHT) x ARLISON MELO (KIMURA)

12- MARCOS PACHECO (EQUIPE 7 / MANFIGHT) x TONU FERREIRA (WHITE HOUSE)

13- ALESSANDRO GUIMARÃES (VALOIS JIU JITSU) x ROGÉRIO BESSA (MONTEIRO)

 

Tags:, ,

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter