• Home
  • Com nocautes e finalização, 12º Amazon Talent – Edição Premium fecha o ano com chave de ouro e fortes emoções

Com nocautes e finalização, 12º Amazon Talent – Edição Premium fecha o ano com chave de ouro e fortes emoções

Nocautes e finalização marcaram a noite desta quinta-feira (12/12), no 12° Amazon Talent – Edição Premium, que fechou o ano com chave de ouro e casa cheia, em competição realizado no Versalles Eventos, localizado na Rua Raimundo Nonato de Castro, n° 1.193, bairro Ponta Negra, zona oeste de Manaus.

De acordo com o organizador do evento, o empresário Sammy Dias, 2019 foi um ano de muitas emoções e poder ver a casa cheia, com grandes combates na última edição do Amazon Talent, não tem preço. “Fico muito feliz por ver o público satisfeito e poder dar oportunidade para tantos lutadores talentosos. O Amazon Talent é um sonho que virou realidade e agradeço a todos os que fazem parte dessa história. Somos uma família e como tal, buscaremos crescer juntos e fazer deste, um evento cada vez melhor”, destacou.

Ao todo foram 11 lutas, tendo como resultados cinco nocautes técnicos, três decisões unânimes, duas decisões divididas e uma finalização. Com um jiu-jítsu afiado e muita disposição, o policial militar Anderson Santos, o “Choque” (SD System), mostrou toda a sua habilidade ao realizar a única finalização da noite, um mata-leão, sobre o oponente Thiago Litaif (Naksuthay Gym), aos 2’29” do 1° round. “Treinei muito com os meus parceiros da academia e que também saíram vencedores no evento. Estava bastante tranquilo sobre essa luta e sabia que ia finalizá-lo no jiu-jítsu, então entrei confiante. Usei toda a minha técnica, já que sou faixa preta há muito tempo, e consegui sair vencedor. Agradeço a todos e ano que vem tem mais”, afirmou.

Disputando o cinturão da categoria Pena (até 66kg), Francisco Chico (Champions Factory) levou a melhor e sacramentou a vitória sobre o atleta do município de Tefé, Wilson “Cirilo” (CT Fábio Araújo BJJ e Projeto Social Manoel Rocha/Tefé), por nocaute técnico, aos 34″ do 2° round. O campeão falou sobre a preparação para a luta. “Desde que assumimos o compromisso da disputa de cinturão, estávamos trabalhando dia e noite para alcançar o objetivo. Eu, juntamente com o professor Rodrigo Savelha (Chapions Factory), professores Alex Gil e Fredson Alves (Ribeiro Jiu-Jítsu), e Waldeci Silva (luta olímpica). Sabíamos que o meu adversário era um oponente duro, por ser mais experiente, então traçamos uma estratégia, que foi seguida até o final e deu certo. Ele veio muito forte no primeiro round, mas eu sabia que isso mudaria, então aproveitei, fiz o meu melhor e fomos vitoriosos mais uma vez”, explicou.

Francisco falou ainda sobre a conquista e agradeceu a oportunidade de poder lutar no 12° Amazon Talent – Edição Premium. “Essa conquista é muito importante, pois vem sendo um marco de toda a minha evolução até aqui. O Amazon Talent é um evento que me acolheu desde o início e tem sido muito bom pra mim. É fácil trabalhar com o professor Sammy Dias, ele é muito profissional. Acredito que a competição só tem a crescer e pra mim será um prazer fazer parte disso”, ressaltou.

Regresso vitorioso – Distante do octógono há sete anos, o lutador Thiago de Melo (SD System) voltou à ativa e estreou no evento com o pé direito, ao vencer Luan Marinho (Leão de Judá) por nocaute técnico no 1° round. O vencedor afirmou que seus pais foram a sua motivação. “É muito gratificante esse retorno após sete longos anos. Meu pai e minha mãe sempre foram meus maiores incentivadores. Estou na 6ª luta e eles nunca me viram lutar, mas desta vez foi diferente. Lembro que em certo momento achei que fosse perder, e eu só pensava neles, então eu não podia desistir, tinha que dar o meu melhor, e foi o que fiz”, destacou.

Para o lutador, o resultado é consequência do trabalho duro. “É gratificante demais quando a gente tem um trabalho empenhado com uma família e no fim de tudo dá certo. Isso é muito prazeroso”, concluiu.

Confira os resultados do 12° Amazon Talent – Edição Premium
Luta 1 – 57kg
Ruan Carlos (CT Brunocilla) VS Janderson Barreto (RCT)
Vencedor: Janderson Barreto, por decisão unânime.

Luta 2 – 52kg
Cristian Toquinho (CT Bad Boy) VS Paulo Borrachinha (CT Daniel Freitas)
Vencedor: Cristian Toquinho, por decisão dividida.

Luta 3 – 60kg – Muay Thai
Victor Ferreira (Brotherhood) VS Albert Marques (Nock Down Team)
Vencedor: Victor Ferreira, por decisão dividida.

Luta 4 – 70kg
Anderson Santos (SD System) VS Thiago Litaif (Naksuthay Gym)
Vencedor: Anderson Santos “Choque”, por finalização (mata-leão), aos 2’29” do 1° round.

Luta 5 – 65kg – Muay Thai
Júlio César (Brotherhood) VS Pedro Felipe (CT Bad Boy)
Vencedor: Júlio César, por nocaute técnico, aos 2’45” do 1° round.

Luta 6 – 61kg
Júnior Santos (SD System) VS Yan Massaranduba (CT Vasconcelos)
Vencedor: Júnior Santos, por nocaute técnico, aos 1’24” do 1° round.

Luta 7 – 70kg
Max Douglas (SD System) VS Jackson Velasco (AJE Boxe/CT Brunocilla)
Vencedor: Max Douglas, por nocaute técnico, aos 2’58” do 2° round.

Luta 8 – 57kg
Alessandra Bernardes (Deo Academy) VS Yngrid Silva (Boa Vista – Roraima)
Vencedor: Alessandra Bernardes, por decisão unânime.

Luta 9 – 84kg
Thiago de Melo (SD System) VS Luan Marinho (Leão de Judá)
Vencedor: Thiago de Melo, por nocaute técnico no 1° round.

Luta 10 – CINTURÃO – 57kg
Tião Calixto (Deo Academy) VS André Santos (Nova União)
Vencedor: Tião Calixto, por decisão unânime.

Luta 11 – CINTURÃO – 66kg
Francisco Chico (Champions Factory) VS Wilson Cirilo (Tefé – Am)
Vencedor: Francisco Chico, por nocaute técnico, aos 34″ do 2° round.

Texto: Assessoria
Fotos: Alessandro Raszl e Fabrícia Campos

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter

[wysija_form id="1"]