• Home
  • Ingressos para o Jungle Classic 3 continuam à venda em quatro pontos de Manaus

Ingressos para o Jungle Classic 3 continuam à venda em quatro pontos de Manaus

Com quatro pontos distribuídos pela capital amazonense, os ingressos para a terceira edição do Jungle Classic Jiu-Jítsu – Confronto dos Campeões, continuam à venda. O evento, que será realizada nesta sexta-feira (31/05), a partir das 19h, no Centro de Convenções do Manaus Plaza Shopping, localizado na Avenida Djalma Batista, nº 2.100, bairro Chapada, zona centro-sul de Manaus, terá 16 super combates, com lutadores que fizeram história no jiu-jítsu do Estado.

Limitados, os ingressos podem ser adquiridos pelo valor de R$ 60 (cadeira VIP) e R$ 800 (Mesa VIP para oito lugares). Entre os pontos de vendas estão o Restaurante Deck Sushi Bar, localizado na Avenida Djalma Batista, bairro Flores, zona centro-sul, com atendimento das 18h às 23h; Temakeria Fast Temaki, na Rua Recife, bairro Parque Dez, zona centro-sul, aberto 24h; Seu Zé Barbearia, situado na Rua Alexandre Magno, conjunto Shangrillá, bairro Parque das Laranjeiras, zona centro-sul, das 9h às 21h; e na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jítsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, nº 1.490, bairro Japiim II, zona sul, das 9h às 17h. Mais informações podem ser adquiridas pelo telefone (92) 98823-4840.

Para o organizador do evento, Bosco Júnior, o público vai se surpreender, pois os lutadores estão preparados para a guerra. “Todos tem o jiu-jítsu afiado e estão se preparando bastante para participarem do Jungle Classic. Tenho certeza que o público vai aplaudir de pé as lutas, porque qualidade e técnica não irão faltar entre os competidores”, afirmou Bosco, que também reforçou o convite para a competição. “Convido os amantes da arte suave e todos os que querem conhecer algumas das grandes feras do jiu-jítsu amazonense, a prestigiarem o Jungle Classic. Será uma grande oportunidade”, concluiu.

Estreia de peso – Estreando no Jungle Classic, o lutador Adson Pinto, da equipe Orley Lobato, falou sobre a preparação para a luta. Ele vai enfrentar Allan Campelo, da Nova União/Equipe 7 Mascarenhas, que já é veterano no evento. “Nunca aconteceu de lutarmos, mesmo estando em categorias próximas. Sei da qualidade e da história do Allan e acredito que será uma luta difícil, mas boa de se ver. Tenho feito musculação e treinado forte na academia. Estou preparado”, comentou.

Aos 40 anos, Adson, que possui vários títulos na carreira, falou sobre a paixão pelo esporte. “Comecei a competir em 1993. De lá até hoje nunca parei de competir, apesar de ter dado intervalos maiores entre os campeonatos. Costumo falar para os amigos que no tatame é onde me sinto mais à vontade na vida e é isso que me faz ser tão feliz praticando esse esporte”, destacou.

Revanche – Outro estreante no evento é Allen Lima, da equipe Nova União. O lutador, que começou a treinar em 1992, falou de sua trajetória e das competições que lhe marcaram. “O que mais me marcou foi um campeonato amazonense em que grandes nomes do jiu-jítsu da época como Zacarias Neto, Deive Fonseca, Jânio (“Ratão”), entre outros, estavam participando na minha categoria. Na época, conquistei a segunda colocação, após uma luta acirrada que terminou em 0 a 0, e o campeão, Bibiano Fernandes, me venceu por duas vantagens. Foi emocionante”, contou.

O adversário de Allen é um velho conhecido, Henrique Ramos, da Equipe 7 Mascarenhas, outro veterano da competição. Os lutadores, que já se enfrentaram duas vezes, uma quando eram faixa azul outra quando já estavam na faixa preta, tem uma vitória cada. A revanche será realizada nesta sexta-feira (31/05), no Jungle Classic. “Retornei às competições em 2009. Acredito que quando alguém começa a treinar jiu-jítsu, não consegue mais parar, pois é um esporte apaixonante e é de onde tiro muitos aprendizados e disciplina para a minha vida. Estou me preparando forte para esta luta, com o apoio do meu time Nova União, e vou buscar a vitória”, explicou.

Experiência – Dono de títulos nos campeonatos mais tradicionais do jiu-jítsu em Manaus por mais de 15 anos, João Leão (Clube João Leão / Orley Lobato) afirmou estar com as melhores expectativas sobre a luta contra o adversário Sérgio Porto (Equipe 7 Mascarenhas). “Meu treinamento está muito forte e estou bastante confiante. Como guerreiro que sou, estarei lutando sempre para frente e buscarei ganhar do meu adversário”, afirmou o atleta de 50 anos. “Jiu-jítsu para mim é um esporte fundamental, que me proporciona qualidade de vida e me dá suporte para muitas outras coisas. Tenho prazer em ministrar aulas e poder passar tudo o que aprendi ao longo destes 34 anos de história”, finalizou.

Fotos: Lorena Furtado / Portal No Pódio

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter