• Home
  • Mr. Cage – edição ouro é marcado por grandes combates e empolgam público que lotou a Arena Amadeu Teixeira

Mr. Cage – edição ouro é marcado por grandes combates e empolgam público que lotou a Arena Amadeu Teixeira

Arena lotada, evento organizado, mega estrutura montada e um card repleto de lutadores com sede de vitória. Assim foi o Mr Cage – edição ouro, que aconteceu na noite de sábado, 27, na Arena Amadeu Teixeira, zona Centro-Oeste de Manaus.

Os resultados das lutas comprovaram a vocação do Amazonas em ser celeiro de campeões. No cage os duelos chamaram a atenção pelo alto nível técnico dos atletas que demonstraram ótimo preparo físico, técnica apurada e muita sede de vitória.

Na luta principal da noite, o ídolo amazonense Ronys Torres conquistou o cinturão após definir a luta em sua especialidade o jiu-jitsu. Ronys finalizou Silmar Sombra (Team Nogueira Belém – PA), no segundo round.

Na co-luta, O confronto entre Naldo Silva (Evolução Thai Boa Vista – RR) e Paulo Gato Preto (TFT Belém – PA) também levantou a galera. Depois de muita trocação franca, Naldo conquistou o cinturão dos galos na decisão unanime dos jurados.

O amazonense Jeam Silva e o paraguaio Itamar El Seresteiro iniciaram as disputas do card principal. Apoiado pelo público, Jeam começou bem o combate, conseguindo levar o paraguaio para o chão e passando a desferir socos. El Seresteiro raspou e inverteu a posição, castigando Jeam com socos. Depois de aguentar fortes pancadas, e ouvir o gongo soar, Jeam não teve condições de seguir para o segundo round e o paraguaio foi declarado o vencedor por interrupção médica, já que o amazonense tinha um corte profundo na testa e não podia seguir com o combate.

Considerado um dos duelos mais emocionantes do evento, Estefani Almeida (Carioca Team) e Franciele Nascimento (Projeto Nandinho) iniciaram o combate de modo frenético, trocando vários socos. Franciele chegou a pegar as costas e tentar a finalização, mas Estefani acabou sendo salva pelo gongo. A discípula de Carioca que resistiu ao ímpeto da adversária no primeiro round, voltou para o segundo round mais agressiva e mostrou ter a mão pesada acertando bons golpes. No terceiro round, mesmo na trocação, a atleta do Projeto Nandinho começou a sentir o gás e Estefani aproveitou para desferir alguns golpes e encerrar a luta por nocaute aos 3m40s, para o delírio do público.

Thiago Ivan precisou apenas de um round para impor o seu jogo, mostrando evolução na trocação e boa movimentação, o atleta aplicou bons golpes em pé, derrotando Hederson Filhão por nocaute no primeiro round, garantindo o cinturão interino dos leves.

A festa da equipe Carioca ficou completa com a atuação do lutador Adail Aranha, que mostrou uma técnica apurada e nocauteou Edmilson Freitas Jr ainda no primeiro round, conquistando o cinturão do meio médio.

O público foi ao delírio com a garra dos atletas Alexandre Lek Lek (MPBJJ Manaus – AM) e Jordan Rocha (Kratos TopTeam Manaus – AM) que partiram para a trocação franca, em duelo que sacudiu as estruturas da Arena. Os dois rounds seguintes foi muito movimentado, os dois lutadores já muito cansados mostraram superação e levaram a luta até o final do terceiro round. Lek Lek acabou conquistando o cinturão do peso pena na decisão dos jurados.

Emoção e homenagens

O evento foi marcado pela emoção do empresário Samir Nadaf, que através de lágrimas, mostrou sua satisfação com o resultado do evento, já que o Mr. Cage chega a sua melhor edição.

“Agradeço todos os Lutadores que proporcionaram ao público um grande show, a toda equipe da Mode On Eventos que colaborou para que o Mr. Cage chegasse a sua melhor edição, todos os meus amigos que contribuíram para esse show. Pessoas como Nerlisson, Nelson Gonçalo “Baiano”, Marcio da Paz, Beto, os jurados e árbitros que fizeram um excelente trabalho, o professor Ronie Melo, JorgeClay, Cristiano Carioca, Marcio Pontes, William Pereira e Ary Lobo. A equipe de montagem , Lucio Cachorro, Elizeu, Loro, Preto. Os fotógrafos Mauro Smith e Arthur Castro, Marcelo Brigadeiro. Ao meu annoucer, Max Rios Lima. Os patrocinadores, pois sem eles não seria possível a realização desse evento, meu amigo pessoal “Beto” do hospital Samel, o secretário Luis Neto e secretário Fabricio Lima que estão fazendo um excelente trabalho nas Secretarias de Esportes da nossa cidade . E meu obrigado ao meu maior e mais fiel patrocinador, o rei dos reis, Senhor dos Exércitos, príncipe da paz. Jesus eu te amo”, declarou.

O idealizador do Mr. Cage, Samir Nadaf aproveitou para homenagear o secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Luis Neto, o secretário estadual de Juventude Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima e o empresário Luiz Alberto “pelos serviços prestados ao esporte. Sempre inovando, Samir Nadaf que é considerado o “Dana White do Amazonas”, foi o primeiro a colocar o cinturão na cintura dos secretários e do empresário da Samel.

O secretário da Semjel, Luis Neto, elogiou a realização do evento e reiterou seu comprometimento com o esporte. “Esse é um compromisso eu que tenho, não só com a luta, mas com toda classe esportiva, fazer da Secretaria um lugar aprazível para as pessoas visitarem e tenham a certeza que podem receber apoio. Olho de forma especial pela luta, pois há muito tempo não tinha o apoio merecido. A população tem a minha palavra, enquanto eu for secretário, o esporte vai ser tratado com seriedade dedicação e compromisso. Amo o que faço, amo a luta, amo esporte”, declarou o secretário da Semjel.

Apoio: Samel – Luiz Alberto, Governo do Estado do Amazonas via Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) – Fabricio Lima, Prefeitura Municipal de Manaus via Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) – Luis Neto, Map Linhas Aéreas- Marcos Pacheco, Crossifit Gade – Frank, 100% Bijox – Marcos Dutra, Cães de Guerra, Sutti – Bosquinho, DiPietra Pizzaria – Choquinho, Quitutes – Sávio, Sato – Alexandre.

CARD PRELIMINAR
Luta até 61,500 kg
– Warllem Lobo venceu Paulo Henrique Poney por nocaute no terceiro round.
Luta até 66,500 kg
– Thiago Silva (Manaus) venceu Luan Anderson por finalização no primeiro round.
Luta pelo cinturão dos Médios
– Jackson Velasco (Manaus – AM) venceu Wagner Augusto por nocaute técnico no primeiro round.
Desafio 66,500 kg – arbitro Cristiano Carioca
– Edcarlos Peixe (Rio de Janeiro) venceu Thiago Pitbull (Coari – AM) por decisão dos jurados.
Desafio 58 kg – arbitro JorgeClay
– William Bad Boy venceu Edmar Korumbo decisão dos jurados.

CARD PRINCIPAL
Desafio 70,900 kg
– Itamar El Seresteiro (Paraguai) venceu Jeam Silva (Brasil) por intervenção médica no primeiro round.
Luta pelo cinturão Mosca Feminino
– Estefani Almeida (Carioca Team) venceu Franciele Nascimento (Projeto Nandinho) por nocaute aos 3m40s do terceiro round.
Luta pelo cinturão Interino dos Leves
– Thiago Ivan (Carioca Team) venceu Helderson Filhão ( Energy) por nocaute no primeiro round.
Luta pelo cinturão dos Meio Médios
Adail Aranha (Boa Vista – RR) derrotou Edmilson Freitas Jr (Manaus – AM) por nocaute no primeiro round.
Luta pelo cinturão dos Penas
– Alexandre Lek Lek (MPBJJ Manaus – AM) venceu Jordan Rocha (Kratos TopTeam Manaus – AM) decisão dividida do jurados.
CO MAIN EVENT – Luta pelo cinturão dos Galos
– Naldo Silva (Evolução Thai Boa Vista – RR) venceu Paulo Gato Preto (TFT Belém – PA) por decisão unanime dos jurados.
MAIN EVENT
– Rony Torres (Nova União Manacapuru – AM) venceu Silmar Sombra (Team Nogueira Belém – PA) por finalização no segundo round.

Por: Greici Fernandes

Foto: Samara Souza

Tags:

Deixe uma resposta

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter