• Home
  • Por transmissão inédita, em torno de 19 municípios do Amazonas recebem curso de elaboração de projetos esportivos

Por transmissão inédita, em torno de 19 municípios do Amazonas recebem curso de elaboração de projetos esportivos

Em torno de 19 municípios receberam, nesta sexta-feira (09/03), das 17h às 18h, por meio de uma transmissão inédita, a segunda edição da Oficina de Elaboração de Projetos Esportivos. Realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), a iniciativa contou com o apoio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), que viabilizou a transmissão do curso pelo Centro de Mídias, localizado no bairro Japiim, zona sul de Manaus. Dentre os municípios que receberam o curso estavam Humaitá, Autazes, Boca do Acre, Barcelos, Benjamin Constant, Boa Vista do Ramos, Iranduba, Coari e Careiro da Várzea.

De acordo com a secretária da Sejel, Janaina Chagas, a parceria com a Seduc, por meio do Centro de Mídias é muito importante, pois assim é possível alcançar cada um dos 61 municípios. “O interior será olhado sempre com muito carinho e repassar informações por meio deste curso é apenas o pontapé inicial de grandes oportunidades que serão levadas para os municípios do Amazonas. Dessa forma, cada vez mais pessoas poderão fazer a diferença na vida de crianças, jovens e famílias do Interior por meio do esporte e da educação”, afirmou Janaina Chagas.

O assessor de projetos da Sejel, Francimar Rodrigues, graduando em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e com experiência em elaboração de projetos de políticas públicas pela Prefeitura Municipal de Manaus, na área de Juventude, explicou a importância de se elaborar projetos consistentes e de acordo com as normas previstas em lei, para que a solicitação possa ser, conforme for, atendida. “Há uma grande dificuldade técnica de desenvolvimento de projetos, não só em Manaus, mas como em todo o Estado. Com este curso, podemos dar subsídios teóricos para que as pessoas possam desenvolver projetos de forma mais completa, de forma que avaliemos sem muitos sobressaltos, pois a maioria dos projetos, hoje, não passa da primeira fase de avaliação, exatamente por não cumprirem os pré-requisitos necessários”, explicou Rodrigues.

Capacitação – Thiago Bonates, bacharel em Administração, com experiência em elaboração de projetos e captação de recursos, gestão de convênios e prestação de contas no Portal de Convênios Federais, falou sobre a importância deste curso e ensinou como proceder com o chamamento público. “Esse primeiro curso é fundamental para dar possibilidade de entidades, associações, entre outros, escreverem bons projetos e, consequentemente, ter autonomia para captar recursos dentro de seu Estado e fora dele, de modo a conseguir atingir seus objetivos. Ter independência e autossuficiência realmente”, disse.

FONTE: Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel)

FOTOS: TÁCIO MELO/SEJEL e ALESSANDRA REIS/SEJEL

Deixe uma resposta

Busca no Site

 

mastering

 

 

Top 10 Notícias

Newsletter