• Home
  • Rota de Colisão: Alessandro Guimarães encara Marcos Valle no Jungle Classic Jiu-Jitsu

Rota de Colisão: Alessandro Guimarães encara Marcos Valle no Jungle Classic Jiu-Jitsu

Considerado um dos combates mais esperados dos últimos tempos, Alessandro Guimarães,44, vai enfrentar Marcos Valle, 40, no Jungle Classic Jiu-jítsu, marcado para o dia 1° de junho, a partir das 19h, no Jevian Festas e Eventos, localizado na Rua Rio Javari, nº 788, Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul de Manaus.

Embora tenha conquistado títulos Amazonense, Brasileiro e Mundial, Alessandro considera este desafio, um dos mais difíceis da carreira. “O Marcos é um campeão que fez história. Ele é de uma geração depois da minha e acredito que um vacilo define o duelo. Essa será uma luta disputada e cautelosa, pois temos um jogo parecido que é bem agressivo. Vou com muito respeito, mas confiante, porque estou fazendo um trabalho importante com dois grandes técnicos, o Almerio Augusto e o Jorge Clay, explicou.

O jiu-jitsu sempre fez parte da vida de Alessandro, iniciando os treinos aos 12 anos, na academia Barraco, por influência do tio-avô Ajuricaba Alencar do primo José Glaucio e do amigo Guilherme Brasil “A Barraco era a academia mais popular que existia e aquilo foi muito importante para mim. Me fez perder o medo, por conta dos treinos de defesa pessoal que tínhamos. Ali conquistei meus primeiros títulos”, relatou.

A trajetória na luta, inclui passagem pela equipe HBJ, liderada por Humberto Barbosa, onde conquistou mais títulos a nível nacional. “Nessa época o Humberto era presidente da Federação, então o jiu-jitsu ficou bem profissional”, declarou.

Buscando aprimorar o nível técnico, Alessandro decidiu treinar com Carlson Gracie, no Rio de Janeiro e quando retornou passou a integrar o time liderado por Luis Carlos Valois. “Meu jiu-jitsu sempre foi Gracie. Tenho Carlson Gracie tatuado no braço. O Carlson é o mestre do meu mestre, Valois”, afirmou.

Alessandro também coleciona títulos no vale tudo. Recentemente conquistou o cinturão em um dos maiores eventos de MMA do Brasil, realizado em março, em Manacapuru. “Sempre fui acostumado com o vale tudo e o MMA é bem diferente, cheio de regras. Mas eu botei para baixo, bati e finalizei. Eu nunca perdi um vale tudo, devo isso ao jiu-jitsu. Sou muito feliz, para mim, não é um esporte, é uma filosófica de vida, relatou.

 Mas nem todos os caminhos foram só conquistas. No ano de 1997, enquanto dava aulas de jiu-jitsu, em Porto Velho, Alessandro sofreu um atentado, levando cinco tiros. “Esse episódio me marcou muito. O jiu-jitsu fez eu ser guerreiro e ter uma visão rápida. Hoje estou aqui para contar a história”, explicou.

Ingressos

Os ingressos ao preço de R$ 100 cadeira vip e R$ 1.000 mesa com quatro lugares, podem ser adquiridos na sede da Federação Amazonense de Jiu-Jitsu Profissional (FAJJPRO), localizada na Rua C-10, n. 1490, bairro Japiim 2. Informações: (92) 988234840.

Confira o card:

– Orley Lobato (Orley Lobato) VS Luis Pinto (HBJ)

– Charles Bastos (Charles Bastos BJJ) VS Celio Pedrosa (Academia Live)

– Mauricio Titão (HBJ) VS Daniel Freitas (N.U. Freitas)

– Cid Cley (Valois) VS José Augusto (Orley Lobato)

– Rodolfo Sant’Anna (Bronx/TTG) VS Cleudo Caldas (Pina)

– Zacarias Neto (AJ Jiu-Jitsu) VS Rogerio Ribeiro (Luis Neto)

– Emerson Carvalho (Orley Lobato) VS Matheus Segadilha (Monteiro)

– Marcio Pontes (N.U.MPBJJ) VS Eduardo Ramos (Equipe 7)

– Amois Lira (Omar Salum) VS Agno Junior (Team Cardoso)

– Junior Cardoso (Team Cardoso) VS Mario Bingola (Mario Bingola JJ)

– Marcos Valle (Paulo Coelho) VS Alessandro Guimarães (Manifight JJ/Brother AmazonJJ)

– Fredson Alves (Ribeiro JJ) VS Péricles Júnior (Anibal)

 

Tags:, ,

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter