• Home
  • Em noite memorável, lutadoras mostram sua força e dão show no octógono do Skull Champions Girls

Em noite memorável, lutadoras mostram sua força e dão show no octógono do Skull Champions Girls

Fortes emoções e grandes duelos marcaram o octógono do Skull Champions Girls, realizado na noite de sábado (07/03), no Clube de Cabos e Soldados da Polícia Militar, localizado na Avenida Torquato Tapajós, bairro Novo Israel, zona norte de Manaus. O evento, que é o primeiro de MMA da região Norte totalmente feminino, foi chancelado pela Comissão Atlética de MMA do Amazonas (Camma-AM).

Ao todo foram nove lutas, sendo três disputas de cinturão nas modalidades MMA, boxe e K-1. Para o presidente do Skull Champions Girls, Carlos Belém, a iniciativa de criar o evento partiu de duas causas nobres.

“Além de dar uma oportunidade às lutadoras para que pudessem ter a experiência de lutar dentro de um octógono e mostrar o seu trabalho, o evento veio para homenagear todas as mulheres que lutam, que são determinadas e que batalham diariamente por seus ideais. A sensação é de dever cumprido e fico feliz por todos os que colaboraram com esse momento e entenderam sua importância”, afirmou Belém.

Uma das lutas mais aguardadas da noite foi a revanche entre as veteranas Joicemara da Silva e Gilborg Perêa. A disputa foi bastante acirrada, com muita movimentação e um show de técnica para ambos os lados. Após três rounds, a decisão dos árbitros foi unânime e a vencedora foi, novamente, a atleta da Equipe PRVT, Joicemara da Silva.

“Estou muito feliz pela oportunidade em lutar um evento só para mulheres e mais ainda, por ter vencido. Foi uma luta dura, mas me preparei muito e tive todo o apoio do meu pai, que é também meu treinador, e consegui conquistar meu objetivo. Dedico essa vitória a ele e espero que mais eventos como esse, que valorizam as mulheres atletas, possam continuar surgindo e fazendo a diferença na vida de todas nós”, destacou Joicemara.

Outra estreante que deu show no octógono foi Andreyna Rocha, da PS2 Alfa Academy, que nocauteou a adversária Yole Santos, da Lomas Top Team, aos 2’47” do 2° round. “A minha luta teve altos e baixos, mas nos momentos em que ela estava em vantagem, procurei sair dos golpes e tentei levá-la para o chão. A estratégia deu certo e saí campeã. Estou bastante satisfeita e feliz, principalmente por ter uma vitória num evento com cartel exclusivamente feminino, o que é uma grande conquista para o MMA feminino do Amazonas”, contou a atleta, que já está escalada para disputar o Jungle Fight, no próximo dia 21 de março, em Manaus.

Na disputa de cinturão na modalidade boxe (66kg), uma luta emocionante entre Paula Vivianne, de 19 anos, e Esthefanny “Demolidora” Rocha, de apenas 13 anos. Durante o confronto, a emoção tomou conta do público, que dividia a torcida entre as atletas estreantes. Aos 45 segundos do 3° round, a luta é encerrada por nocaute técnico e fazendo jus ao apelido, a “Demolidora” saiu com a vitória.

“Sempre quis competir e meu pai foi um dos meus maiores incentivadores. Me dediquei muito para essa luta e graças a Deus consegui a vitória. Estou muito feliz e espero continuar a crescer cada vez mais no mundo da luta”, ressaltou Esthefanny.

Homenagens – Para agradecer todo o apoio recebido no evento inédito, uma homenagem foi feita a colaboradores e patrocinadores do Skull Champions Girls, entre eles a diretora geral do evento, Andréa Castro. “Foi uma honra fazer parte da organização e estou muito feliz com a homenagem. Acredito que cumprimos com o objetivo de valorizar tantas mulheres guerreiras, que fazem a diferença no mundo das artes marciais”, destacou.

Confira os resultados

Categoria 52 kg
Sílvia Ferreira (Amazon Union) X Pérola Luniere (MPBJJ)
Vencedora: Sílvia Ferreira, aos 1’27”, por finalização (mata-leão).

Categoria 57 kg
Andreyna Rocha (PS2 Alfa Academy) X Yole Santos (Lomas Top Team)
Vencedora: Andreyna Rocha, por nocaute, aos 2’47” do 2° round.

Categoria 52 kg
Paula Farias (Equipe Paixão Farias) X Larissa Kelly (Team X-Union)
Vencedora: Larissa Kelly, por decisão unânime.

Categoria 52 kg
Rebeca Santos (Amazon Union Thai) X Thaynara Farias (Lomas Top Team)
Vencedora: Thaynara Farias, por nocaute técnico, aos 3’10” do 1° round.

Disputa de cinturão K1 – Categoria 57 kg
Maria Encarnação (Brother Fight) X Wara Nikte (MPBJJ)
Vencedora: Wara Nikte, por nocaute, aos 21″.

Categoria 66 kg
Lia Anveres (Equipe AACM) X Maysa Ladislau (Equipe Self Defense MMA)
Vencedora: Lia Anveres, por nocaute técnico, aos 3’13” do 2° round.

Disputa de cinturão Boxe – Categoria 66 kg
Esthefanny Rocha (Equipe AJE Boxe) X Paula Vivianne (CT Carlos Belém)
Vencedora: Esthefanny Rocha, por nocaute técnico, aos 45″ do 3° round.

Categoria 52 kg
Joicemara da Silva (Equipe PRVT) X Gilborg Perea (MPBJJ/Amazonas Top Team)
Vencedora: Joicemara da Silva, por decisão unânime.

Disputa de cinturão – Categoria 61 kg
Larissa Moura (Equipe Cosme Júnior) X Elane Macário (CT Carlos Belém)
Vencedora: Larissa Moura, por nocaute técnico, aos 3’53” do 2° round.

Fotos: Fabrícia Campos.

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter

[wysija_form id="1"]