• Home
  • Fonte Boa vence final da Copa dos Rios e fatura o tricampeonato sobre a equipe de Novo Aripuanã

Fonte Boa vence final da Copa dos Rios e fatura o tricampeonato sobre a equipe de Novo Aripuanã

Após vencer a equipe de Novo Aripuanã por 5 a 3, o time de Fonte Boa garantiu nesta quinta-feira (18/10), o terceiro título da competição que movimenta todas as ligas desportivas dos municípios do Interior do Estado, a Copa do Rios. Com a melhor campanha do evento, que já está em sua 26ª edição, Fonte Boa foi campeã invicta, com um total de nove vitórias e dois empates. A partida foi realizada no Estádio Gilberto Mestrinho (Gilbertão), em Manacapuru (distante 100 quilômetros de Manaus).

Presidente da Associação Amazonense das Ligas de Futebol Amador (Aalfa), Eufrásio Filho explica que esta é uma competição que mobiliza todo o Interior do Amazonas e, nesta edição, 38 municípios participaram com seleções. “Para diminuir as despesas, procuramos formar grupos com quatro equipes, em que os municípios fossem próximos uns dos outros e a locomoção fosse facilitada, assim, eram classificados dois de cada grupo e, ao longo das partidas, a competição ia se afunilando. Foi então que chegamos aos quatro times que participaram tanto da final, Fonte Boa e Novo Aripuanã, quanto da disputa de terceiro, Anori e Itacoatiara. Fonte Boa foi a campeã, seguida do vice, Novo Aripuanã, e Itacoatiara ficou com a terceira posição”, explicou.

A partida começou eletrizante. Aos dois minutos de jogo, Ozivan abriu o marcador para o Fonte Boa. Na sequência, Waldeir tratou de igualar o marcador. A partida continuou bem disputada e, aos 32 minutos, Rosinaldo conseguiu mais um para o Fonte Boa. Seguindo o parceiro de equipe, foi a vez de Adailson aumentar a vantagem. Reação do Novo Aripuanã, que diminui o placar para 3 a 2, com mais um gol de Waldeir.

No segundo tempo, com um gol a menos, a equipe aripuanense correu atrás do prejuízo e, aos cinco minutos, após cobrança de falta, igualou a partida com um belo gol de Itamar. Em maior número no estádio, os torcedores do Fonte Boa incentivavam a equipe a todo momento. Aos 36 minutos, Rosinaldo avançou e garantiu o quarto do Fonte, seguido de Claudemir que marcou aos 40 minutos e deu números finais à partida. Placar fechado em 5 a 3 para o Fonte Boa, que garantiu seu tricampeonato.

Alegria sem tamanho – De acordo com o presidente da Liga Desportiva de Fonte Boa, Braga, a alegria da conquista é imensurável. “Estamos muito felizes por essa vitória. Eu mais ainda, pois só quem é presidente de Liga no Amazonas e vence uma Copa dessas sabe como isso é gratificante. É muito esforço e dedicação. Agradeço aos jogadores que pregaram o respeito e a humildade dentro de campo, eles se doaram e foram recompensados com esse título. Recebemos muitas críticas quando saímos do município por conta da nossa convocação, mas mesclamos os jogadores e conseguimos fazer uma ótima partida. Todos estão de parabéns”, disse.

Destaque – Jogador revelação da competição e autor de dois gols na final da Copa dos Rios, o camisa 10, Rosinaldo, lembra que mesmo diante das dificuldades, a equipe conseguiu se superar. “Eu quero mandar um braço carinhoso a todos que acreditaram e acreditam no nosso trabalho. É uma alegria muito grande poder estar aqui e conquistar este título junto à minha equipe, afinal fizemos uma longa caminhada, com grandes dificuldades, mas a cada partida fomos conquistando o nosso espaço e superando as barreiras que encontramos no caminho. Parabéns a cada um do grupo, que foi aguerrido nesta competição e se manteve de pé sempre”, afirmou.

Premiação – Campeão da competição, o Fonte Boa faturou o título da Copa dos Rios e garantiu a premiação de R$ 20 mil, em dinheiro. O segundo lugar ficou com R$ 10 mil e o terceiro e quarto lugares ganharam R$ 5 mil, cada.

 

FOTOS: Divulgação.

Deixe uma resposta

Busca no Site

Top 10 Notícias

Newsletter